Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Esperança no combate ao câncer: novos medicamentos estão em teste em Itajaí
Sexta, 30/8/2019 15:44.

Divulgação.
Frederico é o coordenador da pesquisa

Publicidade

A inovação no tratamento do câncer é tema central das pesquisas do Centro de Novos Tratamentos (CNT) de Itajaí. Pesquisas recentes mostram o pioneirismo da imunoterapia, onde os medicamentos usam do sistema imunológico para destruir células cancerígenas. Um estudo publicado neste mês pelo site Medscape aponta que pacientes com câncer avançado que usam a imunoterapia apresentam até o momento sobrevida de 5 anos.

O estudo mostrou o aumento na sobrevida dos pacientes em 34% das pessoas com diagnóstico de melanoma, 28% dos casos de câncer de bexiga e 16% dos pacientes com câncer de pulmão.

Outra novidade é que atualmente cientistas trabalham com a combinação da quimioterapia e da imunoterapia, em busca de tratamentos menos agressivos e mais eficazes. Utilizada principalmente em câncer de próstata, bexiga, pulmão e mama, a técnica surge como uma revolução no tratamento do câncer, que chega no Brasil através da pesquisa clínica.

Por se tratar de um projeto de pesquisa, quem participa recebe o tratamento gratuitamente. Tanto as consultas médicas, exames e medicações que são utilizadas relacionadas ao estudo, serão fornecidas pelo patrocinador da pesquisa.

“O estudo clínico é uma forma democrática de se fornecer um tratamento. Porque tanto pessoas com alto poder aquisitivo, quanto pessoas com menor renda estarão participando de um mesmo projeto, recebendo os mesmos tratamentos e realizando exames”, ressalta Frederico Pesce, Biomédico e Coordenador de Pesquisa Clínica do Centro de Novos Tratamentos de Itajaí.

Caso você conheça pacientes com câncer de mama, de bexiga, próstata, colo de útero e pulmão, pode entrar em contato com o serviço para ser discutido e participar desses programas de acesso a tratamentos inovadores.

Cadastre-se no banco de dados do Centro de Novos Tratamentos pelo telefone (47) 99902-0028 e por e-mail: frederico@oncologiasc.com.br


Fonte: MultimidiaSC

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

Susana, atleta da seleção brasileira, sofreu constrangimento domingo


 Balneário Camboriú registrou seis suicídios esse ano



Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Cidade

Susana, atleta da seleção brasileira, sofreu constrangimento domingo


Cidade

 Balneário Camboriú registrou seis suicídios esse ano


Geral


Economia

Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


Variedades

 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Esperança no combate ao câncer: novos medicamentos estão em teste em Itajaí

Divulgação.
Frederico é o coordenador da pesquisa
Frederico é o coordenador da pesquisa

Publicidade

Sexta, 30/8/2019 15:44.

A inovação no tratamento do câncer é tema central das pesquisas do Centro de Novos Tratamentos (CNT) de Itajaí. Pesquisas recentes mostram o pioneirismo da imunoterapia, onde os medicamentos usam do sistema imunológico para destruir células cancerígenas. Um estudo publicado neste mês pelo site Medscape aponta que pacientes com câncer avançado que usam a imunoterapia apresentam até o momento sobrevida de 5 anos.

O estudo mostrou o aumento na sobrevida dos pacientes em 34% das pessoas com diagnóstico de melanoma, 28% dos casos de câncer de bexiga e 16% dos pacientes com câncer de pulmão.

Outra novidade é que atualmente cientistas trabalham com a combinação da quimioterapia e da imunoterapia, em busca de tratamentos menos agressivos e mais eficazes. Utilizada principalmente em câncer de próstata, bexiga, pulmão e mama, a técnica surge como uma revolução no tratamento do câncer, que chega no Brasil através da pesquisa clínica.

Por se tratar de um projeto de pesquisa, quem participa recebe o tratamento gratuitamente. Tanto as consultas médicas, exames e medicações que são utilizadas relacionadas ao estudo, serão fornecidas pelo patrocinador da pesquisa.

“O estudo clínico é uma forma democrática de se fornecer um tratamento. Porque tanto pessoas com alto poder aquisitivo, quanto pessoas com menor renda estarão participando de um mesmo projeto, recebendo os mesmos tratamentos e realizando exames”, ressalta Frederico Pesce, Biomédico e Coordenador de Pesquisa Clínica do Centro de Novos Tratamentos de Itajaí.

Caso você conheça pacientes com câncer de mama, de bexiga, próstata, colo de útero e pulmão, pode entrar em contato com o serviço para ser discutido e participar desses programas de acesso a tratamentos inovadores.

Cadastre-se no banco de dados do Centro de Novos Tratamentos pelo telefone (47) 99902-0028 e por e-mail: frederico@oncologiasc.com.br


Fonte: MultimidiaSC

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques

Susana, atleta da seleção brasileira, sofreu constrangimento domingo


 Balneário Camboriú registrou seis suicídios esse ano



Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município