Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Turismo
Com nova rotina, Beto Carrero reabriu a um público de milhares de pessoas

Sábado, 13/6/2020 8:21.
Casa do Turista

Publicidade

Por Fábio Bispo

Milhares de pessoas passaram ontem pelo maior parque temático da América Latina, o Beto Carrero World, em Santa Catarina, que ficou mais de dois meses fechado por causa da covid-19. A diversão foi retomada com regras rígidas e alteração na rotina do local.

Atrações nos ambientes fechados continuam suspensas e o número de pessoas nos brinquedos foi limitado. Monitores lembravam as pessoas sobre as medidas de segurança. O uso de máscara e aferição de temperatura é obrigatório. As filas dos dias normais foram substituídas pela fila virtual, via aplicativo. Mas em alguns casos, a reportagem do Estadão identificou pessoas que descumpriram as orientações e circularam sem máscaras e sem respeitar o distanciamento mínimo.

A liberação do setor de entretenimento no Estado foi autorizada pelo governador Carlos Moisés (PSL). A medida permitiu reabertura de zoológicos, parques e praças. Cinemas e shows também estão permitidos, mas apenas na modalidade drive-in (dentro do carro).

A pedagoga Milene Frias, de 36 anos, e o filho Arthur, de 11, aproveitaram o passaporte anual para "tirar o atraso da diversão". Apesar das preocupações, a mulher, que é moradora de Itajaí, cidade vizinha ao parque, disse que tem sido difícil os últimos meses sem opções de lazer. "Ele está sem aulas e eu estou sem trabalhar. Apesar de sabermos que o momento é de cuidado, é preciso ter espaço para distração. Ele estava ansioso para fazermos alguma coisa."

Para evitar os riscos de contaminação, além das medidas adotadas no local, Milene tomou suas próprias precauções. "Evitamos ficar perto das outras pessoas, trouxemos máscaras extras e álcool em gel", disse. Neste primeiro dia de funcionamento, o local contou com visita da Vigilância Sanitária.

Com a redução de atrações, parte dos 1,1 mil funcionários foi remanejada para providenciar a higienização dos brinquedos a cada rodada de uso. Uma equipe foi destacada para realizar a fumigação em todas as áreas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Casa do Turista

Com nova rotina, Beto Carrero reabriu a um público de milhares de pessoas

Publicidade

Sábado, 13/6/2020 8:21.

Por Fábio Bispo

Milhares de pessoas passaram ontem pelo maior parque temático da América Latina, o Beto Carrero World, em Santa Catarina, que ficou mais de dois meses fechado por causa da covid-19. A diversão foi retomada com regras rígidas e alteração na rotina do local.

Atrações nos ambientes fechados continuam suspensas e o número de pessoas nos brinquedos foi limitado. Monitores lembravam as pessoas sobre as medidas de segurança. O uso de máscara e aferição de temperatura é obrigatório. As filas dos dias normais foram substituídas pela fila virtual, via aplicativo. Mas em alguns casos, a reportagem do Estadão identificou pessoas que descumpriram as orientações e circularam sem máscaras e sem respeitar o distanciamento mínimo.

A liberação do setor de entretenimento no Estado foi autorizada pelo governador Carlos Moisés (PSL). A medida permitiu reabertura de zoológicos, parques e praças. Cinemas e shows também estão permitidos, mas apenas na modalidade drive-in (dentro do carro).

A pedagoga Milene Frias, de 36 anos, e o filho Arthur, de 11, aproveitaram o passaporte anual para "tirar o atraso da diversão". Apesar das preocupações, a mulher, que é moradora de Itajaí, cidade vizinha ao parque, disse que tem sido difícil os últimos meses sem opções de lazer. "Ele está sem aulas e eu estou sem trabalhar. Apesar de sabermos que o momento é de cuidado, é preciso ter espaço para distração. Ele estava ansioso para fazermos alguma coisa."

Para evitar os riscos de contaminação, além das medidas adotadas no local, Milene tomou suas próprias precauções. "Evitamos ficar perto das outras pessoas, trouxemos máscaras extras e álcool em gel", disse. Neste primeiro dia de funcionamento, o local contou com visita da Vigilância Sanitária.

Com a redução de atrações, parte dos 1,1 mil funcionários foi remanejada para providenciar a higienização dos brinquedos a cada rodada de uso. Uma equipe foi destacada para realizar a fumigação em todas as áreas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade