Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Turistas de SP: blitzes acontecem, mas ainda não houve encaminhamento ao Centro Covid-19

Os visitantes estão vindo para o litoral catarinense devido ao feriadão decretado em São Paulo

Sexta, 22/5/2020 17:05.
Divulgação
Barreiras epidemiológicas Balneário Camboriú

Publicidade

Desde quarta-feira (20) Balneário Camboriú está com duas barreiras 24h em dois pontos da cidade: na Avenida Osvaldo Reis e na Avenida do Estado, com o objetivo de identificar e verificar o estado de saúde dos turistas paulistas que devem visitar Balneário neste fim de semana.

Os visitantes estão vindo para o litoral catarinense devido ao feriadão decretado em São Paulo, mesmo considerando que a antecipação dos feriados no estado seja para incentivar o isolamento social. As cidades litorâneas de SP se prepararam e fecharam os acessos aos municípios para impedir que pessoas tentem acessar as praias durante o ‘megaferiado’ de prevenção ao Coronavírus.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, os turistas estão vindo, mas o fluxo não está tão alto. Durante a manhã e tarde de quinta-feira (21) foram parados 35 carros com placas de SP na Osvaldo Reis, mas somente cinco deles seriam de turistas. Até o momento não houve nenhum encaminhamento de turista paulista ao Centro Municipal de Tratamento e Acolhimento da Covid-19.

Guardas municipais estão atuando junto nas blitzes, parando os carros para que as equipes da Secretaria de Saúde coletem a temperatura e verifiquem possíveis sintomas de Coronavírus. Caso o turista apresente temperatura superior a 37,8ºC ou algum sintoma gripal será encaminhado para o atendimento médico e, se necessário, será testado e ficará em observação. Se não apresentar riscos será liberado com as devidas orientações.

Segundo o prefeito Fabrício Oliveira, o objetivo da ação não é proibir a entrada de turistas em Balneário Camboriú e sim garantir a segurança da comunidade que reside na cidade. Os hotéis também devem, toda vez que o hóspede entra, aferir sua temperatura, repassando para a Secretaria de Saúde qualquer alteração.

Vale lembrar que o decreto proíbe, até segunda-feira (25), locações residenciais por dia via aplicativos, plataformas digitais, bem como imobiliárias, para moradores de São Paulo. Há também uma equipe de profissionais da saúde com um posto avançado no Aeroporto de Navegantes para monitorar o único voo realizado atualmente, vindo do Aeroporto de Campinas. Neste posto, os pacientes estão fazendo a triagem e, caso necessário, serão encaminhados para a unidade de saúde do município de destino.

Também será ampliada a fiscalização de bares, restaurantes e locais públicos de Balneário Camboriú neste período.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Barreiras epidemiológicas Balneário Camboriú
Barreiras epidemiológicas Balneário Camboriú

Turistas de SP: blitzes acontecem, mas ainda não houve encaminhamento ao Centro Covid-19

Os visitantes estão vindo para o litoral catarinense devido ao feriadão decretado em São Paulo

Publicidade

Sexta, 22/5/2020 17:05.

Desde quarta-feira (20) Balneário Camboriú está com duas barreiras 24h em dois pontos da cidade: na Avenida Osvaldo Reis e na Avenida do Estado, com o objetivo de identificar e verificar o estado de saúde dos turistas paulistas que devem visitar Balneário neste fim de semana.

Os visitantes estão vindo para o litoral catarinense devido ao feriadão decretado em São Paulo, mesmo considerando que a antecipação dos feriados no estado seja para incentivar o isolamento social. As cidades litorâneas de SP se prepararam e fecharam os acessos aos municípios para impedir que pessoas tentem acessar as praias durante o ‘megaferiado’ de prevenção ao Coronavírus.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, os turistas estão vindo, mas o fluxo não está tão alto. Durante a manhã e tarde de quinta-feira (21) foram parados 35 carros com placas de SP na Osvaldo Reis, mas somente cinco deles seriam de turistas. Até o momento não houve nenhum encaminhamento de turista paulista ao Centro Municipal de Tratamento e Acolhimento da Covid-19.

Guardas municipais estão atuando junto nas blitzes, parando os carros para que as equipes da Secretaria de Saúde coletem a temperatura e verifiquem possíveis sintomas de Coronavírus. Caso o turista apresente temperatura superior a 37,8ºC ou algum sintoma gripal será encaminhado para o atendimento médico e, se necessário, será testado e ficará em observação. Se não apresentar riscos será liberado com as devidas orientações.

Segundo o prefeito Fabrício Oliveira, o objetivo da ação não é proibir a entrada de turistas em Balneário Camboriú e sim garantir a segurança da comunidade que reside na cidade. Os hotéis também devem, toda vez que o hóspede entra, aferir sua temperatura, repassando para a Secretaria de Saúde qualquer alteração.

Vale lembrar que o decreto proíbe, até segunda-feira (25), locações residenciais por dia via aplicativos, plataformas digitais, bem como imobiliárias, para moradores de São Paulo. Há também uma equipe de profissionais da saúde com um posto avançado no Aeroporto de Navegantes para monitorar o único voo realizado atualmente, vindo do Aeroporto de Campinas. Neste posto, os pacientes estão fazendo a triagem e, caso necessário, serão encaminhados para a unidade de saúde do município de destino.

Também será ampliada a fiscalização de bares, restaurantes e locais públicos de Balneário Camboriú neste período.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade