Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Postinho de saúde na praia será reaberto neste verão

Postinho reabre neste verão

Segunda, 9/12/2019 18:21.
Divulgação/PMBC
O trailer utilizado ano passado - foram cerca de 8 mil atendimentos

Publicidade

A reabertura do postinho da praia central, que funciona embaixo do posto de guarda-vidas, na altura da Rua 1.400 será reaberto nesta temporada. O local está passando por reforma. Além do atendimento habitual, ali também haverá vacinação de sarampo e febre amarela.

A secretária de Saúde Andressa Hadad contou ao Página 3 que o postinho da praia central deve reinaugurar em breve. Ano passado foi utilizado um trailer porque os guarda-vidas precisaram do espaço no primeiro andar do posto para guardar equipamentos, mas neste ano o cederam novamente para a prefeitura.

“Vamos disponibilizar vacinas, medição de glicemia e pressão, serão feitos curativos e os profissionais também vão dar orientações e se necessário fazer primeiros-socorros até os bombeiros ou SAMU chegarem, com atendimento todos os dias”, diz.

Haverá também o odontomóvel, atendendo a comunidade diariamente.

Mosquito da dengue

Outra preocupação é com o mosquito Aedes aegypti, e por isso a prefeitura irá fazer panfletagem alertando sobre a dengue e Chikungunya.

“O município não teve nenhum quadro, mas a região sim. Por isso estamos muito preocupados com o verão. Queremos conscientizar os turistas sobre a necessidade de cuidar de suas casas e apartamentos de veraneio o ano todo, focando nos vasos sanitários, plantas e geladeira”, salienta.

Vacina na praia, rodoviária, hotéis

O sarampo e a febre amarela também serão focos das equipes da saúde. Andressa destaca que os navios não serão um problema, já que o Ministério da Saúde pediu que por segurança todos os tripulantes apresentassem carteira de vacinação – e a Vigilância Epidemiológica de Balneário Camboriú também está recebendo os ‘cruzeiristas’ e se necessário aplicando vacinas.

“O nosso Dia D, que aconteceu recentemente, foi um sucesso exatamente porque fomos para a rua. Dividimos equipes e conseguimos vacinar mais de 600 pessoas. Quanto mais vacinamos, menos casos temos. Quem não se lembra se já se vacinou pode se vacinar novamente, não tem problema. Também vamos fazer ações na rodoviária e vamos intensificar nos hotéis, vacinando quem trabalha diretamente com os turistas, já que somente em São Paulo foram mais de 10 mil casos de sarampo. Nós só tivemos um, que foi importado (pessoa de fora) e a situação foi controlada. População imunizada não transmite”, completa.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC
O trailer utilizado ano passado - foram cerca de 8 mil atendimentos
O trailer utilizado ano passado - foram cerca de 8 mil atendimentos

Postinho de saúde na praia será reaberto neste verão

Postinho reabre neste verão

Publicidade

Segunda, 9/12/2019 18:21.

A reabertura do postinho da praia central, que funciona embaixo do posto de guarda-vidas, na altura da Rua 1.400 será reaberto nesta temporada. O local está passando por reforma. Além do atendimento habitual, ali também haverá vacinação de sarampo e febre amarela.

A secretária de Saúde Andressa Hadad contou ao Página 3 que o postinho da praia central deve reinaugurar em breve. Ano passado foi utilizado um trailer porque os guarda-vidas precisaram do espaço no primeiro andar do posto para guardar equipamentos, mas neste ano o cederam novamente para a prefeitura.

“Vamos disponibilizar vacinas, medição de glicemia e pressão, serão feitos curativos e os profissionais também vão dar orientações e se necessário fazer primeiros-socorros até os bombeiros ou SAMU chegarem, com atendimento todos os dias”, diz.

Haverá também o odontomóvel, atendendo a comunidade diariamente.

Mosquito da dengue

Outra preocupação é com o mosquito Aedes aegypti, e por isso a prefeitura irá fazer panfletagem alertando sobre a dengue e Chikungunya.

“O município não teve nenhum quadro, mas a região sim. Por isso estamos muito preocupados com o verão. Queremos conscientizar os turistas sobre a necessidade de cuidar de suas casas e apartamentos de veraneio o ano todo, focando nos vasos sanitários, plantas e geladeira”, salienta.

Vacina na praia, rodoviária, hotéis

O sarampo e a febre amarela também serão focos das equipes da saúde. Andressa destaca que os navios não serão um problema, já que o Ministério da Saúde pediu que por segurança todos os tripulantes apresentassem carteira de vacinação – e a Vigilância Epidemiológica de Balneário Camboriú também está recebendo os ‘cruzeiristas’ e se necessário aplicando vacinas.

“O nosso Dia D, que aconteceu recentemente, foi um sucesso exatamente porque fomos para a rua. Dividimos equipes e conseguimos vacinar mais de 600 pessoas. Quanto mais vacinamos, menos casos temos. Quem não se lembra se já se vacinou pode se vacinar novamente, não tem problema. Também vamos fazer ações na rodoviária e vamos intensificar nos hotéis, vacinando quem trabalha diretamente com os turistas, já que somente em São Paulo foram mais de 10 mil casos de sarampo. Nós só tivemos um, que foi importado (pessoa de fora) e a situação foi controlada. População imunizada não transmite”, completa.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade