Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Perguntas & respostas sobre o "novo" Hospital Municipal Ruth Cardoso

Sexta, 9/8/2019 21:10.
Divulgação PMBC
O prefeito Fabrício anunciando as mudanças no hospital.

Publicidade

Informações fornecidas pela assessoria de comunicação da prefeitura:

Após o anúncio da administração municipal, a respeito das mudanças que ocorrerão no atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC), muitas dúvidas dos cidadãos surgiram nas redes sociais. As mudanças ocorrerão após 150 dias e visam garantir o bom atendimento aos pacientes e manter a qualidade necessária no serviço dos que procuram o hospital. Abaixo, confira as principais dúvidas e respostas, acerca do tema:

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

Quais as melhorias que o novo sistema de atendimento proporcionará?

1- Atendimento certo no lugar certo: Mais qualidade no atendimento de urgência e emergência com duas portas a mais – UPA do Nações e PA do Municípios, além do PA da Barra.

2- Maior vazão às cirurgias eletivas que hoje se encontram represadas.

3- Adequação da capacidade física do HMRC ao fluxo de atendimento para o qual foi projetado.

4- Redução das filas de espera nos prontos atendimentos em razão do aumento no número de portas.

5- Maior resolução dos casos devido a agilização do sistema de atendimento.

6- Aumento da oferta de atendimento de urgência e emergência no Município.

7- Essa é uma medida de proteção à Vida.


O Pronto Socorro do Hospital vai fechar?

- O Hospital Ruth Cardoso adotará sistema de atendimento referenciado. O novo sistema de atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC) passa a vigorar em cinco meses e deve aliviar a superlotação crescente que supera em muito a estrutura que o hospital oferece. O objetivo principal da mudança é garantir o bom atendimento aos pacientes e manter a qualidade necessária no serviço dos que procuram o hospital. O Pronto Socorro fecha, mas o município ganhará mais duas unidades de Atendimento 24 horas, além da existente na Barra. Será aberto Um Pronto Atendimento no Bairro dos Municípios e a Upa das Nações, que receberão cidadãos de qualquer lugar, 24 horas.

Como serão os atendimentos?

- A partir da aplicação do novo sistema, os atendimentos no Ruth Cardoso virão de encaminhamentos feitos pelas Unidades Básicas de Saúde ou Unidades de Pronto Atendimento 24 horas.

Quando isso vai acontecer?

- Dentro de 150 dias.

Como será o atendimento dos pacientes com o fechamento do Pronto Socorro do Ruth?

- Os pacientes de Balneário Camboriú serão atendidos pelas Unidades Básicas de Saúdes, inclusive quatro delas possuem horário estendido até as 22h, e os casos de urgência e emergência serão atendidos nas novas Unidades de Pronto Atendimento do Bairro dos Municípios e do Bairro Nações e no PA da Barra como é feito hoje.

E os turistas e moradores de outras cidades?

Os turistas e moradores de outras cidades serão atendidos na UPA das Nações e nos PA’s da Barra e dos Municípios. Se eles precisarem de cirurgia/internação serão encaminhados para os hospitais regionais de referência.

E a maternidade não vai atender mais pacientes de outras cidades?

O Município irá avaliar se manterá os atendimentos do centro obstétrico e maternidade para os pacientes de cidades vizinhas. Neste primeiro momento estão mantidos todos os atendimentos.

Porque essa medida foi tomada?

- Devido a constante superlotação do hospital. O Ruth Cardoso tem 117 leitos e capacidade para atender a população da cidade, que tem cerca de 135 mil habitantes. Porém está atendendo pacientes de toda a microrregião, cerca de 300 mil habitantes. Essa é uma medida de proteção à Vida.

- Só nos dois últimos meses, a superpopulação já causou o fechamento da sala de emergência do Pronto Socorro do hospital 12 vezes, e da UTI neonatal 2 vezes. O hospital trabalha acima do limite, e a tendência observada é de aumento cada vez maior desse fluxo de pacientes de toda a nossa microrregião para o Ruth Cardoso.

Sou de Balneário Camboriú e meu filho caiu e quebrou um pé, para onde vou então?

- Para a UPA das Nações e ou nos PA’s da Barra e dos Municípios.

Sou de Camboriú e estou tendo um mal estar e preciso de atendimento médico no final de SEMANA. Num caso como esse eu iria para o PS, mas após essa medida para qual local devo ir?

Todas as pessoas, independente de qual cidade, serão recebidos e estabilizados tanto no PA da Barra ou nas novas Upas do Nações ou Municípios.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação PMBC
O prefeito Fabrício anunciando as mudanças no hospital.
O prefeito Fabrício anunciando as mudanças no hospital.

Perguntas & respostas sobre o "novo" Hospital Municipal Ruth Cardoso

Publicidade

Sexta, 9/8/2019 21:10.

Informações fornecidas pela assessoria de comunicação da prefeitura:

Após o anúncio da administração municipal, a respeito das mudanças que ocorrerão no atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC), muitas dúvidas dos cidadãos surgiram nas redes sociais. As mudanças ocorrerão após 150 dias e visam garantir o bom atendimento aos pacientes e manter a qualidade necessária no serviço dos que procuram o hospital. Abaixo, confira as principais dúvidas e respostas, acerca do tema:

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

Quais as melhorias que o novo sistema de atendimento proporcionará?

1- Atendimento certo no lugar certo: Mais qualidade no atendimento de urgência e emergência com duas portas a mais – UPA do Nações e PA do Municípios, além do PA da Barra.

2- Maior vazão às cirurgias eletivas que hoje se encontram represadas.

3- Adequação da capacidade física do HMRC ao fluxo de atendimento para o qual foi projetado.

4- Redução das filas de espera nos prontos atendimentos em razão do aumento no número de portas.

5- Maior resolução dos casos devido a agilização do sistema de atendimento.

6- Aumento da oferta de atendimento de urgência e emergência no Município.

7- Essa é uma medida de proteção à Vida.


O Pronto Socorro do Hospital vai fechar?

- O Hospital Ruth Cardoso adotará sistema de atendimento referenciado. O novo sistema de atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC) passa a vigorar em cinco meses e deve aliviar a superlotação crescente que supera em muito a estrutura que o hospital oferece. O objetivo principal da mudança é garantir o bom atendimento aos pacientes e manter a qualidade necessária no serviço dos que procuram o hospital. O Pronto Socorro fecha, mas o município ganhará mais duas unidades de Atendimento 24 horas, além da existente na Barra. Será aberto Um Pronto Atendimento no Bairro dos Municípios e a Upa das Nações, que receberão cidadãos de qualquer lugar, 24 horas.

Como serão os atendimentos?

- A partir da aplicação do novo sistema, os atendimentos no Ruth Cardoso virão de encaminhamentos feitos pelas Unidades Básicas de Saúde ou Unidades de Pronto Atendimento 24 horas.

Quando isso vai acontecer?

- Dentro de 150 dias.

Como será o atendimento dos pacientes com o fechamento do Pronto Socorro do Ruth?

- Os pacientes de Balneário Camboriú serão atendidos pelas Unidades Básicas de Saúdes, inclusive quatro delas possuem horário estendido até as 22h, e os casos de urgência e emergência serão atendidos nas novas Unidades de Pronto Atendimento do Bairro dos Municípios e do Bairro Nações e no PA da Barra como é feito hoje.

E os turistas e moradores de outras cidades?

Os turistas e moradores de outras cidades serão atendidos na UPA das Nações e nos PA’s da Barra e dos Municípios. Se eles precisarem de cirurgia/internação serão encaminhados para os hospitais regionais de referência.

E a maternidade não vai atender mais pacientes de outras cidades?

O Município irá avaliar se manterá os atendimentos do centro obstétrico e maternidade para os pacientes de cidades vizinhas. Neste primeiro momento estão mantidos todos os atendimentos.

Porque essa medida foi tomada?

- Devido a constante superlotação do hospital. O Ruth Cardoso tem 117 leitos e capacidade para atender a população da cidade, que tem cerca de 135 mil habitantes. Porém está atendendo pacientes de toda a microrregião, cerca de 300 mil habitantes. Essa é uma medida de proteção à Vida.

- Só nos dois últimos meses, a superpopulação já causou o fechamento da sala de emergência do Pronto Socorro do hospital 12 vezes, e da UTI neonatal 2 vezes. O hospital trabalha acima do limite, e a tendência observada é de aumento cada vez maior desse fluxo de pacientes de toda a nossa microrregião para o Ruth Cardoso.

Sou de Balneário Camboriú e meu filho caiu e quebrou um pé, para onde vou então?

- Para a UPA das Nações e ou nos PA’s da Barra e dos Municípios.

Sou de Camboriú e estou tendo um mal estar e preciso de atendimento médico no final de SEMANA. Num caso como esse eu iria para o PS, mas após essa medida para qual local devo ir?

Todas as pessoas, independente de qual cidade, serão recebidos e estabilizados tanto no PA da Barra ou nas novas Upas do Nações ou Municípios.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade