Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Culinária: duas massas e quatro recheios para se deliciar

Sexta, 16/9/2016 15:23.

Por Waldemar Cezar Neto

Sobrou recheio do pastel de camarão e minha mulher (já posso chamar de minha porque completamos 40 anos de casados) pensou em fazer um empadão que acabou não saindo e virou canelones. A vontade de comer empadão ficou na cabeça e poderia ser uma dessas receitas.

Massa

Numa receita mais abaixo as esbeltas leitoras encontrarão a palavra francesa “briseé” que em português significa quebradiça porque é assim que fica a massa podre depois de assada. Misture meio quilo de farinha de trigo com 250g de margarina ou margarina e banha meio a meio. Junte três gemas, uma colherinha de sal, três colheres de água gelada e continue misturando até a massa ficar lisa. Faça uma bola, enrole em plástico e deixe na geladeira meia hora. Abra com o rolo numa mesa enfarinhada. Reserve 1/3 da massa para cobrir a torta e com o restante forre uma forma de 25 cm. Não precisa untar, a massa podre é uma bomba de gordura. Fure o fundo diversas vezes com um alfinete, coloque o recheio preferido, passe clara de ovo nas bordas e cubra com o restante da massa cortado no formato de tampa, apertando para juntar as partes. Pode pincelar gema em toda a tampa e assar a 200 graus até dourar.

Quiche

Clássico com massa briseé, preparada da mesma forma que na receita anterior. Para a Quiche Lorraine, a mais famosa, a massa é posta na forma (canelada fica mais bonita) furada com alfinete e assada 15 minutos sem recheio. Por isso forre a parte de cima da massa com papel alumínio e por cima despeje feijões crus, para evitar que a massa estufe e deforme. Asse a 200 graus. Enquanto isso refogue em uma colher de manteiga 250g de cubinhos de bacon. Em separado misture 300 ml de creme de leite com quatro ovos, sal, pimenta moida e noz-moscada. Espalhe o bacon por cima da massa, cubra com o creme e asse a 200 graus durante 30 minutos mais ou menos.

Outro recheio

O meu camarão que não resultou em empadão fiz assim: temperei o camarão com Arisco, pitada de cominho e suco de limão. Depois refoguei em azeite por dois minutos e reservei. Na mesma frigideira refoguei cebola, pimentão, juntei Pomarola e Maisena dissolvida em água fria. Quando espessou e quase deu o ponto juntei os camarões, acertei o tempero e refoguei mais um minuto.

Outro recheio 2

Corte em rodelas a parte branca de um quilo de alho-poró e refogue em manteiga até ficar mole. Deixe esfriar e misture com dois ovos, meia xícara de presunto picadinho, 1/3 de xícara de creme de leite, pimenta moída e uma xícara de gruyère ralado.

Outro recheio 3

Refogue em margarina uma cebola e um dente de alho ralados; junte meio copo de polpa, tomates pelados ou naturais sem pele nem sementes, cozinhe alguns minutos, coloque um vidro de palmito picado e cozinhe alguns minutos. Acrescente três colheres de azeitonas picadas, salsa,cebolinha, sal, pimenta etc., deixe cozinhar mais um pouco e engrosse com uma colher de Maisena dissolvida em meio copo de água fria. Se quiser pode colocar ervilhas.

Outro recheio 4

Refogue em azeite cebola picada, bacalhau cozido e desfiado, batata cozida picada, ovo picado, azeitonas picadas, salsa, sal e pimenta. Não precisa refogar muito, só para a batata cozida dar a liga. Se quiser um gosto diferente, inclua uma batata-salsa cozida.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Culinária: duas massas e quatro recheios para se deliciar

Sexta, 16/9/2016 15:23.

Por Waldemar Cezar Neto

Sobrou recheio do pastel de camarão e minha mulher (já posso chamar de minha porque completamos 40 anos de casados) pensou em fazer um empadão que acabou não saindo e virou canelones. A vontade de comer empadão ficou na cabeça e poderia ser uma dessas receitas.

Massa

Numa receita mais abaixo as esbeltas leitoras encontrarão a palavra francesa “briseé” que em português significa quebradiça porque é assim que fica a massa podre depois de assada. Misture meio quilo de farinha de trigo com 250g de margarina ou margarina e banha meio a meio. Junte três gemas, uma colherinha de sal, três colheres de água gelada e continue misturando até a massa ficar lisa. Faça uma bola, enrole em plástico e deixe na geladeira meia hora. Abra com o rolo numa mesa enfarinhada. Reserve 1/3 da massa para cobrir a torta e com o restante forre uma forma de 25 cm. Não precisa untar, a massa podre é uma bomba de gordura. Fure o fundo diversas vezes com um alfinete, coloque o recheio preferido, passe clara de ovo nas bordas e cubra com o restante da massa cortado no formato de tampa, apertando para juntar as partes. Pode pincelar gema em toda a tampa e assar a 200 graus até dourar.

Quiche

Clássico com massa briseé, preparada da mesma forma que na receita anterior. Para a Quiche Lorraine, a mais famosa, a massa é posta na forma (canelada fica mais bonita) furada com alfinete e assada 15 minutos sem recheio. Por isso forre a parte de cima da massa com papel alumínio e por cima despeje feijões crus, para evitar que a massa estufe e deforme. Asse a 200 graus. Enquanto isso refogue em uma colher de manteiga 250g de cubinhos de bacon. Em separado misture 300 ml de creme de leite com quatro ovos, sal, pimenta moida e noz-moscada. Espalhe o bacon por cima da massa, cubra com o creme e asse a 200 graus durante 30 minutos mais ou menos.

Outro recheio

O meu camarão que não resultou em empadão fiz assim: temperei o camarão com Arisco, pitada de cominho e suco de limão. Depois refoguei em azeite por dois minutos e reservei. Na mesma frigideira refoguei cebola, pimentão, juntei Pomarola e Maisena dissolvida em água fria. Quando espessou e quase deu o ponto juntei os camarões, acertei o tempero e refoguei mais um minuto.

Outro recheio 2

Corte em rodelas a parte branca de um quilo de alho-poró e refogue em manteiga até ficar mole. Deixe esfriar e misture com dois ovos, meia xícara de presunto picadinho, 1/3 de xícara de creme de leite, pimenta moída e uma xícara de gruyère ralado.

Outro recheio 3

Refogue em margarina uma cebola e um dente de alho ralados; junte meio copo de polpa, tomates pelados ou naturais sem pele nem sementes, cozinhe alguns minutos, coloque um vidro de palmito picado e cozinhe alguns minutos. Acrescente três colheres de azeitonas picadas, salsa,cebolinha, sal, pimenta etc., deixe cozinhar mais um pouco e engrosse com uma colher de Maisena dissolvida em meio copo de água fria. Se quiser pode colocar ervilhas.

Outro recheio 4

Refogue em azeite cebola picada, bacalhau cozido e desfiado, batata cozida picada, ovo picado, azeitonas picadas, salsa, sal e pimenta. Não precisa refogar muito, só para a batata cozida dar a liga. Se quiser um gosto diferente, inclua uma batata-salsa cozida.

Publicidade

Publicidade