Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Saúde: Casos de coronavírus sobem a 37; casos suspeitos são 876

A Prefeitura dePortoAlegreconfirmou, nesta quarta-feira, 11, o primeiro caso de coronavírus da capital gaúcha

Quarta, 11/3/2020 15:41.

Publicidade

O número de casos confirmados do novo coronavírus no País subiu de 34 para 37, segundo dados atualizados na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (IVIS) do Ministério da Saúde nesta quarta-feira, 11. O número de casos suspeitos caiu de 893 para 876.

Os Estados com mais pacientes diagnosticados com o coronavírus: São Paulo (19), Rio de Janeiro (10), Bahia (2), Rio Grande do Sul (2), Minas Gerais (1), Espírito Santo (1), Distrito Federal (1), Alagoas (1).

Ainda segundo dados da Plataforma IVIS, já foram descartados outros 880 casos do novo coronavírus no País.


Rio Grande do Sul confirma segundo caso de coronavírus no Estado

Por Lucas Rivas, especial para o Estado

A Prefeitura de Porto Alegre confirmou, nesta quarta-feira, 11, o primeiro caso de coronavírus da capital gaúcha. A paciente é uma mulher, que retornou de viagem da Itália. Desde a suspeita, ela segue em isolamento domiciliar, como prevê protocolo do Ministério da Saúde.

Este é o segundo caso de coronavírus no Rio Grande do Sul. Nesta terça-feira, 10, o governo gaúcho já tinha divulgado o primeiro diagnóstico, que envolveu um empresário de 60 anos, morador da cidade de Campo Bom, no Vale do Sinos. O paciente também contraiu a doença durante viagem à Itália.

Após a confirmação do primeiro caso em Porto Alegre, a Prefeitura da capital convocou uma coletiva de imprensa para detalhar o caso. Estarão presentes o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB), o secretário da Saúde municipal, Pablo Stürmer, e da secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.


COMO SE PREVENIR

O médico infectologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), da Secretaria de Estado da Saúde, Fábio Gaudenzi, explica que a melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus.

“As medidas de prevenção são as mesmas adotadas para outros vírus respiratórios como o influenza, por exemplo, que são: lavar as mãos com água e sabão com frequência; evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência”, alerta.

A Secretaria da Saúde também recomenda que viagens à China sejam evitadas. Isso porque não existe, até o momento, vacina para prevenir a infecção. Para aquelas pessoas que tenham viajado para o país asiático nos últimos 14 dias é importante ficar atento e procurar atendimento médico imediato em caso de febre acompanhada de pelo menos um sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Saúde: Casos de coronavírus sobem a 37; casos suspeitos são 876

A Prefeitura dePortoAlegreconfirmou, nesta quarta-feira, 11, o primeiro caso de coronavírus da capital gaúcha

Publicidade

Quarta, 11/3/2020 15:41.

O número de casos confirmados do novo coronavírus no País subiu de 34 para 37, segundo dados atualizados na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (IVIS) do Ministério da Saúde nesta quarta-feira, 11. O número de casos suspeitos caiu de 893 para 876.

Os Estados com mais pacientes diagnosticados com o coronavírus: São Paulo (19), Rio de Janeiro (10), Bahia (2), Rio Grande do Sul (2), Minas Gerais (1), Espírito Santo (1), Distrito Federal (1), Alagoas (1).

Ainda segundo dados da Plataforma IVIS, já foram descartados outros 880 casos do novo coronavírus no País.


Rio Grande do Sul confirma segundo caso de coronavírus no Estado

Por Lucas Rivas, especial para o Estado

A Prefeitura de Porto Alegre confirmou, nesta quarta-feira, 11, o primeiro caso de coronavírus da capital gaúcha. A paciente é uma mulher, que retornou de viagem da Itália. Desde a suspeita, ela segue em isolamento domiciliar, como prevê protocolo do Ministério da Saúde.

Este é o segundo caso de coronavírus no Rio Grande do Sul. Nesta terça-feira, 10, o governo gaúcho já tinha divulgado o primeiro diagnóstico, que envolveu um empresário de 60 anos, morador da cidade de Campo Bom, no Vale do Sinos. O paciente também contraiu a doença durante viagem à Itália.

Após a confirmação do primeiro caso em Porto Alegre, a Prefeitura da capital convocou uma coletiva de imprensa para detalhar o caso. Estarão presentes o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB), o secretário da Saúde municipal, Pablo Stürmer, e da secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.


COMO SE PREVENIR

O médico infectologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), da Secretaria de Estado da Saúde, Fábio Gaudenzi, explica que a melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus.

“As medidas de prevenção são as mesmas adotadas para outros vírus respiratórios como o influenza, por exemplo, que são: lavar as mãos com água e sabão com frequência; evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência”, alerta.

A Secretaria da Saúde também recomenda que viagens à China sejam evitadas. Isso porque não existe, até o momento, vacina para prevenir a infecção. Para aquelas pessoas que tenham viajado para o país asiático nos últimos 14 dias é importante ficar atento e procurar atendimento médico imediato em caso de febre acompanhada de pelo menos um sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade