Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ministra Damares Alves vem a Balneário Camboriú para o lançamento do Programa Viver
José Cruz/Agência Brasil
Ministra Damares Alves

Quinta, 11/4/2019 10:53.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) Damares Alves estará em Balneário Camboriú no próximo dia 25, para o lançamento do Programa Viver - Envelhecimento Ativo e Saudável. A secretária da Inclusão Social, Christina Barrichelo explicou que o programa é uma extensão do Telecentro, que foi ampliado e que o governo federal lançará inicialmente em cinco cidades brasileiras, Brasília/DF, Betim/MG, Formiga/MG, Parnamirim/RN e Balneário Camboriú/SC.

“O programa quer oportunizar um envelhecimento com qualidade, através de cursos, palestras e debates voltados à inclusão tecnológica, a alfabetização, educação financeira, processo de envelhecimento, enfatizando sempre a prevenção e ainda disponibilizar aos idosos atividades físicas e recreativas”, explicou a secretária.

Ela informou que a ministra aproveitará a ocasião para conhecer alguns projetos sociais que estão acontecendo na secretaria da Inclusão Social.

Nesta terça-feira (2), a Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), realizou o primeiro Curso de Capacitação do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável, em Brasília. A atividade foi voltada para representantes dos cinco primeiros municipios selecionados para a implantação do programa piloto.

Balneário Camboriú esteve representada por Mikaeli Ross, diretora da secretaria da Inclusão Social.

Em Brasília

Christina Barrichello foi convidada para participar da programação dos 100 dias do governo Bolsonaro, nesta quinta-feira (11), em Brasília.

Na ocasião, o governo lançará um programa de prevenção ao suicídio e mutilação de jovens, no qual Christina faz parte de uma comissão.

“O ministério também solicitou um aconselhamento ao programa ‘Acolha a Vida’, semelhante ao nosso programa Abraço à Vida, que será lançado no país”, disse a secretária, antes de embarcar para Brasília.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ministra Damares Alves vem a Balneário Camboriú para o lançamento do Programa Viver

José Cruz/Agência Brasil
Ministra Damares Alves
Ministra Damares Alves

Publicidade

Quinta, 11/4/2019 10:53.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) Damares Alves estará em Balneário Camboriú no próximo dia 25, para o lançamento do Programa Viver - Envelhecimento Ativo e Saudável. A secretária da Inclusão Social, Christina Barrichelo explicou que o programa é uma extensão do Telecentro, que foi ampliado e que o governo federal lançará inicialmente em cinco cidades brasileiras, Brasília/DF, Betim/MG, Formiga/MG, Parnamirim/RN e Balneário Camboriú/SC.

“O programa quer oportunizar um envelhecimento com qualidade, através de cursos, palestras e debates voltados à inclusão tecnológica, a alfabetização, educação financeira, processo de envelhecimento, enfatizando sempre a prevenção e ainda disponibilizar aos idosos atividades físicas e recreativas”, explicou a secretária.

Ela informou que a ministra aproveitará a ocasião para conhecer alguns projetos sociais que estão acontecendo na secretaria da Inclusão Social.

Nesta terça-feira (2), a Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), realizou o primeiro Curso de Capacitação do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável, em Brasília. A atividade foi voltada para representantes dos cinco primeiros municipios selecionados para a implantação do programa piloto.

Balneário Camboriú esteve representada por Mikaeli Ross, diretora da secretaria da Inclusão Social.

Em Brasília

Christina Barrichello foi convidada para participar da programação dos 100 dias do governo Bolsonaro, nesta quinta-feira (11), em Brasília.

Na ocasião, o governo lançará um programa de prevenção ao suicídio e mutilação de jovens, no qual Christina faz parte de uma comissão.

“O ministério também solicitou um aconselhamento ao programa ‘Acolha a Vida’, semelhante ao nosso programa Abraço à Vida, que será lançado no país”, disse a secretária, antes de embarcar para Brasília.

Publicidade

Publicidade