Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Região da Amfri tem 5 mortes por covid-19 em 48 horas

UTIs do Ruth e do Marieta estão sobrecarregadas

Quarta, 17/6/2020 9:02.

Publicidade

A sombria previsão revelada domingo pelo prefeito de Itajaí,Volnei Morastoni, de que a região da Amfri pode ter mais uma centena de mortos nas próximas semanas, pode estar se confirmando, pois nas últimas 48 horas foram registrados cinco óbitos por covid-19.

Nesta terça-feira o prefeito Fabrício Oliveira anunciou a “possibilidade” da região ter mais 16 leitos de UTI, além dos 10 já prometidos pelo Governo do Estado para o Hospital Marieta. Seis desses leitos viriam para Balneário Camboriú.

Fabrício também soltou uma nota dizendo que é falsa uma mensagem que falava no fechamento total do comércio, um lockdown.

A mensagem pode ser falsa, mas o fechamento total faz parte das alternativas discutidas em Itajaí e Balneário Camboriú se prosseguir a escalada de doentes e mortes. Aparentemente os prefeitos evitam falar do assunto para não sofrer desgaste político.

A situação continua crítica, nesta terça-feira a UTI do Hospital Marieta tinha 25 pacientes, com 83,3% de ocupação e no Hospital Ruth Cardoso, na manhã desta quarta-feira 85% dos leitos estavam ocupados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Região da Amfri tem 5 mortes por covid-19 em 48 horas

UTIs do Ruth e do Marieta estão sobrecarregadas

Publicidade

Quarta, 17/6/2020 9:02.

A sombria previsão revelada domingo pelo prefeito de Itajaí,Volnei Morastoni, de que a região da Amfri pode ter mais uma centena de mortos nas próximas semanas, pode estar se confirmando, pois nas últimas 48 horas foram registrados cinco óbitos por covid-19.

Nesta terça-feira o prefeito Fabrício Oliveira anunciou a “possibilidade” da região ter mais 16 leitos de UTI, além dos 10 já prometidos pelo Governo do Estado para o Hospital Marieta. Seis desses leitos viriam para Balneário Camboriú.

Fabrício também soltou uma nota dizendo que é falsa uma mensagem que falava no fechamento total do comércio, um lockdown.

A mensagem pode ser falsa, mas o fechamento total faz parte das alternativas discutidas em Itajaí e Balneário Camboriú se prosseguir a escalada de doentes e mortes. Aparentemente os prefeitos evitam falar do assunto para não sofrer desgaste político.

A situação continua crítica, nesta terça-feira a UTI do Hospital Marieta tinha 25 pacientes, com 83,3% de ocupação e no Hospital Ruth Cardoso, na manhã desta quarta-feira 85% dos leitos estavam ocupados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade