Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Jovens até 29 anos são o foco da segunda etapa da campanha nacional contra o sarampo

Em Balneário apenas 30% desse público já imunizou

Segunda, 18/11/2019 12:18.
Agência Brasil
Alvo desta etapa são jovens até 29 anos

Publicidade

A Vigilância Epidemiológica de Balneário Camboriú acompanha a determinação do Ministério da Saúde e inicia nesta segunda-feira (18), a segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo. O público alvo desta etapa são os jovens adultos, de 20 a 29 anos, não vacinados ou que não possuem comprovante de vacina.

Segundo a diretora da Vigilância Epidemiológica, Adriana Ribeiro, em Balneário Camboriú apenas 30% deste público está imunizado, faltando ainda cerca de sete mil para vacinar.

Na primeira etapa, a equipe da Vigilância frequentou mercados, shoppings e praças além dos postos de saúde, para oferecer a imunização.

“Neste mês de novembro estamos indo nas universidades, onde encontramos um maior número de jovens e conseguimos desta forma um acesso mais rápido com eles”, disse a diretora.

De acordo com o último boletim epidemiológico, Santa Catarina, tem 94 casos confirmados e desses, 41 estão nesta faixa. Balneário Camboriú registrou um caso e é nesta faixa etária também.

“Por esse motivo, é de extrema importância a adesão desse público à campanha”, reforçou Adriana explicando que o objetivo é atualizar a carteira de vacinação, já que esta é a faixa etária que mais possui casos confirmados de sarampo nas cidades brasileiras que se mantém em surto ativo.

O sarampo é altamente contagioso e de fácil transmissão, por meio das vias aéreas superiores, ou seja, secreções expelidas ao espirrar, tossir, falar e respirar.

Os sintomas iniciais são parecidos com a gripe e por isso a doença não é descoberta cedo. São eles: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal, além de mal estar intenso. Após estes sintomas há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

O Dia “D” desta segunda etapa, que encerra a campanha em todo o país, será o dia 30 de novembro (sábado), das 8h às 17h.

Informações - secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Agência Brasil
Alvo desta etapa são jovens até 29 anos
Alvo desta etapa são jovens até 29 anos

Jovens até 29 anos são o foco da segunda etapa da campanha nacional contra o sarampo

Em Balneário apenas 30% desse público já imunizou

Publicidade

Segunda, 18/11/2019 12:18.

A Vigilância Epidemiológica de Balneário Camboriú acompanha a determinação do Ministério da Saúde e inicia nesta segunda-feira (18), a segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo. O público alvo desta etapa são os jovens adultos, de 20 a 29 anos, não vacinados ou que não possuem comprovante de vacina.

Segundo a diretora da Vigilância Epidemiológica, Adriana Ribeiro, em Balneário Camboriú apenas 30% deste público está imunizado, faltando ainda cerca de sete mil para vacinar.

Na primeira etapa, a equipe da Vigilância frequentou mercados, shoppings e praças além dos postos de saúde, para oferecer a imunização.

“Neste mês de novembro estamos indo nas universidades, onde encontramos um maior número de jovens e conseguimos desta forma um acesso mais rápido com eles”, disse a diretora.

De acordo com o último boletim epidemiológico, Santa Catarina, tem 94 casos confirmados e desses, 41 estão nesta faixa. Balneário Camboriú registrou um caso e é nesta faixa etária também.

“Por esse motivo, é de extrema importância a adesão desse público à campanha”, reforçou Adriana explicando que o objetivo é atualizar a carteira de vacinação, já que esta é a faixa etária que mais possui casos confirmados de sarampo nas cidades brasileiras que se mantém em surto ativo.

O sarampo é altamente contagioso e de fácil transmissão, por meio das vias aéreas superiores, ou seja, secreções expelidas ao espirrar, tossir, falar e respirar.

Os sintomas iniciais são parecidos com a gripe e por isso a doença não é descoberta cedo. São eles: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal, além de mal estar intenso. Após estes sintomas há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

O Dia “D” desta segunda etapa, que encerra a campanha em todo o país, será o dia 30 de novembro (sábado), das 8h às 17h.

Informações - secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade