Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
DELIVERYS - Coronavírus afeta a rotina e força novos hábitos

Uma ‘ajudinha’ para os restaurantes e opção na quarentena

Quinta, 26/3/2020 17:17.

Publicidade

A chegada do Coronavírus no Brasil afetou a rotina de empresas, escolas e famílias em todo o país, a exemplo do que já ocorre em muitos outros cantos do planeta.

Em Balneário Camboriú, uma das primeiras cidades do país a promover o isolamento, por iniciativa do prefeito Fabrício Oliveira e reforçado pelo decreto do governador Carlos Moisés, a população atendeu e está fazendo sua parte.

O serviço delivery / tele-vendas já é uma facilidade bastante utilizada, porém na quarentena, já que a regra é ficar em casa, ele vem se tornando ainda mais forte, sendo uma ‘ajuda’ para os restaurantes que estão fechados.

Além de comidas, mercados e farmácias, há diversos outros produtos disponíveis, como opções fit e veganas, vinhos e produtos para pets. Aplicativos como iFood e Uber Eats facilitam ainda mais, e estas empresas, focando na segurança dos clientes e entregadores estão realizando a entrega sem contato, na qual o entregador deixa o produto, toma distância de pelo menos um metro e espera a retirada pelo cliente, ou então o cliente pode retirar a embalagem direto da caixa de entrega.

Disk ração e medicamentos veterinários

Na falta de ração ou medicamentos para cães e gatos, o público não precisa mais inventar outra comida e nem interromper o tratamento. O ZooCare Hospital Veterinário da UniAvan, na Avenida do Estado, no Bairro Ariribá, conta com entrega de ração e remédios. A gerente e veterinária, Viviane Azevedo Ferreira Côrtes, explica que o hospital segue aberto, atendendo todos os dias 24h e com o tele-entrega.

“Às vezes não temos todos os produtos, como por exemplo o antibiótico Fotril, mas temos outro que possui o mesmo princípio ativo. Começamos com esse serviço de entrega de ração e medicamentos ainda na semana passada”, diz.

Segundo Viviane, os casos principais que vêm atendendo são emergências. Quando o pet precisa ser internado, os veterinários orientam que o tutor agende o horário para ir visitá-lo.

“Se o tutor é um idoso, que é do grupo de risco, orientamos que outra pessoa leve o pet. Estamos agendando os atendimentos também, com objetivo de evitar aglomerações”, acrescenta.

Muito se comentou sobre a suspeita de animais contraírem Coronavírus, e a veterinária afirma que isso é mentira. Porém, ela lembra que é preciso cuidado com os cães na hora do passeio.

“É recomendável não deixar que outras pessoas façam carinho nos cães, cuidar para o pêlo não arrastar em postes e matos. Os passeios devem ser rápidos, só para as necessidades, e assim que chegar em casa é recomendável higienizar as patas (com água e sabão). Não há nada comprovado que os animais transmitem, mas é necessário cuidar deles nesse sentido também”, completa.


É possível comer bem na quarentena

Foto: Forcefood

Ana Carolina Silva dos Anjos é proprietária da Forcefood que há seis anos trabalha com dois segmentos: refeições e produtos preparados e congelados, distribuidos individualmente ou em kits customizados, e pratos quentes e lanches preparados na hora.

“Todos os produtos estão disponíveis para entrega através de delivery. Nossos produtos são diferenciados por terem uma pegada fitness, sem fritura, ultraprocessados, glúten, farinha de trigo ou açúcares brancos. São refeições para atletas e para quem procura uma dieta saudável e balanceada. Atendemos desde Curitiba até Florianópolis”, conta.

A empresária salienta que ainda no primeiro ano da Forcefood atendiam apenas com delivery, sendo a primeira empresa em Balneário Camboriú a trabalhar com kits semanais para reeducação alimentar. À medida que foram se tornando mais conhecidos e os pedidos foram aumentando, sentiram a necessidade de um espaço físico para receber os clientes. “Conseguimos atingir também quem buscava um restaurante para almoços e lanches para uma dieta controlada. Além disso, quem compra algo em nossa loja, tem a oportunidade de levar mais produtos e manter a dieta também casa. A procura por comida saudável, sempre existiu e vem aumentando”, diz.

Ana opina que manter uma dieta saudável neste período de Coronavírus ‘é importantíssimo’, destacando que ‘o corpo precisa estar o mais saudável possível’ e a alimentação tem papel essencial nisso. Segundo ela, há clientes jovens e também idosos, que seguem se cuidando nessa fase, inclusive fazendo exercícios em casa durante a quarentena.

“Estamos atendendo as normas, como trocar de roupa e sapato quando chegamos na loja, nossos fornecedores nos entregam na porta os produtos, sem contato com a área interna, os produtos são higienizados nessa área antes de entrar na produção, o fechamos com lacre, impossibilitando de ser tocado até ser entregue ao cliente. Os motoboys recolhem os produtos na porta da Forcefood, sem nenhum contato com a área interna e/ou dinheiro (os produtos são pagos através de transferência ou online)”, completa.

  • A Forcefood atende pelo site www.forcefood.com.br, através do telefone/WhatsApp (47) 99911 5117 e pelos aplicativos de entrega, como o iFood. de segunda a sexta das 9h às 19h e sábados das 10h às 14h.

Sabor No Pote

A Sabor No Pote, que é comandada por Nayara Zarske Silva, é focada em saladas no pote, sopas e outros produtos fits, como açaí, sanduíche natural e salada de frutas. Há dois anos no mercado, a empresa atende Balneário Camboriú e Itajaí. “Desde que abrimos, nosso maior público é no delivery, e sempre tivemos bastante procura, por ser prático ter a salada pronta. Nesse período de Corona a demanda caiu bastante, mas acredito que todo o mercado de delivery deu uma caída, pelo fato de muitas pessoas não estarem recebendo por ficar em casa nesse período”, diz.

Como precaução contra o Coronavírus, a Sabor No Pote mudou a forma de pagamento, antes da pandemia a empresa aceitava cartões e dinheiro, mas agora só aceitam pagamento online e cartão.

“Também redobramos a higiene dos alimentos que chegam, e os entregadores possuem álcool em gel para quando o pagamento for no cartão poder passar na máquina e nas mãos na hora de passar o cartão, cuidando com ele mesmo e com o cliente”, explica.

  • A Sabor No Pote atende de segunda a sexta-feira das 10h30 às 15h e das 18h às 21h45.
  • Pedidos podem ser feitos pelo iFood, no site (clique aqui) e através do WhatsApp (47) 99901-3116.

Também tem delivery de vinhos

Uma novidade em Balneário Camboriú é a Open Wine Store, que terá loja física, mas neste momento está atendendo somente por delivery. Os sócios Franklim Brito dos Santos e Gilberto Vieira dos Santos Junior realizam as entregas, através de aplicativos como o iFood e o da própria marca, além do site. Franklim conta que são eles que manipulam os vinhos, fazem ‘toda a higiene possível’ e levam até o cliente.

“A proposta da Open sempre foi o delivery de vinhos, já pensávamos nisso bem antes do Coronavírus, mas esse momento acabou dando uma impulsionada legal em nosso negócio. Somos uma loja de vinhos fresh, completamente descomplicada, com seleção de rótulos exclusivos e separados pelas estações do ano. Quem não conhecia a loja está conhecendo, porque estão tendo tempo de mexer na internet, no Instagram, no iFood. Estamos sendo mais vistos e conhecidos nessa epidemia”, diz.

Segundo Franklim, o foco também é no conforto do cliente, onde é possível inclusive agendar a entrega do vinho, com o objetivo de ser uma ‘forma bem descomplicada’, inclusive prometendo agradar também quem ainda não tem o costume de tomar vinho, com sugestões de rótulos para tentar encaixar no paladar e personalidade do cliente.

O atendimento promete ser rápido, em cerca de 30 minutos, de acordo com empresário, o vinho chega até o cliente.

“Os brancos entregamos gelados, temos freezer na temperatura -4, da qual o vinho sai trincando e ainda chega na casa do cliente com a temperatura ideal para ser consumido. Os tintos também temos quase todos na adega. Nossa loja será completamente climatizada e devemos inaugurá-la em breve, após esse momento que estamos vivendo”, acrescenta.


Delivery auxilia restaurantes

Uma das medidas de precaução contra o Coronavírus foi o fechamento de lugares não essenciais, como shoppings, o camelódromo e todos os restaurantes da cidade. O que vem auxiliando os empresários do segmento da gastronomia é o delivery.

Guacamole Cocina Mexicana & Didge Steakhouse Pub

Guacamole

Didge

O empresário João Francisco Galvão Barão, o Chico Barão, é o proprietário dos conhecidos restaurantes temáticos Guacamole Cocina Mexicana e Didge Steakhouse Pub, que ficam na Barra Sul. Ambos estão fechados, mas vão começar a operar com delivery a partir desta quinta-feira (26). Chico salienta que optaram por começar com o delivery somente agora por conta de que na primeira semana de quarentena muitas pessoas foram ao mercado, optando por cozinharem em casa, além de que estavam ‘enxugando’ o cardápio dos restaurantes e escolhendo quais receitas iriam oferecer ao público.

“Agora pensamos que as pessoas podem querer uma comida diferente, de manhã tomamos café, no almoço é uma comida normal, mas à noite há a vontade de consumir algo diferente. Para muitas pessoas que não podem trabalhar nesse momento, qualquer dia pode ser fim de semana e gostamos de variar na alimentação, e há a opção do Didge e do Guaca. Tudo vai ser por WhatsApp, onde o cliente irá consultar o cardápio, fazer suas escolhas e decidir se quer que a gente entregue ou se prefere retirar no balcão. Nessa hora a tecnologia ajuda”, explica. O Didge vai oferecer burgers e a sua conhecida costelinha de porco, já o Guaca terá no cardápio tacos, quesadillas e burritos.

O empresário opina que o momento atual é ‘complicado’ e que a crise econômica tende a ser longa, mas que estão tomando todas as medidas para sentirem o mínimo possível. “Porém, aqueles empresários que pensam que dão férias coletivas agora e na volta vai estar tudo normal se enganam, porque certamente pode demorar para nos restabelecermos”, completa.


Temaki Art

O Temaki Art iniciou sua história ainda em 2008 e segundo um dos proprietários, Gustavo Toscan, ele e seu sócio, Diego Schmitt Kuehne, sempre seguiram na busca constante por evolução.

“Hoje apresentamos uma proposta fiel à cultura japonesa, seguindo o estilo clássico, com a seleção dos melhores ingredientes, a variedade e frescor dos pescados e as técnicas de preparo. São nossos diferenciais. Na cozinha quente destaque para os petiscos de izakaya (bar japonês), e pratos asiáticos que completam o cardápio”, explica.

Desde o início, o restaurante oferecia delivery, mas somente em 2014 que houve um foco maior nesse serviço, com melhora na estrutura, além do surgimento dos aplicativos de entrega, que auxiliaram ainda mais o negócio.

“Com o Coronavírus notamos que a demanda se manteve, nem caiu e nem aumentou. A alteração é que tivemos que fechar rotas mais distantes como bairro de Itajaí e Camboriú, mas continuamos atendendo Balneário Camboriú, Interpraias e centro de Itapema”, conta.

Segundo Gustavo, o Temaki Art sempre seguiu todos os critérios de manipulação e segurança alimentar, aprendidos através de cursos de Manipulação com nutricionistas e Vigilância Sanitária.

“Agora multiplicamos esses cuidados e passamos a adotar processos como uso de máscaras e luvas por todos os envolvidos até a entrega, esterilização das máquinas de cartão e caixas a cada ida e vinda, limpeza redobrada das superfícies, enfim, tudo para evitar o nosso contágio (o que interromperia as atividades) e proteger ao máximo os clientes”, diz.

O empresário vê que o delivery é a ‘esperança de manter os compromissos em dia’, buscando ter o mínimo de consequências, como demissões e até a falência do negócio. “Somos pequenos e não temos caixa pra aguentar muitos dias fechados. A preocupação com a economia é geral, se esse ‘lockdown’ continuar a tragédia vai ser grande com o desemprego e depois que isso passar vai ser um longo tempo de crise até começar a recuperar”, analisa.


Terrier – Dogueria Tradicional

Um dos tipos de comida mais pedidos em deliverys são lanches, como hot dog e burgers. Um dos mais famosos de Balneário Camboriú é o Terrier – Dogueria Tradicional, que atende ao público desde 2015. O proprietário, André Tibau, conta que no cardápio há opções como salsicha Vegetariana e Linguiça Blumenau, além da versão Kids, pensada para o público infantil.

“O delivery, depois de muitas solicitações, foi iniciado em meados de 2016. No ano passado, devido ao aumento exponencial da demanda por entregas, inauguramos na cidade O Terrier Express, que se dedica a atender essa demanda e também presta o serviço de retirada no balcão. Devido ao cenário atual, ainda não sentimos aumento na procura, mas essa modalidade se mostrou ainda mais necessária, visto que as lojas físicas encontram-se fechadas”, diz.

André analisa que o delivery já ‘caiu no gosto’ das pessoas, principalmente na região de Balneário e que percebe que há algum tempo tem se mostrado cada vez mais necessário e prático pra quem não quer (ou não deve) sair de casa.

“O setor gastronômico, assim como todos os demais, vai ser muito afetado com as medidas para contenção do vírus. As medidas de quarentena se fazem muito necessárias para toda a população, mas certamente terão grandes efeitos na economia. Precisaremos de medidas que auxiliem ao empresariado e trabalhadores em geral para agilizar a recuperação econômica e reduzir o tempo da crise, que será global”, opina.

O empresário conta que fizeram alguns ajustes por conta do Coronavírus, com o objetivo de garantir a segurança tanto dos clientes como também dos colaboradores.

“Hoje nossos motoboys estão utilizando máscaras e luvas, contam com um kit para higienização das mochilas e máquinas de cartão com álcool 70%. A nossa equipe interna também conta com os mesmos materiais de proteção e está orientada a fazer a higienização de todas as áreas com maior frequência”, completa

  • O Terrier atende pelo telefone: (47) 9 9280-5599, e pelo app
  • O Terrier Dogueria ou pelo iFood, todos os dias das 11h30 à 0h.

Mais lanches e pizzas

Há diversas outras opções de lanches e pizzas que atendem por tele-entrega em Balneário Camboriú. Confira algumas delas abaixo:


Supermercados e sacolões

  • Angeloni conta com compra online, mais informações: www.angeloni.com.br; Televendas (48) 4002.6060, com horário de atendimento de segunda a sábado das 8h às 20h.
  • O Koch também conta com compra online, mas avisa que as entregas podem atrasar. Mais informações: www.superkoch.com.br. Televendas: (48)3263-8247.
  • O Meschke segue realizando entregas. As compras podem ser feitas pelo site https://www.meschke.com.br/ ou pelo telefone: (47) 99266-9700.
  • O Bistek não está realizando entregas neste período.
  • Sacolão Direto do Produtor, fica na Rua Portugal, no Bairro das Nações – tele-entrega 3264-7383, 99701-8968.
  • Sacolão Elite, Rua Angelina, Bairro dos Municípios – tele-entrega 3363-4539, somente para Bairro dos Municípios e seus arredores.
  • Sacolão Schmitt, Quinta Avenida –não cobram taxa de entrega, apenas exigem que as compras nos bairros Vila Real, Iate Clube e Municípios sejam acima de R$ 50, demais localidades consultar valores. Telefones: 3361-7684/3264-0527 e WhatsApp 98817-5534.
  • Sacolão Nicole, Quarta Avenida – realizam tele-entrega, pedidos devem ser feitos pelo WhatsApp 99703-1796.

Farmácias

  • Farmácia Dom José – Rua Dom José, 150, Bairro Vila Real – (47) 3361-1078.
  • Farmanei – Avenida Brasil, 530, centro – (47) 99714-8694 (WhatsApp) ou (47) 3360-7102.
  • Droga Raia – possui várias unidades centrais em Balneário Camboriú, nas avenidas Brasil, Central e Terceira. Telefones: (47) 3398-0711, (47) 33637724, (47) 3065-0102 / 3065-0096 – todas essas são 24h, (47) 3263-0785, (47) 3264-4891 – das 7h às 23h.
  • Farmácia Real - Rua Dom Daniel, 269, Bairro Vila Real – (47) 3361-0362.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

DELIVERYS - Coronavírus afeta a rotina e força novos hábitos

Uma ‘ajudinha’ para os restaurantes e opção na quarentena

Publicidade

Quinta, 26/3/2020 17:17.

A chegada do Coronavírus no Brasil afetou a rotina de empresas, escolas e famílias em todo o país, a exemplo do que já ocorre em muitos outros cantos do planeta.

Em Balneário Camboriú, uma das primeiras cidades do país a promover o isolamento, por iniciativa do prefeito Fabrício Oliveira e reforçado pelo decreto do governador Carlos Moisés, a população atendeu e está fazendo sua parte.

O serviço delivery / tele-vendas já é uma facilidade bastante utilizada, porém na quarentena, já que a regra é ficar em casa, ele vem se tornando ainda mais forte, sendo uma ‘ajuda’ para os restaurantes que estão fechados.

Além de comidas, mercados e farmácias, há diversos outros produtos disponíveis, como opções fit e veganas, vinhos e produtos para pets. Aplicativos como iFood e Uber Eats facilitam ainda mais, e estas empresas, focando na segurança dos clientes e entregadores estão realizando a entrega sem contato, na qual o entregador deixa o produto, toma distância de pelo menos um metro e espera a retirada pelo cliente, ou então o cliente pode retirar a embalagem direto da caixa de entrega.

Disk ração e medicamentos veterinários

Na falta de ração ou medicamentos para cães e gatos, o público não precisa mais inventar outra comida e nem interromper o tratamento. O ZooCare Hospital Veterinário da UniAvan, na Avenida do Estado, no Bairro Ariribá, conta com entrega de ração e remédios. A gerente e veterinária, Viviane Azevedo Ferreira Côrtes, explica que o hospital segue aberto, atendendo todos os dias 24h e com o tele-entrega.

“Às vezes não temos todos os produtos, como por exemplo o antibiótico Fotril, mas temos outro que possui o mesmo princípio ativo. Começamos com esse serviço de entrega de ração e medicamentos ainda na semana passada”, diz.

Segundo Viviane, os casos principais que vêm atendendo são emergências. Quando o pet precisa ser internado, os veterinários orientam que o tutor agende o horário para ir visitá-lo.

“Se o tutor é um idoso, que é do grupo de risco, orientamos que outra pessoa leve o pet. Estamos agendando os atendimentos também, com objetivo de evitar aglomerações”, acrescenta.

Muito se comentou sobre a suspeita de animais contraírem Coronavírus, e a veterinária afirma que isso é mentira. Porém, ela lembra que é preciso cuidado com os cães na hora do passeio.

“É recomendável não deixar que outras pessoas façam carinho nos cães, cuidar para o pêlo não arrastar em postes e matos. Os passeios devem ser rápidos, só para as necessidades, e assim que chegar em casa é recomendável higienizar as patas (com água e sabão). Não há nada comprovado que os animais transmitem, mas é necessário cuidar deles nesse sentido também”, completa.


É possível comer bem na quarentena

Foto: Forcefood

Ana Carolina Silva dos Anjos é proprietária da Forcefood que há seis anos trabalha com dois segmentos: refeições e produtos preparados e congelados, distribuidos individualmente ou em kits customizados, e pratos quentes e lanches preparados na hora.

“Todos os produtos estão disponíveis para entrega através de delivery. Nossos produtos são diferenciados por terem uma pegada fitness, sem fritura, ultraprocessados, glúten, farinha de trigo ou açúcares brancos. São refeições para atletas e para quem procura uma dieta saudável e balanceada. Atendemos desde Curitiba até Florianópolis”, conta.

A empresária salienta que ainda no primeiro ano da Forcefood atendiam apenas com delivery, sendo a primeira empresa em Balneário Camboriú a trabalhar com kits semanais para reeducação alimentar. À medida que foram se tornando mais conhecidos e os pedidos foram aumentando, sentiram a necessidade de um espaço físico para receber os clientes. “Conseguimos atingir também quem buscava um restaurante para almoços e lanches para uma dieta controlada. Além disso, quem compra algo em nossa loja, tem a oportunidade de levar mais produtos e manter a dieta também casa. A procura por comida saudável, sempre existiu e vem aumentando”, diz.

Ana opina que manter uma dieta saudável neste período de Coronavírus ‘é importantíssimo’, destacando que ‘o corpo precisa estar o mais saudável possível’ e a alimentação tem papel essencial nisso. Segundo ela, há clientes jovens e também idosos, que seguem se cuidando nessa fase, inclusive fazendo exercícios em casa durante a quarentena.

“Estamos atendendo as normas, como trocar de roupa e sapato quando chegamos na loja, nossos fornecedores nos entregam na porta os produtos, sem contato com a área interna, os produtos são higienizados nessa área antes de entrar na produção, o fechamos com lacre, impossibilitando de ser tocado até ser entregue ao cliente. Os motoboys recolhem os produtos na porta da Forcefood, sem nenhum contato com a área interna e/ou dinheiro (os produtos são pagos através de transferência ou online)”, completa.

  • A Forcefood atende pelo site www.forcefood.com.br, através do telefone/WhatsApp (47) 99911 5117 e pelos aplicativos de entrega, como o iFood. de segunda a sexta das 9h às 19h e sábados das 10h às 14h.

Sabor No Pote

A Sabor No Pote, que é comandada por Nayara Zarske Silva, é focada em saladas no pote, sopas e outros produtos fits, como açaí, sanduíche natural e salada de frutas. Há dois anos no mercado, a empresa atende Balneário Camboriú e Itajaí. “Desde que abrimos, nosso maior público é no delivery, e sempre tivemos bastante procura, por ser prático ter a salada pronta. Nesse período de Corona a demanda caiu bastante, mas acredito que todo o mercado de delivery deu uma caída, pelo fato de muitas pessoas não estarem recebendo por ficar em casa nesse período”, diz.

Como precaução contra o Coronavírus, a Sabor No Pote mudou a forma de pagamento, antes da pandemia a empresa aceitava cartões e dinheiro, mas agora só aceitam pagamento online e cartão.

“Também redobramos a higiene dos alimentos que chegam, e os entregadores possuem álcool em gel para quando o pagamento for no cartão poder passar na máquina e nas mãos na hora de passar o cartão, cuidando com ele mesmo e com o cliente”, explica.

  • A Sabor No Pote atende de segunda a sexta-feira das 10h30 às 15h e das 18h às 21h45.
  • Pedidos podem ser feitos pelo iFood, no site (clique aqui) e através do WhatsApp (47) 99901-3116.

Também tem delivery de vinhos

Uma novidade em Balneário Camboriú é a Open Wine Store, que terá loja física, mas neste momento está atendendo somente por delivery. Os sócios Franklim Brito dos Santos e Gilberto Vieira dos Santos Junior realizam as entregas, através de aplicativos como o iFood e o da própria marca, além do site. Franklim conta que são eles que manipulam os vinhos, fazem ‘toda a higiene possível’ e levam até o cliente.

“A proposta da Open sempre foi o delivery de vinhos, já pensávamos nisso bem antes do Coronavírus, mas esse momento acabou dando uma impulsionada legal em nosso negócio. Somos uma loja de vinhos fresh, completamente descomplicada, com seleção de rótulos exclusivos e separados pelas estações do ano. Quem não conhecia a loja está conhecendo, porque estão tendo tempo de mexer na internet, no Instagram, no iFood. Estamos sendo mais vistos e conhecidos nessa epidemia”, diz.

Segundo Franklim, o foco também é no conforto do cliente, onde é possível inclusive agendar a entrega do vinho, com o objetivo de ser uma ‘forma bem descomplicada’, inclusive prometendo agradar também quem ainda não tem o costume de tomar vinho, com sugestões de rótulos para tentar encaixar no paladar e personalidade do cliente.

O atendimento promete ser rápido, em cerca de 30 minutos, de acordo com empresário, o vinho chega até o cliente.

“Os brancos entregamos gelados, temos freezer na temperatura -4, da qual o vinho sai trincando e ainda chega na casa do cliente com a temperatura ideal para ser consumido. Os tintos também temos quase todos na adega. Nossa loja será completamente climatizada e devemos inaugurá-la em breve, após esse momento que estamos vivendo”, acrescenta.


Delivery auxilia restaurantes

Uma das medidas de precaução contra o Coronavírus foi o fechamento de lugares não essenciais, como shoppings, o camelódromo e todos os restaurantes da cidade. O que vem auxiliando os empresários do segmento da gastronomia é o delivery.

Guacamole Cocina Mexicana & Didge Steakhouse Pub

Guacamole

Didge

O empresário João Francisco Galvão Barão, o Chico Barão, é o proprietário dos conhecidos restaurantes temáticos Guacamole Cocina Mexicana e Didge Steakhouse Pub, que ficam na Barra Sul. Ambos estão fechados, mas vão começar a operar com delivery a partir desta quinta-feira (26). Chico salienta que optaram por começar com o delivery somente agora por conta de que na primeira semana de quarentena muitas pessoas foram ao mercado, optando por cozinharem em casa, além de que estavam ‘enxugando’ o cardápio dos restaurantes e escolhendo quais receitas iriam oferecer ao público.

“Agora pensamos que as pessoas podem querer uma comida diferente, de manhã tomamos café, no almoço é uma comida normal, mas à noite há a vontade de consumir algo diferente. Para muitas pessoas que não podem trabalhar nesse momento, qualquer dia pode ser fim de semana e gostamos de variar na alimentação, e há a opção do Didge e do Guaca. Tudo vai ser por WhatsApp, onde o cliente irá consultar o cardápio, fazer suas escolhas e decidir se quer que a gente entregue ou se prefere retirar no balcão. Nessa hora a tecnologia ajuda”, explica. O Didge vai oferecer burgers e a sua conhecida costelinha de porco, já o Guaca terá no cardápio tacos, quesadillas e burritos.

O empresário opina que o momento atual é ‘complicado’ e que a crise econômica tende a ser longa, mas que estão tomando todas as medidas para sentirem o mínimo possível. “Porém, aqueles empresários que pensam que dão férias coletivas agora e na volta vai estar tudo normal se enganam, porque certamente pode demorar para nos restabelecermos”, completa.


Temaki Art

O Temaki Art iniciou sua história ainda em 2008 e segundo um dos proprietários, Gustavo Toscan, ele e seu sócio, Diego Schmitt Kuehne, sempre seguiram na busca constante por evolução.

“Hoje apresentamos uma proposta fiel à cultura japonesa, seguindo o estilo clássico, com a seleção dos melhores ingredientes, a variedade e frescor dos pescados e as técnicas de preparo. São nossos diferenciais. Na cozinha quente destaque para os petiscos de izakaya (bar japonês), e pratos asiáticos que completam o cardápio”, explica.

Desde o início, o restaurante oferecia delivery, mas somente em 2014 que houve um foco maior nesse serviço, com melhora na estrutura, além do surgimento dos aplicativos de entrega, que auxiliaram ainda mais o negócio.

“Com o Coronavírus notamos que a demanda se manteve, nem caiu e nem aumentou. A alteração é que tivemos que fechar rotas mais distantes como bairro de Itajaí e Camboriú, mas continuamos atendendo Balneário Camboriú, Interpraias e centro de Itapema”, conta.

Segundo Gustavo, o Temaki Art sempre seguiu todos os critérios de manipulação e segurança alimentar, aprendidos através de cursos de Manipulação com nutricionistas e Vigilância Sanitária.

“Agora multiplicamos esses cuidados e passamos a adotar processos como uso de máscaras e luvas por todos os envolvidos até a entrega, esterilização das máquinas de cartão e caixas a cada ida e vinda, limpeza redobrada das superfícies, enfim, tudo para evitar o nosso contágio (o que interromperia as atividades) e proteger ao máximo os clientes”, diz.

O empresário vê que o delivery é a ‘esperança de manter os compromissos em dia’, buscando ter o mínimo de consequências, como demissões e até a falência do negócio. “Somos pequenos e não temos caixa pra aguentar muitos dias fechados. A preocupação com a economia é geral, se esse ‘lockdown’ continuar a tragédia vai ser grande com o desemprego e depois que isso passar vai ser um longo tempo de crise até começar a recuperar”, analisa.


Terrier – Dogueria Tradicional

Um dos tipos de comida mais pedidos em deliverys são lanches, como hot dog e burgers. Um dos mais famosos de Balneário Camboriú é o Terrier – Dogueria Tradicional, que atende ao público desde 2015. O proprietário, André Tibau, conta que no cardápio há opções como salsicha Vegetariana e Linguiça Blumenau, além da versão Kids, pensada para o público infantil.

“O delivery, depois de muitas solicitações, foi iniciado em meados de 2016. No ano passado, devido ao aumento exponencial da demanda por entregas, inauguramos na cidade O Terrier Express, que se dedica a atender essa demanda e também presta o serviço de retirada no balcão. Devido ao cenário atual, ainda não sentimos aumento na procura, mas essa modalidade se mostrou ainda mais necessária, visto que as lojas físicas encontram-se fechadas”, diz.

André analisa que o delivery já ‘caiu no gosto’ das pessoas, principalmente na região de Balneário e que percebe que há algum tempo tem se mostrado cada vez mais necessário e prático pra quem não quer (ou não deve) sair de casa.

“O setor gastronômico, assim como todos os demais, vai ser muito afetado com as medidas para contenção do vírus. As medidas de quarentena se fazem muito necessárias para toda a população, mas certamente terão grandes efeitos na economia. Precisaremos de medidas que auxiliem ao empresariado e trabalhadores em geral para agilizar a recuperação econômica e reduzir o tempo da crise, que será global”, opina.

O empresário conta que fizeram alguns ajustes por conta do Coronavírus, com o objetivo de garantir a segurança tanto dos clientes como também dos colaboradores.

“Hoje nossos motoboys estão utilizando máscaras e luvas, contam com um kit para higienização das mochilas e máquinas de cartão com álcool 70%. A nossa equipe interna também conta com os mesmos materiais de proteção e está orientada a fazer a higienização de todas as áreas com maior frequência”, completa

  • O Terrier atende pelo telefone: (47) 9 9280-5599, e pelo app
  • O Terrier Dogueria ou pelo iFood, todos os dias das 11h30 à 0h.

Mais lanches e pizzas

Há diversas outras opções de lanches e pizzas que atendem por tele-entrega em Balneário Camboriú. Confira algumas delas abaixo:


Supermercados e sacolões

  • Angeloni conta com compra online, mais informações: www.angeloni.com.br; Televendas (48) 4002.6060, com horário de atendimento de segunda a sábado das 8h às 20h.
  • O Koch também conta com compra online, mas avisa que as entregas podem atrasar. Mais informações: www.superkoch.com.br. Televendas: (48)3263-8247.
  • O Meschke segue realizando entregas. As compras podem ser feitas pelo site https://www.meschke.com.br/ ou pelo telefone: (47) 99266-9700.
  • O Bistek não está realizando entregas neste período.
  • Sacolão Direto do Produtor, fica na Rua Portugal, no Bairro das Nações – tele-entrega 3264-7383, 99701-8968.
  • Sacolão Elite, Rua Angelina, Bairro dos Municípios – tele-entrega 3363-4539, somente para Bairro dos Municípios e seus arredores.
  • Sacolão Schmitt, Quinta Avenida –não cobram taxa de entrega, apenas exigem que as compras nos bairros Vila Real, Iate Clube e Municípios sejam acima de R$ 50, demais localidades consultar valores. Telefones: 3361-7684/3264-0527 e WhatsApp 98817-5534.
  • Sacolão Nicole, Quarta Avenida – realizam tele-entrega, pedidos devem ser feitos pelo WhatsApp 99703-1796.

Farmácias

  • Farmácia Dom José – Rua Dom José, 150, Bairro Vila Real – (47) 3361-1078.
  • Farmanei – Avenida Brasil, 530, centro – (47) 99714-8694 (WhatsApp) ou (47) 3360-7102.
  • Droga Raia – possui várias unidades centrais em Balneário Camboriú, nas avenidas Brasil, Central e Terceira. Telefones: (47) 3398-0711, (47) 33637724, (47) 3065-0102 / 3065-0096 – todas essas são 24h, (47) 3263-0785, (47) 3264-4891 – das 7h às 23h.
  • Farmácia Real - Rua Dom Daniel, 269, Bairro Vila Real – (47) 3361-0362.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade