Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Movimento Popular Pró-Hemosc é apresentado para os vereadores

Quinta, 29/8/2019 8:04.
Divulgação.
Irivane Maria da Costa e Gloria Maria Dal Castel, do Movimento com vereadores

Publicidade

Representantes do Movimento Popular Pró-Hemosc realizaram encontro com vereadores de Camboriú esta semana, para falar sobre a campanha que realiza nas redes sociais com o objetivo de trazer um Hemocentro para a região da Amfri.

A coordenadora do movimento, Gloria Maria Dal Castel explicou aos presentes a importância de um Hemocentro para atender a região e apresentou um site onde estão sendo cadastrados os doadores, que atualmente precisam se deslocar para Florianópolis ou Blumenau, se quiserem doar sangue.

Hoje os registros passam de dois mil, mas a meta é atingir 30 mil cadastrados e com apoio dos vereadores, o movimento ganha ainda mais força.

Atualmente, o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc), que fica em Florianópolis, passou a ser Hemocentro coordenador e conta com seis unidades auxiliares situadas nas cidades de: Lages, Joaçaba, Chapecó, Criciúma, Joinville e Blumenau. Nos sete pontos, o primeiro semestre de 2019 contabilizou 64.069 doadores cadastrados.

O Movimento Pró-Hemosc batalha para trazer uma unidade para a região, a fim de facilitar a coleta de sangue dos doadores, que antes contavam com o ônibus do Hemosc e uma sala de coleta na Univali, mas que foram retirados por conta dos altos custos para manter os serviços.

Reunião em Itajaí

Por Luana Lemke

A Comissão de Direitos Humanos da OAB de Itajaí convida a população para uma reunião na próxima segunda-feira (2), às 19h, na sede da OAB em Itajaí, para apoiar a campanha que o Movimento Pró Hemosc realiza.

A ideia surgiu a partir do caso da professora Márcia Cristina de Jesus que foi diagnosticada com leucemia aguda, no mês de janeiro e precisou de doação de sangue com urgência.

“Foi uma corrida a favor da vida de Márcia para conquistar doadores. Felizmente nosso povo é solidário, e entre caronas e colaboradores garantimos que não faltasse o sangue. Entretanto consideramos injusto que em uma população regional de mais de 600 mil habitantes, não ter um Hemosc que atendesse a demanda de doadores,” lembrou a amiga e uma das idealizadoras da campanha, Gloria Maria Dal Castel.

Por alguns sábados essa foi a rotina de Gloria e voluntários: o transporte de doadores para Blumenau. Com isso, em março iniciou-se o Movimento Popular Pró HEMOSC da Região de Itajaí.

Casos como esse são recorrentes na região e fazem com que algumas pessoas deixem de doar por conta da distância, disponibilidade de tempo e até desconhecimento dos procedimentos que envolvem a doação de sangue.

Para a presidente da Comissão, Anna Kleine Neves, a região tem uma demanda significativa que precisa ser levada em consideração.

“É dever de todos incentivar a população, pois doar sangue é um ato solidário, de amor ao próximo e que pode salvar a vida de muitas pessoas, ” ressalta.

Serviço

O QUE: Debate Pró Vida Hemosc Itajaí

QUANDO: 2 de setembro de 2019 – 19h

ONDE: Sede da OAB Subseção Itajaí, Ver. José Carlos Mendonça, 100 - Carvalho, Itajaí – ao lado da pista de atletismo da cidade.

Conheça mais sobre o movimento acessando o site: www.movimentohemosc.com.br.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação.
Irivane Maria da Costa e Gloria Maria Dal Castel, do Movimento com vereadores
Irivane Maria da Costa e Gloria Maria Dal Castel, do Movimento com vereadores

Movimento Popular Pró-Hemosc é apresentado para os vereadores

Publicidade

Quinta, 29/8/2019 8:04.

Representantes do Movimento Popular Pró-Hemosc realizaram encontro com vereadores de Camboriú esta semana, para falar sobre a campanha que realiza nas redes sociais com o objetivo de trazer um Hemocentro para a região da Amfri.

A coordenadora do movimento, Gloria Maria Dal Castel explicou aos presentes a importância de um Hemocentro para atender a região e apresentou um site onde estão sendo cadastrados os doadores, que atualmente precisam se deslocar para Florianópolis ou Blumenau, se quiserem doar sangue.

Hoje os registros passam de dois mil, mas a meta é atingir 30 mil cadastrados e com apoio dos vereadores, o movimento ganha ainda mais força.

Atualmente, o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc), que fica em Florianópolis, passou a ser Hemocentro coordenador e conta com seis unidades auxiliares situadas nas cidades de: Lages, Joaçaba, Chapecó, Criciúma, Joinville e Blumenau. Nos sete pontos, o primeiro semestre de 2019 contabilizou 64.069 doadores cadastrados.

O Movimento Pró-Hemosc batalha para trazer uma unidade para a região, a fim de facilitar a coleta de sangue dos doadores, que antes contavam com o ônibus do Hemosc e uma sala de coleta na Univali, mas que foram retirados por conta dos altos custos para manter os serviços.

Reunião em Itajaí

Por Luana Lemke

A Comissão de Direitos Humanos da OAB de Itajaí convida a população para uma reunião na próxima segunda-feira (2), às 19h, na sede da OAB em Itajaí, para apoiar a campanha que o Movimento Pró Hemosc realiza.

A ideia surgiu a partir do caso da professora Márcia Cristina de Jesus que foi diagnosticada com leucemia aguda, no mês de janeiro e precisou de doação de sangue com urgência.

“Foi uma corrida a favor da vida de Márcia para conquistar doadores. Felizmente nosso povo é solidário, e entre caronas e colaboradores garantimos que não faltasse o sangue. Entretanto consideramos injusto que em uma população regional de mais de 600 mil habitantes, não ter um Hemosc que atendesse a demanda de doadores,” lembrou a amiga e uma das idealizadoras da campanha, Gloria Maria Dal Castel.

Por alguns sábados essa foi a rotina de Gloria e voluntários: o transporte de doadores para Blumenau. Com isso, em março iniciou-se o Movimento Popular Pró HEMOSC da Região de Itajaí.

Casos como esse são recorrentes na região e fazem com que algumas pessoas deixem de doar por conta da distância, disponibilidade de tempo e até desconhecimento dos procedimentos que envolvem a doação de sangue.

Para a presidente da Comissão, Anna Kleine Neves, a região tem uma demanda significativa que precisa ser levada em consideração.

“É dever de todos incentivar a população, pois doar sangue é um ato solidário, de amor ao próximo e que pode salvar a vida de muitas pessoas, ” ressalta.

Serviço

O QUE: Debate Pró Vida Hemosc Itajaí

QUANDO: 2 de setembro de 2019 – 19h

ONDE: Sede da OAB Subseção Itajaí, Ver. José Carlos Mendonça, 100 - Carvalho, Itajaí – ao lado da pista de atletismo da cidade.

Conheça mais sobre o movimento acessando o site: www.movimentohemosc.com.br.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade