Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
IFC Camboriú lança sistema gratuito para monitoramento da Covid-19

O sistema poderá ser utilizado por municípios de todo o país, que tenham interesse em monitorar e rastrear os casos da doença

Quinta, 24/12/2020 6:59.
Reprodução

Publicidade

O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú lançou nesta quarta-feira (23), o Sistema Web Municipal para Monitoramento da Covid-19 (SWMMCOVID19). Desenvolvido por professores e alunos do campus, em parceria com a Secretaria de Proteção e Defesa Civil e com o setor de tecnologia da prefeitura de Camboriú, o sistema possibilita o monitoramento e rastreamento de casos da doença na cidade e nos bairros.

De acordo com a docente do curso Técnico subsequente em Proteção e Defesa Civil e coordenadora do projeto, Cleonice Beppler, a ferramenta foi pensada para contribuir com a gestão pública na tomada de decisões, tanto na área de saúde, educação, assistência social, entre outros setores. Ela complementa que o sistema fortalece o Plano de Contingência de Educação (Plancon), utilizado por todos municípios catarinenses e idealizado por meio de parceria técnica com a Secretaria de Estado da Educação e Comitê Técnico Científico da Defesa Civil de Santa Catarina, que prevê a necessidade de monitoramento dos casos em todos os municípios.

“O sistema monitora não somente os positivados, mas também possibilita a verificação do índice de transmissibilidade de cada bairro, o que permite um controle maior por parte dos gestores e contribui com a tomada de decisões durante o período da pandemia”, destacou Cleonice.

Com uma interface amigável e de fácil compreensão, o sistema foi desenvolvido pelo aluno do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas para Internet, Edalicio Heinzen, com a orientação do coordenador-geral do ensino superior, Alexandre Amaral. Segundo o coordenador, a ferramenta está disponível gratuitamente para utilização livre de todas as prefeituras do país.

“É nosso papel, como Instituto Federal, de realizar essa transferência de tecnologia e dar um retorno à sociedade do trabalho desenvolvido em nosso campus. É uma ferramenta gratuita e qualquer prefeitura poderá utilizá-la para ajudar nas tomadas de decisão da gestão e na luta contra o vírus”, ressaltou Alexandre.

Com a possibilidade de filtrar os casos por bairro, o sistema traz as informações sobre os números de casos, tratamento, óbitos e pessoas recuperadas. Segundo a professora Cleonice Beppler, com a visualização dos números, a ferramenta deve estimular a autoproteção, pois os moradores dos bairros da cidade que utilizar o sistema poderão verificar como está a situação em seus locais .

Pensamos também em ajudar a população para que eles possam ter a percepção do risco de onde moram e entenderem a capacidade de enfrentamento que o município, bairro e comunidade possuem e serem protagonistas no controle da pandemia, por meio da informação dos dados. O gestor público que adotar o sistema está oportunizando a sociedade uma atuação conjunta, unindo forças entre governo e população, pois é dever e responsabilidade de todos preservar a saúde”, salientou a docente.

Funcionamento do sistema

A ferramenta foi desenvolvida com a utilização das tecnologias: PHP, Mysql, Framework Laravel, Javascript, Leaflet, OpenStreetMap e CSS/SCSS. A partir da compilação de dados, a população tem acesso a um mapa da cidade contendo os números de casos da cidade (positivos, recuperados, óbitos e em tratamento), além de ser possível visualizar a divisão por bairros.

De acordo com o coordenador-geral do ensino superior e também docente da área da tecnologia, Alexandre Amaral, o acesso interno – de gestão da prefeitura – permite visualizar os dados completos, tais como: nome das pessoas contaminadas, endereço e outros detalhes para um acompanhamento individualizado.

As prefeituras que tiverem interesse em utilizar a ferramenta, podem acessar gratuitamente e seguir as instruções para instalação do sistema em: Github

Confira os vídeos sobre o funcionamento do sistema web para monitoramento da Covid-19: clique aqui


Fonte - Cecom/IFC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Reprodução

IFC Camboriú lança sistema gratuito para monitoramento da Covid-19

O sistema poderá ser utilizado por municípios de todo o país, que tenham interesse em monitorar e rastrear os casos da doença

Quinta, 24/12/2020 6:59.

O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú lançou nesta quarta-feira (23), o Sistema Web Municipal para Monitoramento da Covid-19 (SWMMCOVID19). Desenvolvido por professores e alunos do campus, em parceria com a Secretaria de Proteção e Defesa Civil e com o setor de tecnologia da prefeitura de Camboriú, o sistema possibilita o monitoramento e rastreamento de casos da doença na cidade e nos bairros.

De acordo com a docente do curso Técnico subsequente em Proteção e Defesa Civil e coordenadora do projeto, Cleonice Beppler, a ferramenta foi pensada para contribuir com a gestão pública na tomada de decisões, tanto na área de saúde, educação, assistência social, entre outros setores. Ela complementa que o sistema fortalece o Plano de Contingência de Educação (Plancon), utilizado por todos municípios catarinenses e idealizado por meio de parceria técnica com a Secretaria de Estado da Educação e Comitê Técnico Científico da Defesa Civil de Santa Catarina, que prevê a necessidade de monitoramento dos casos em todos os municípios.

“O sistema monitora não somente os positivados, mas também possibilita a verificação do índice de transmissibilidade de cada bairro, o que permite um controle maior por parte dos gestores e contribui com a tomada de decisões durante o período da pandemia”, destacou Cleonice.

Com uma interface amigável e de fácil compreensão, o sistema foi desenvolvido pelo aluno do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas para Internet, Edalicio Heinzen, com a orientação do coordenador-geral do ensino superior, Alexandre Amaral. Segundo o coordenador, a ferramenta está disponível gratuitamente para utilização livre de todas as prefeituras do país.

“É nosso papel, como Instituto Federal, de realizar essa transferência de tecnologia e dar um retorno à sociedade do trabalho desenvolvido em nosso campus. É uma ferramenta gratuita e qualquer prefeitura poderá utilizá-la para ajudar nas tomadas de decisão da gestão e na luta contra o vírus”, ressaltou Alexandre.

Com a possibilidade de filtrar os casos por bairro, o sistema traz as informações sobre os números de casos, tratamento, óbitos e pessoas recuperadas. Segundo a professora Cleonice Beppler, com a visualização dos números, a ferramenta deve estimular a autoproteção, pois os moradores dos bairros da cidade que utilizar o sistema poderão verificar como está a situação em seus locais .

Pensamos também em ajudar a população para que eles possam ter a percepção do risco de onde moram e entenderem a capacidade de enfrentamento que o município, bairro e comunidade possuem e serem protagonistas no controle da pandemia, por meio da informação dos dados. O gestor público que adotar o sistema está oportunizando a sociedade uma atuação conjunta, unindo forças entre governo e população, pois é dever e responsabilidade de todos preservar a saúde”, salientou a docente.

Funcionamento do sistema

A ferramenta foi desenvolvida com a utilização das tecnologias: PHP, Mysql, Framework Laravel, Javascript, Leaflet, OpenStreetMap e CSS/SCSS. A partir da compilação de dados, a população tem acesso a um mapa da cidade contendo os números de casos da cidade (positivos, recuperados, óbitos e em tratamento), além de ser possível visualizar a divisão por bairros.

De acordo com o coordenador-geral do ensino superior e também docente da área da tecnologia, Alexandre Amaral, o acesso interno – de gestão da prefeitura – permite visualizar os dados completos, tais como: nome das pessoas contaminadas, endereço e outros detalhes para um acompanhamento individualizado.

As prefeituras que tiverem interesse em utilizar a ferramenta, podem acessar gratuitamente e seguir as instruções para instalação do sistema em: Github

Confira os vídeos sobre o funcionamento do sistema web para monitoramento da Covid-19: clique aqui


Fonte - Cecom/IFC

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade