Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Banco de Leite do Marieta bateu recorde de atendimentos
Fotos Divulgação

Terça, 7/5/2019 14:47.

O Banco de Leite do hospital Marieta realizou no ano passado mais de oito mil atendimentos, entre orientações e visitas domiciliares, mas foi em março deste ano que bateu o recorde com 1025 atendimentos e 140 litros de leite coletados.

O funcionamento do Banco de Leite é 24 horas e possui uma equipe treinada para ajudar as mães com todo o processo de amamentação ou ainda que tenha problemas nas mamas, como fissuras, ingurgitamento mamário, mastite, entre outros. O hospital também busca doadoras de leite humano.

A coordenadora de enfermagem do hospital, Larissa da Silva, pede que toda mãe que estiver amamentando e apresentar uma produção excessiva de leite, pode entrar em contato diretamente com o setor para ser uma doadora e ajudar os bebês que estão internados na Unidade Neonatal. “Se a mãe for moradora de Itajaí, Balneário Camboriú, Camboriú e Navegantes nós realizamos esta busca de leite doado em domicílio”, comenta Larissa.

Para ser uma doadora, precisa ser saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação. Depois de realizada a coleta, o leite é identificado, congelado, pasteurizado, analisado para que seja comprovada sua qualidade e somente após esta liberação o leite é preparado e distribuído para os bebês da Unidade Neonatal.

Atualmente o banco de leite humano tem média mensal de 50 doadoras com um volume médio de 101 litros por mês. Esse leite é distribuído para todos os bebês internados, com exceção daqueles que têm alguma restrição alimentar e que recebem fórmula infantil.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Banco de Leite do Marieta bateu recorde de atendimentos

Fotos Divulgação

Publicidade

Terça, 7/5/2019 14:47.

O Banco de Leite do hospital Marieta realizou no ano passado mais de oito mil atendimentos, entre orientações e visitas domiciliares, mas foi em março deste ano que bateu o recorde com 1025 atendimentos e 140 litros de leite coletados.

O funcionamento do Banco de Leite é 24 horas e possui uma equipe treinada para ajudar as mães com todo o processo de amamentação ou ainda que tenha problemas nas mamas, como fissuras, ingurgitamento mamário, mastite, entre outros. O hospital também busca doadoras de leite humano.

A coordenadora de enfermagem do hospital, Larissa da Silva, pede que toda mãe que estiver amamentando e apresentar uma produção excessiva de leite, pode entrar em contato diretamente com o setor para ser uma doadora e ajudar os bebês que estão internados na Unidade Neonatal. “Se a mãe for moradora de Itajaí, Balneário Camboriú, Camboriú e Navegantes nós realizamos esta busca de leite doado em domicílio”, comenta Larissa.

Para ser uma doadora, precisa ser saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação. Depois de realizada a coleta, o leite é identificado, congelado, pasteurizado, analisado para que seja comprovada sua qualidade e somente após esta liberação o leite é preparado e distribuído para os bebês da Unidade Neonatal.

Atualmente o banco de leite humano tem média mensal de 50 doadoras com um volume médio de 101 litros por mês. Esse leite é distribuído para todos os bebês internados, com exceção daqueles que têm alguma restrição alimentar e que recebem fórmula infantil.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade