Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Em tempos de Coronavírus, Balneário Camboriú possui 499 focos do mosquito da Dengue

Sexta, 20/3/2020 11:20.
Divulgação

Publicidade

Balneário Camboriú está direcionada nestes dias para a prevenção ao Coronavírus, mas outra doença preocupante é a Dengue, a cidade conta com 499 focos do mosquito Aedes aegypti e oito casos autóctones, que é quando a doença é contraída dentro do Estado.

Os agentes endêmicos, que atuam na prevenção da Dengue, continuam percorrendo a cidade e pedem a colaboração da comunidade para permitirem suas entradas. As visitações estão sendo apenas externas, exceto quando houver denúncias de foco dentro de residências.

A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes, explica que é muito importante que na situação que nos encontramos referente ao Coronavírus, a população siga tendo os cuidados em relação à Dengue.

“Mantendo as piscinas limpas e tratadas, calhas limpas e secas. Caixas d'água limpas e fechadas, lavar os potes dos animais de estimação pelo menos por duas vezes por semana. Telar os ralos, eliminar pratos de plantas, entre outros”, diz.

Eliane lembra que as visitas aos imóveis seguem sendo realizadas – neste momento no centro e no Bairro das Nações, e pede a colaboração da população em receber as equipes.

“Precisamos que os moradores deixem os agentes realizarem as visitas, para eliminação dos criadouros do Aedes aegypti. Os agentes possuem máscaras, que são utilizadas quando necessário, álcool e luvas. Não só o Coronavírus, mas também a Dengue é a preocupação do prefeito e o Programa de Combate está trabalhando com o objetivo de eliminar os criadouros e orientar a população sobre os riscos não só da Dengue, mas também do Zika e Chikungunya. Este ano, vários municípios de todo o Brasil estão passando por epidemia de Dengue”, salienta.

Os agentes realizam o fumacê nos casos positivos para Dengue, e as visitas estão acontecendo de segunda a sexta-feira.

“Os agentes não apresentam nenhum sintoma clínico para problemas respiratórios. Mesmo assim, as visitações estão sendo apenas externas, exceto quando houver denúncias de foco dentro de residências”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Em tempos de Coronavírus, Balneário Camboriú possui 499 focos do mosquito da Dengue

Publicidade

Sexta, 20/3/2020 11:20.

Balneário Camboriú está direcionada nestes dias para a prevenção ao Coronavírus, mas outra doença preocupante é a Dengue, a cidade conta com 499 focos do mosquito Aedes aegypti e oito casos autóctones, que é quando a doença é contraída dentro do Estado.

Os agentes endêmicos, que atuam na prevenção da Dengue, continuam percorrendo a cidade e pedem a colaboração da comunidade para permitirem suas entradas. As visitações estão sendo apenas externas, exceto quando houver denúncias de foco dentro de residências.

A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes, explica que é muito importante que na situação que nos encontramos referente ao Coronavírus, a população siga tendo os cuidados em relação à Dengue.

“Mantendo as piscinas limpas e tratadas, calhas limpas e secas. Caixas d'água limpas e fechadas, lavar os potes dos animais de estimação pelo menos por duas vezes por semana. Telar os ralos, eliminar pratos de plantas, entre outros”, diz.

Eliane lembra que as visitas aos imóveis seguem sendo realizadas – neste momento no centro e no Bairro das Nações, e pede a colaboração da população em receber as equipes.

“Precisamos que os moradores deixem os agentes realizarem as visitas, para eliminação dos criadouros do Aedes aegypti. Os agentes possuem máscaras, que são utilizadas quando necessário, álcool e luvas. Não só o Coronavírus, mas também a Dengue é a preocupação do prefeito e o Programa de Combate está trabalhando com o objetivo de eliminar os criadouros e orientar a população sobre os riscos não só da Dengue, mas também do Zika e Chikungunya. Este ano, vários municípios de todo o Brasil estão passando por epidemia de Dengue”, salienta.

Os agentes realizam o fumacê nos casos positivos para Dengue, e as visitas estão acontecendo de segunda a sexta-feira.

“Os agentes não apresentam nenhum sintoma clínico para problemas respiratórios. Mesmo assim, as visitações estão sendo apenas externas, exceto quando houver denúncias de foco dentro de residências”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade