Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Governador indica que manterá isolamento social e prefeito de Balneário não tem respostas claras

Domingo, 29/3/2020 5:54.
666.211 casos no mundo, 30.864 mortes; Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes.

Publicidade

Falando ontem pela manhã à população o governador Carlos Moisés deu sinais que cancelará seu plano de retomada gradual da economia e manterá o isolamento social por mais alguns dias.

No final da tarde ele postou em seu Twitter a mensagem mais explícita, que “A retomada das atividades econômicas depende das ações prometidas pelo governo federal, que ainda não se concretizaram, bem como do recebimento do material comprado pelo governo catarinense para combate ao coronavírus”

.

O recado passado por Moísés é que o Governo Federal não fez sua parte e o Estado não tem estrutura para atender os pacientes de uma epidemia de coronavírus, o que não chega a ser novidade pois mesmo sem o coronavírus o sistema de saúde já é deficitário.

PREFEITO

Em transmissão pela internet ontem à tarde o prefeito Fabrício Oliveira não deu respostas claras sobre manter ou não as barreiras de isolamento da cidade, deixando a impressão de que não sabe exatamente o que fazer diante de tantas pressões impostas pela crise.

Ele confirmou que as aulas estão suspensas até o dia 17 de abril, em respeito a decreto estadual neste sentido.

O prefeito anunciou que pretende importar diretamente da China 150.000 testes rápidos de Covid-19, para testar em massa a população, ao custo em torno de R$ 7,5 milhões, o que estaria dependendo de autorização da Anvisa.

Sobre este assunto, diversas perguntas de jornalistas também ficaram sem respostas, como o nome do fornecedor e qual a necessidade de autorização da Anvisa, pois ela já autorizou a venda de 17 diferentes testes no Brasil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
666.211 casos no mundo, 30.864 mortes; Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes.
666.211 casos no mundo, 30.864 mortes; Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes.

Governador indica que manterá isolamento social e prefeito de Balneário não tem respostas claras

Publicidade

Domingo, 29/3/2020 5:54.

Falando ontem pela manhã à população o governador Carlos Moisés deu sinais que cancelará seu plano de retomada gradual da economia e manterá o isolamento social por mais alguns dias.

No final da tarde ele postou em seu Twitter a mensagem mais explícita, que “A retomada das atividades econômicas depende das ações prometidas pelo governo federal, que ainda não se concretizaram, bem como do recebimento do material comprado pelo governo catarinense para combate ao coronavírus”

.

O recado passado por Moísés é que o Governo Federal não fez sua parte e o Estado não tem estrutura para atender os pacientes de uma epidemia de coronavírus, o que não chega a ser novidade pois mesmo sem o coronavírus o sistema de saúde já é deficitário.

PREFEITO

Em transmissão pela internet ontem à tarde o prefeito Fabrício Oliveira não deu respostas claras sobre manter ou não as barreiras de isolamento da cidade, deixando a impressão de que não sabe exatamente o que fazer diante de tantas pressões impostas pela crise.

Ele confirmou que as aulas estão suspensas até o dia 17 de abril, em respeito a decreto estadual neste sentido.

O prefeito anunciou que pretende importar diretamente da China 150.000 testes rápidos de Covid-19, para testar em massa a população, ao custo em torno de R$ 7,5 milhões, o que estaria dependendo de autorização da Anvisa.

Sobre este assunto, diversas perguntas de jornalistas também ficaram sem respostas, como o nome do fornecedor e qual a necessidade de autorização da Anvisa, pois ela já autorizou a venda de 17 diferentes testes no Brasil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade