Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Mesmo com casos de Coronavírus aumentando em Balneário Camboriú, aglomerações são flagradas no final de semana

Segunda, 13/7/2020 15:18.
Divulgação

Publicidade

Neste domingo (12), Balneário Camboriú registrou 133 novos casos confirmados de Coronavírus, conforme dados da Vigilância Epidemiológica municipal. Com isto, o município chega a 2.983 casos confirmados da doença – destes, 1.693 pacientes já estão recuperados e receberam alta da infectologista após o período de monitoramento.

Mesmo com o alto número, as equipes de Fiscalização da prefeitura continuam flagrando situações de aglomeração em bares e festas privadas. As barreiras sanitárias continuam acontecendo durante os finais de semana e neste 11.077 pessoas em 5.181 veículos foram abordadas e orientadas.

Fiscalizações e flagrantes

As ações de fiscalização acontecem diariamente, mas durante os finais de semana, de sexta-feira a domingo, são intensificadas. Na noite de sexta-feira (10), foram recebidas nove denúncias - inclusive por meio da Ouvidoria Municipal, e todas foram verificadas. Em nenhuma delas houve descumprimento do afastamento social, uso de máscara ou medidas de segurança. Todos os estabelecimentos estavam cumprindo esses itens. Dessas, apenas três foi necessária a intervenção para fechamento do estabelecimento, pois já passava das 23h.

Porém, no sábado e no domingo (11 e 12) a situação foi diferente. Ainda na noite de sábado, a equipe de fiscalização e a Guarda Municipal flagraram uma festa que acontecia em uma casa alugada no final da Avenida Brasil, onde estavam turistas de Curitiba. Até um DJ agitava o evento privado, onde estariam cerca de 50 pessoas. O dono da casa e o organizador da festa foram multados em R$ 5 mil cada.

Outra festa ocorria no Estaleirinho – local que já foi alvo de denúncias em finais de semana anteriores, onde inclusive uma casa de festas foi fechada permanentemente. Lá, a fiscalização flagrou cerca de 60 pessoas. O evento estaria ocorrendo sem a permissão do dono do imóvel, que locou o local, mesmo assim ele e o locatário foram multados.

Na madrugada de domingo (12) dois estabelecimentos foram interditados; um lounge de narguilé e uma conveniência, localizados na Rua 1.300 e no Calçadão, respectivamente. Ambos foram fechados por cinco dias por não respeitarem as regras de segurança e distanciamento social. Caso sejam flagrados desrespeitando o decreto novamente serão interditados por 15 dias.

Aglomeração até em gramado perto do viaduto

Um gramado que fica perto do viaduto de acesso ao Bairro da Barra e Praias Agrestes, na BR-101, é um local que costuma reunir famílias que realizam piqueniques e deixam seus carros estacionados por lá. Porém, na tarde de domingo (12) a Guarda Municipal precisou dispersar as pessoas que lá estavam, pois havia muitos carros e aglomeração. Os guardas, com megafone, pediram que todos fossem embora porque estavam desrespeitando o decreto de prevenção ao Coronavírus.

O trabalho da Fiscalização segue diariamente e denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp (47) 9.9232-0187, pelo 153 para a Guarda Municipal ou 190 Polícia Militar.

Barreiras abordaram mais de 11 mil pessoas

De sexta-feira até este domingo (10 a 12), 11.077 pessoas em 5.181 veículos foram abordadas e orientadas nas barreiras sanitárias que ficam instaladas em pontos de entrada de Balneário Camboriú (PIT, Oswaldo Reis, Estrada da Rainha, Rua 3.300 e Estaleirinho). Os Guardas Municipais e/ou Agentes de Trânsito param os veículos que passam pela barreira e todos os ocupantes dos veículos devem ser abordados para verificação da temperatura e são questionados sobre possíveis sintomas da COVID-19 (febre / tosse / coriza / cefaleia / dores no corpo).

26 pessoas abordadas estavam sintomáticos leves, e apenas uma estava com sintomas graves, tendo sido encaminhada a um hospital particular por solicitação da própria paciente.

Segundo a Comunicação da prefeitura, se algum dos ocupantes dos veículos apresentar sintoma leve a orientação é para que voltem para sua cidade de origem e se forem moradores de Balneário Camboriú ou região, devem ser orientados a procurar atendimento especializado em uma unidade de saúde mais próxima à sua residência, como UPA do Bairro das Nações ou PA do Bairro da Barra. Também são orientados para que fiquem em isolamento social e observem cuidados de higiene.

Se o paciente apresentar algum sinal mais grave (principalmente dificuldade respiratória) é encaminhado ao Centro do Covid-19, que fica em anexo ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, ou hospital particular, se for o desejo do paciente, como foi o caso da mulher abordada na blitz.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Mesmo com casos de Coronavírus aumentando em Balneário Camboriú, aglomerações são flagradas no final de semana

Publicidade

Segunda, 13/7/2020 15:18.

Neste domingo (12), Balneário Camboriú registrou 133 novos casos confirmados de Coronavírus, conforme dados da Vigilância Epidemiológica municipal. Com isto, o município chega a 2.983 casos confirmados da doença – destes, 1.693 pacientes já estão recuperados e receberam alta da infectologista após o período de monitoramento.

Mesmo com o alto número, as equipes de Fiscalização da prefeitura continuam flagrando situações de aglomeração em bares e festas privadas. As barreiras sanitárias continuam acontecendo durante os finais de semana e neste 11.077 pessoas em 5.181 veículos foram abordadas e orientadas.

Fiscalizações e flagrantes

As ações de fiscalização acontecem diariamente, mas durante os finais de semana, de sexta-feira a domingo, são intensificadas. Na noite de sexta-feira (10), foram recebidas nove denúncias - inclusive por meio da Ouvidoria Municipal, e todas foram verificadas. Em nenhuma delas houve descumprimento do afastamento social, uso de máscara ou medidas de segurança. Todos os estabelecimentos estavam cumprindo esses itens. Dessas, apenas três foi necessária a intervenção para fechamento do estabelecimento, pois já passava das 23h.

Porém, no sábado e no domingo (11 e 12) a situação foi diferente. Ainda na noite de sábado, a equipe de fiscalização e a Guarda Municipal flagraram uma festa que acontecia em uma casa alugada no final da Avenida Brasil, onde estavam turistas de Curitiba. Até um DJ agitava o evento privado, onde estariam cerca de 50 pessoas. O dono da casa e o organizador da festa foram multados em R$ 5 mil cada.

Outra festa ocorria no Estaleirinho – local que já foi alvo de denúncias em finais de semana anteriores, onde inclusive uma casa de festas foi fechada permanentemente. Lá, a fiscalização flagrou cerca de 60 pessoas. O evento estaria ocorrendo sem a permissão do dono do imóvel, que locou o local, mesmo assim ele e o locatário foram multados.

Na madrugada de domingo (12) dois estabelecimentos foram interditados; um lounge de narguilé e uma conveniência, localizados na Rua 1.300 e no Calçadão, respectivamente. Ambos foram fechados por cinco dias por não respeitarem as regras de segurança e distanciamento social. Caso sejam flagrados desrespeitando o decreto novamente serão interditados por 15 dias.

Aglomeração até em gramado perto do viaduto

Um gramado que fica perto do viaduto de acesso ao Bairro da Barra e Praias Agrestes, na BR-101, é um local que costuma reunir famílias que realizam piqueniques e deixam seus carros estacionados por lá. Porém, na tarde de domingo (12) a Guarda Municipal precisou dispersar as pessoas que lá estavam, pois havia muitos carros e aglomeração. Os guardas, com megafone, pediram que todos fossem embora porque estavam desrespeitando o decreto de prevenção ao Coronavírus.

O trabalho da Fiscalização segue diariamente e denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp (47) 9.9232-0187, pelo 153 para a Guarda Municipal ou 190 Polícia Militar.

Barreiras abordaram mais de 11 mil pessoas

De sexta-feira até este domingo (10 a 12), 11.077 pessoas em 5.181 veículos foram abordadas e orientadas nas barreiras sanitárias que ficam instaladas em pontos de entrada de Balneário Camboriú (PIT, Oswaldo Reis, Estrada da Rainha, Rua 3.300 e Estaleirinho). Os Guardas Municipais e/ou Agentes de Trânsito param os veículos que passam pela barreira e todos os ocupantes dos veículos devem ser abordados para verificação da temperatura e são questionados sobre possíveis sintomas da COVID-19 (febre / tosse / coriza / cefaleia / dores no corpo).

26 pessoas abordadas estavam sintomáticos leves, e apenas uma estava com sintomas graves, tendo sido encaminhada a um hospital particular por solicitação da própria paciente.

Segundo a Comunicação da prefeitura, se algum dos ocupantes dos veículos apresentar sintoma leve a orientação é para que voltem para sua cidade de origem e se forem moradores de Balneário Camboriú ou região, devem ser orientados a procurar atendimento especializado em uma unidade de saúde mais próxima à sua residência, como UPA do Bairro das Nações ou PA do Bairro da Barra. Também são orientados para que fiquem em isolamento social e observem cuidados de higiene.

Se o paciente apresentar algum sinal mais grave (principalmente dificuldade respiratória) é encaminhado ao Centro do Covid-19, que fica em anexo ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, ou hospital particular, se for o desejo do paciente, como foi o caso da mulher abordada na blitz.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade