Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Audiência pública sobre o futuro do hospital Ruth Cardoso é hoje

"É preciso um choque de gestão e a audiência pública é o caminho mais salutar para discutir e buscar soluções”

Segunda, 13/5/2019 8:11.
Divulgação
Os vereadores Arlindo e Joceli com Ricardo, diretor do Ruth.

Publicidade

Os vereadores da Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara de Vereadores convidam a comunidade para participar de audiência pública sobre a gestão do hospital municipal Ruth Cardoso, nesta segunda-feira (13), às 19h, no Legislativo Municipal.

“O problema é conhecido, mas do jeito que está não dá para continuar. É preciso tomar um choque de gestão e a audiência pública é o caminho mais salutar para discutir e buscar soluções”, disse o presidente da Comissão, vereador Joceli Nazari.

O Ruth Cardoso é uma unidade hospitalar de baixa e média complexidade, que tornou-se referência para os municípios da região, como Camboriú, Itapema, Porto Belo e Bombinhas.

Só que o municipio de Balneário Camboriú vem absorvendo toda essa demanda, que só cresce, gerando um custo mensal gigante, um demanda de pacientes cada vez maior e incompatível com os valores que o Ministério da Saúde repassa pelos atendimentos feitos hoje.

“Os valores que o Ministério repassa pelos atendimentos feitos hoje, não supera os 30% do que custa essa diferença, quem banca é o município com seus impostos. Não é possível que Balneário Camboriú continue arcando sozinho com essa despesa, sabendo que o município precisa enfrentar outras situações na atenção básica que tem que avançar, nas cirurgias eletivas, nos exames que o município precisa fazer”, segue Nazari.

Auditoria

Durante a audiência será apresentado o resultado de uma auditoria que o prefeito Fabrício Oliveira contratou, via Amfri.

“Será a oportunidade de conhecer os números reais de atendimentos, os valores de custeio e a partir daí, saber o que queremos para frente.

Queremos um hospital regional? Queremos que ele atenda só nossa comunidade? É uma realidade que ´precisamos enfrentar. Não podemos restringir atendimentos, mas o grande objetivo é saber se Balneário Camboriú quer seguir sendo referência e então saber onde entra o Estado nesta história. Se o Estado quer que continuemos assistindo esses municípios, ele precisa nos ajudar”, colocou o vereador, lembrando que é a oportunidade para toda comunidade participar, dizer o que pensa a respeito e qual deve ser o futuro do Ruth Cardoso.

Além do vereador Joceli Nazari, fazem parte da Comissão os vereadores Arlindo Cruz e Gelson Rodrigues.

A Câmara dos Vereadores fica na Avenida das Flores, 675, Bairro dos Estados, próximo ao Fórum.

Informações - 3263-7686.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Os vereadores Arlindo e Joceli com Ricardo, diretor do Ruth.
Os vereadores Arlindo e Joceli com Ricardo, diretor do Ruth.

Audiência pública sobre o futuro do hospital Ruth Cardoso é hoje

"É preciso um choque de gestão e a audiência pública é o caminho mais salutar para discutir e buscar soluções”

Publicidade

Segunda, 13/5/2019 8:11.

Os vereadores da Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara de Vereadores convidam a comunidade para participar de audiência pública sobre a gestão do hospital municipal Ruth Cardoso, nesta segunda-feira (13), às 19h, no Legislativo Municipal.

“O problema é conhecido, mas do jeito que está não dá para continuar. É preciso tomar um choque de gestão e a audiência pública é o caminho mais salutar para discutir e buscar soluções”, disse o presidente da Comissão, vereador Joceli Nazari.

O Ruth Cardoso é uma unidade hospitalar de baixa e média complexidade, que tornou-se referência para os municípios da região, como Camboriú, Itapema, Porto Belo e Bombinhas.

Só que o municipio de Balneário Camboriú vem absorvendo toda essa demanda, que só cresce, gerando um custo mensal gigante, um demanda de pacientes cada vez maior e incompatível com os valores que o Ministério da Saúde repassa pelos atendimentos feitos hoje.

“Os valores que o Ministério repassa pelos atendimentos feitos hoje, não supera os 30% do que custa essa diferença, quem banca é o município com seus impostos. Não é possível que Balneário Camboriú continue arcando sozinho com essa despesa, sabendo que o município precisa enfrentar outras situações na atenção básica que tem que avançar, nas cirurgias eletivas, nos exames que o município precisa fazer”, segue Nazari.

Auditoria

Durante a audiência será apresentado o resultado de uma auditoria que o prefeito Fabrício Oliveira contratou, via Amfri.

“Será a oportunidade de conhecer os números reais de atendimentos, os valores de custeio e a partir daí, saber o que queremos para frente.

Queremos um hospital regional? Queremos que ele atenda só nossa comunidade? É uma realidade que ´precisamos enfrentar. Não podemos restringir atendimentos, mas o grande objetivo é saber se Balneário Camboriú quer seguir sendo referência e então saber onde entra o Estado nesta história. Se o Estado quer que continuemos assistindo esses municípios, ele precisa nos ajudar”, colocou o vereador, lembrando que é a oportunidade para toda comunidade participar, dizer o que pensa a respeito e qual deve ser o futuro do Ruth Cardoso.

Além do vereador Joceli Nazari, fazem parte da Comissão os vereadores Arlindo Cruz e Gelson Rodrigues.

A Câmara dos Vereadores fica na Avenida das Flores, 675, Bairro dos Estados, próximo ao Fórum.

Informações - 3263-7686.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade