Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Finados: programa de combate a dengue alerta sobre cuidados essenciais

Sexta, 1/11/2019 15:19.
Divulgação/PMBC

Publicidade

Todos os anos na semana que antecede o Dia dos Finados, a secretaria da Saúde aproveita para orientar sobre os cuidados que todos devem ter para evitar que o cemitério municipal da Barra se torne um foco para o mosquito transmissor da dengue. A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti disse que esta semana foram colocadas faixas de orientação e agentes do programa estão no local para informar a população sobre os cuidados nos túmulos e em suas casas também.

“Estamos em período com frequentes chuvas, que acumulam água e servem de criadouro para o mosquito. É importante não levar vasos com pratinhos ou embalagens plásticas”, recomendou.

Atualmente o bairro da Barra tem 105 focos do mosquito.

“Torna-se ainda mais essencial todo o tipo de cuidado, até porque já tivemos casos de dengue na Barra”, acrescentou Eliane. Segundo informou, o cemitério é visitado a cada 15 dias pelos agentes para verificar se há depósitos com água.

Informações - secretaria de Saúde (47) 3261-6200

Relacionadas:Dia de Finados: cinco mil pessoas devem visitar o Cemitério de Balneário Camboriú


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/PMBC

Finados: programa de combate a dengue alerta sobre cuidados essenciais

Publicidade

Sexta, 1/11/2019 15:19.

Todos os anos na semana que antecede o Dia dos Finados, a secretaria da Saúde aproveita para orientar sobre os cuidados que todos devem ter para evitar que o cemitério municipal da Barra se torne um foco para o mosquito transmissor da dengue. A diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti disse que esta semana foram colocadas faixas de orientação e agentes do programa estão no local para informar a população sobre os cuidados nos túmulos e em suas casas também.

“Estamos em período com frequentes chuvas, que acumulam água e servem de criadouro para o mosquito. É importante não levar vasos com pratinhos ou embalagens plásticas”, recomendou.

Atualmente o bairro da Barra tem 105 focos do mosquito.

“Torna-se ainda mais essencial todo o tipo de cuidado, até porque já tivemos casos de dengue na Barra”, acrescentou Eliane. Segundo informou, o cemitério é visitado a cada 15 dias pelos agentes para verificar se há depósitos com água.

Informações - secretaria de Saúde (47) 3261-6200

Relacionadas:Dia de Finados: cinco mil pessoas devem visitar o Cemitério de Balneário Camboriú


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade