Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Show de Biel em Balneário causa protestos nas redes sociais

Sexta, 23/9/2016 11:13.

O cantor Biel, que se envolveu em uma polêmica ao dizer que estupraria uma jornalista, se apresenta nesta sexta-feira (23) na casa noturna Shed Western Bar, em Balneário Camboriú. O show dele não agradou muitas pessoas, que postaram fotos no Facebook com a hashtag #NãoApoioShowMachista

Quem começou a hashtag foi a jovem Sofia Knoll, 21 anos, acadêmica de Relações Internacionais. Ela explica que a ideia surgiu de conversas com outras meninas, e que elas visam alertar o público e se mostrar contra não só o show do cantor Biel, mas de muitos outros que acontecem por Balneário e que também são racistas, machistas e homofóbicos.

Na publicação, Sofia lembrou o quanto é errado apoiar o que há algum tempo o público não se opunha, mas que agora isso mudou e que ela não consegue ficar calada, convidando outras mulheres a se unirem a ela – e deu certo. Antes disso, a jovem Natália Garcia publicou um texto de repúdio ao Show e à Shed, destacando que ela e outras mulheres e homens, revoltados com a conivência da casa noturna com os atos e ideais disseminados por Biel, iniciaram um protesto na página do evento, pedindo por uma resposta da casa, bem como o boicote ao evento. “O protesto/vomitaço tomou proporção e (...) a Shed excluiu TODOS os comentários e BLOQUEOU todas as pessoas que faziam pressão popular em suas respectivas publicações”, escreveu.

Sofia e Natália contaram que foram procuradas por gerentes de divulgação da Shed para conversar individualmente, no entanto, elas acham que a casa deveria se manifestar publicamente sobre o assunto. “Isso tudo mostrou o total despreparo que a Shed tem no quesito de relacionamento com o público e que não entende nada de machismo, racismo e homofobia. O que ficou parecendo para nós foi uma forma de intimidação, porque se eles tivessem algo para esclarecer já teriam feito ou tentado”, afirma Sofia.

O show não foi cancelado e no evento do Facebook mais de 360 pessoas confirmaram que irão.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Serviço de coleta especial será triplicado e permanente em toda a cidade


Geral

Presidente da Santur diz que o motivo é adiantar os agendamentos 


Cidade

Administração municipal não aplica multas nem ativou o Disque Cidade Limpa


Esportes

Organização espera superar os 4.500 participantes da edição anterior.


Publicidade


Geral


Saúde


Educação

Pensar em projetos para as “Cidades inteligentes” com a ajuda das áreas de tecnologia e inovação, negócios e marketing.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Show de Biel em Balneário causa protestos nas redes sociais

Publicidade

Sexta, 23/9/2016 11:13.

O cantor Biel, que se envolveu em uma polêmica ao dizer que estupraria uma jornalista, se apresenta nesta sexta-feira (23) na casa noturna Shed Western Bar, em Balneário Camboriú. O show dele não agradou muitas pessoas, que postaram fotos no Facebook com a hashtag #NãoApoioShowMachista

Quem começou a hashtag foi a jovem Sofia Knoll, 21 anos, acadêmica de Relações Internacionais. Ela explica que a ideia surgiu de conversas com outras meninas, e que elas visam alertar o público e se mostrar contra não só o show do cantor Biel, mas de muitos outros que acontecem por Balneário e que também são racistas, machistas e homofóbicos.

Na publicação, Sofia lembrou o quanto é errado apoiar o que há algum tempo o público não se opunha, mas que agora isso mudou e que ela não consegue ficar calada, convidando outras mulheres a se unirem a ela – e deu certo. Antes disso, a jovem Natália Garcia publicou um texto de repúdio ao Show e à Shed, destacando que ela e outras mulheres e homens, revoltados com a conivência da casa noturna com os atos e ideais disseminados por Biel, iniciaram um protesto na página do evento, pedindo por uma resposta da casa, bem como o boicote ao evento. “O protesto/vomitaço tomou proporção e (...) a Shed excluiu TODOS os comentários e BLOQUEOU todas as pessoas que faziam pressão popular em suas respectivas publicações”, escreveu.

Sofia e Natália contaram que foram procuradas por gerentes de divulgação da Shed para conversar individualmente, no entanto, elas acham que a casa deveria se manifestar publicamente sobre o assunto. “Isso tudo mostrou o total despreparo que a Shed tem no quesito de relacionamento com o público e que não entende nada de machismo, racismo e homofobia. O que ficou parecendo para nós foi uma forma de intimidação, porque se eles tivessem algo para esclarecer já teriam feito ou tentado”, afirma Sofia.

O show não foi cancelado e no evento do Facebook mais de 360 pessoas confirmaram que irão.

Publicidade

Publicidade