Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
'Você fica uma pessoa mais retraída’, diz Whindersson Nunes, maior youtuber brasileiro sobre depressão
Quarta, 4/9/2019 12:54.

Reprodução
Whindersson Nunes

Publicidade

AE - Aproveitando o "Setembro Amarelo", mês de prevenção ao suicídio, Whindersson Nunes fez uma série de vídeos no Instagram para explicar o que viveu quando estava em depressão. Com 33,4 milhões de seguidores só nessa rede social, o humorista explicou que "problemas psicológicos sempre são assuntos difíceis".

Em julho, o humorista comemorou a melhora no quadro de depressão em entrevista ao Fantástico, da TV Globo. Para Whindersson, o assunto é pessoal e leva em conta o modo como você aprendeu a lidar com as emoções e a sua história familiar.

"Às vezes, a pessoa vem e fala: 'Ah, porque o pai dele batia nele e ele tem trauma'. Daí, outra pessoa vem e fala: 'Mas meu pai me também me batia e não tenho trauma'. Mas é porque você não é filho do pai dele, ué. E, às vezes, essa pessoa tem outro problema que a outra pessoa não tem. São coisas pessoais", afirmou.

O humorista avalia que, pelo fato de as pessoas não saberem lidar com quem está com depressão, o paciente acaba se isolando: "e você fica uma pessoa mais retraída, sabe? 'Ah, não vou não, não quero ir não'. Eu não sou festeiro e ontem eu saí. Foi tão legal, tão bacana! Às vezes, os momentos podem ser surpreendentes".

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

'Você fica uma pessoa mais retraída’, diz Whindersson Nunes, maior youtuber brasileiro sobre depressão

Reprodução
Whindersson Nunes
Whindersson Nunes

Publicidade

Quarta, 4/9/2019 12:54.

AE - Aproveitando o "Setembro Amarelo", mês de prevenção ao suicídio, Whindersson Nunes fez uma série de vídeos no Instagram para explicar o que viveu quando estava em depressão. Com 33,4 milhões de seguidores só nessa rede social, o humorista explicou que "problemas psicológicos sempre são assuntos difíceis".

Em julho, o humorista comemorou a melhora no quadro de depressão em entrevista ao Fantástico, da TV Globo. Para Whindersson, o assunto é pessoal e leva em conta o modo como você aprendeu a lidar com as emoções e a sua história familiar.

"Às vezes, a pessoa vem e fala: 'Ah, porque o pai dele batia nele e ele tem trauma'. Daí, outra pessoa vem e fala: 'Mas meu pai me também me batia e não tenho trauma'. Mas é porque você não é filho do pai dele, ué. E, às vezes, essa pessoa tem outro problema que a outra pessoa não tem. São coisas pessoais", afirmou.

O humorista avalia que, pelo fato de as pessoas não saberem lidar com quem está com depressão, o paciente acaba se isolando: "e você fica uma pessoa mais retraída, sabe? 'Ah, não vou não, não quero ir não'. Eu não sou festeiro e ontem eu saí. Foi tão legal, tão bacana! Às vezes, os momentos podem ser surpreendentes".

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques