Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Banda Supernova Jam vence Didge Garage Band 2016
Renata Rutes

Sexta, 21/10/2016 8:33.

As bandas Supernova Jam foi a grande vencedora do festival Didge Garage Band, que teve final nesta semana. Por apenas três pontos de diferença, a Melodiálise ficou em segundo lugar.

A final foi a disputa mais acirrada da história do concurso, pois houve um empate técnico. Após reavaliação dos jurados, com apenas três pontos de diferença, a Supernova Jam, de Balneário Camboriú, levou o título deste ano. O grupo sobe ao palco do Didge novamente na quinta-feira (27), com a banda Black Tainha.

A Supernova Jam se arriscou com um repertório formado apenas por músicas próprias e justificou a vitória, já que um dos prêmios é a gravação de um EP e de um videoclipe, cedido pelo estúdio “S” e pelo canal Milkie TV, respectivamente.

A banda de Balneário é formada pelos amigos Gabriel da Silva Borba (vocal), Luis Felipe Nicodemus (baixo) e Herberth Goldan Júnior Cardoso (bateria), que se conheceram ainda na época do colégio. Eles já tocam juntos há pouco mais de dois anos.

“Não queremos tocar apenas rock pesado, gostamos de ir inovando e de tocar música boa. Para nós foi incrível ganhar essa competição, principalmente pelo fato de que fomos reconhecidos por músicos importantes da região, que foram jurados ao longo de toda a edição”, disse o vocalista Gabriel.

Ele afirma que agora a banda quer se profissionalizar cada vez mais e fazer carreira na música, que é a maior paixão dos três.

Os vencedores ainda ganharam a criação de sua identidade visual completa, com fotos e logomarca, cedidos pelo Estúdio de Design Gustavo Seeling, kit com roupas e acessórios BMoser Simple Life e passaporte para o parque Beto Carrero World. A criação da identidade visual e o passaporte também valem para a banda Melodiálise.

Com a palavra, o júri

Os quatro jurados que decidiram quem venceria a grande noite foram David Lemerick, guitarrista e vocalista da banda Codename Jack, Daniel Cajal, diretor da Milkie TV e membro da banda DECK Genials, Gustavo Seeling, designer e membro da banda Black Tainha e a cantora Agnes Maria.

Agnes elogiou ambas as bandas e afirmou que a disputa fechou o concurso com chave de ouro. “Essa iniciativa do Didge é ímpar no meio das casas noturnas, o idealizador, Beto Moser, está de parabéns. Ele está incentivando a profissionalização das bandas, que saem do Garage Band prontas para trabalhar”, afirmou.

Daniel Cajal lembrou do quanto é importante os jovens músicos serem persistentes. “Se vocês querem seguir a música como profissão, não desistam, aprendam a lidar com os ‘nãos’, porque eles certamente surgirão. Façam o melhor que vocês podem, deem sempre o máximo que conseguirem”, discursou.

O Festival

A edição de 2016 do Didge Garage Band iniciou no dia 7 de junho e 16 bandas participaram da disputa. Ao longo de três meses, foram 18 terças-feiras de concurso.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Banda Supernova Jam vence Didge Garage Band 2016

Renata Rutes
Sexta, 21/10/2016 8:33.

As bandas Supernova Jam foi a grande vencedora do festival Didge Garage Band, que teve final nesta semana. Por apenas três pontos de diferença, a Melodiálise ficou em segundo lugar.

A final foi a disputa mais acirrada da história do concurso, pois houve um empate técnico. Após reavaliação dos jurados, com apenas três pontos de diferença, a Supernova Jam, de Balneário Camboriú, levou o título deste ano. O grupo sobe ao palco do Didge novamente na quinta-feira (27), com a banda Black Tainha.

A Supernova Jam se arriscou com um repertório formado apenas por músicas próprias e justificou a vitória, já que um dos prêmios é a gravação de um EP e de um videoclipe, cedido pelo estúdio “S” e pelo canal Milkie TV, respectivamente.

A banda de Balneário é formada pelos amigos Gabriel da Silva Borba (vocal), Luis Felipe Nicodemus (baixo) e Herberth Goldan Júnior Cardoso (bateria), que se conheceram ainda na época do colégio. Eles já tocam juntos há pouco mais de dois anos.

“Não queremos tocar apenas rock pesado, gostamos de ir inovando e de tocar música boa. Para nós foi incrível ganhar essa competição, principalmente pelo fato de que fomos reconhecidos por músicos importantes da região, que foram jurados ao longo de toda a edição”, disse o vocalista Gabriel.

Ele afirma que agora a banda quer se profissionalizar cada vez mais e fazer carreira na música, que é a maior paixão dos três.

Os vencedores ainda ganharam a criação de sua identidade visual completa, com fotos e logomarca, cedidos pelo Estúdio de Design Gustavo Seeling, kit com roupas e acessórios BMoser Simple Life e passaporte para o parque Beto Carrero World. A criação da identidade visual e o passaporte também valem para a banda Melodiálise.

Com a palavra, o júri

Os quatro jurados que decidiram quem venceria a grande noite foram David Lemerick, guitarrista e vocalista da banda Codename Jack, Daniel Cajal, diretor da Milkie TV e membro da banda DECK Genials, Gustavo Seeling, designer e membro da banda Black Tainha e a cantora Agnes Maria.

Agnes elogiou ambas as bandas e afirmou que a disputa fechou o concurso com chave de ouro. “Essa iniciativa do Didge é ímpar no meio das casas noturnas, o idealizador, Beto Moser, está de parabéns. Ele está incentivando a profissionalização das bandas, que saem do Garage Band prontas para trabalhar”, afirmou.

Daniel Cajal lembrou do quanto é importante os jovens músicos serem persistentes. “Se vocês querem seguir a música como profissão, não desistam, aprendam a lidar com os ‘nãos’, porque eles certamente surgirão. Façam o melhor que vocês podem, deem sempre o máximo que conseguirem”, discursou.

O Festival

A edição de 2016 do Didge Garage Band iniciou no dia 7 de junho e 16 bandas participaram da disputa. Ao longo de três meses, foram 18 terças-feiras de concurso.

Publicidade

Publicidade