Jornal Página 3
Saúde
Balneário Camboriú registrou caso de meningite meningocócica
Sexta, 21/9/2018 14:30.

Divulgação PMBC

Publicidade

Esta semana o vereador Joceli Nazari (PPS) fez um pronunciamento na Câmara de Vereadores alertando sobre supostos de casos de meningite na cidade. Segundo a Secretaria de Saúde se trata de um caso isolado e não há motivo para alerta.

A assessoria da Saúde informou que um caso foi atendido no Hospital Ruth Cardoso e encaminhado para tratamento especializado no Hospital Nereu Ramos, na capital.

Ontem a secretaria recebeu o resultado do exame que havia sido enviado ao Laboratório Central (LACEN), confirmando meningite meningocócica. Este é um tipo raro de meningite, causado por uma bactéria, que provoca inflamação grave das membranas que cobrem o cérebro.

“A Secretaria de Saúde já levou o medicamento de quimioprofilaxia para os comunicantes e está monitorando o caso”, declarou a Saúde ao Página 3.

De acordo com a secretária de Saúde, Andressa Hadad, trata-se de um caso isolado e não há suspeita de surto.


Dados do Ministério da Saúde:

Sintomas

Os principais sinais e sintomas são: febre, dor de cabeça, vômitos, náuseas, rigidez de nuca e/ou manchas vermelhas na pele.

Diagnóstico

Em crianças menores de um ano de idade, os sintomas podem não ser tão evidentes. Por isso, é necessário ter atenção para a presença de moleira tensa ou elevada, irritabilidade, inquietação com choro agudo e persistente, além de rigidez corporal com ou sem convulsões.

Transmissão

Em geral, a transmissão é de pessoa a pessoa, através das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta.

A transmissão fecal-oral é de grande importância para a meningite viral, principalmente, nas infecções por enterovírus.

Prevenção

Além da ida rápida aos serviços de saúde ao se perceber os sinais e sintomas sugestivos de meningite, a prevenção da doença conta com a quimioprofilaxia dos contatos próximos e a vacinação.

A quimioprofilaxia está indicada SOMENTE para os contatos próximos dos casos suspeitos de Doença Meningocócica e meningite por Haemophilus influenzae tipo b.

Outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

A vacinação é considerada a forma mais eficaz na prevenção da doença, e as vacinas contra as bactérias são sorogrupo ou sorotipo especificas. No calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização estão disponíveis:

  • a vacina Pentavalente: protege contra as infecções invasivas causadas pelo H. influenzae do sorotipo b, entre elas a meningite. Esta vacina também confere proteção contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.
  • a vacina Pneumocócica 10 valente conjugada: protege contra as infecções invasivas, entre elas a meningite, causadas por dez sorotipos do S. pneumoniae.
  • a vacina Meningocócica C conjugada: protege contra a doença meningocócica causada pela N. meningitidis sorogrupo C.
  • a vacina BCG: protege contra as formas graves de tuberculose (miliar e meníngea).

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Cidade

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Economia

Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


Variedades

 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Variedades


Policia

 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


Política

 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário Camboriú registrou caso de meningite meningocócica

Divulgação PMBC

Publicidade

Sexta, 21/9/2018 14:30.

Esta semana o vereador Joceli Nazari (PPS) fez um pronunciamento na Câmara de Vereadores alertando sobre supostos de casos de meningite na cidade. Segundo a Secretaria de Saúde se trata de um caso isolado e não há motivo para alerta.

A assessoria da Saúde informou que um caso foi atendido no Hospital Ruth Cardoso e encaminhado para tratamento especializado no Hospital Nereu Ramos, na capital.

Ontem a secretaria recebeu o resultado do exame que havia sido enviado ao Laboratório Central (LACEN), confirmando meningite meningocócica. Este é um tipo raro de meningite, causado por uma bactéria, que provoca inflamação grave das membranas que cobrem o cérebro.

“A Secretaria de Saúde já levou o medicamento de quimioprofilaxia para os comunicantes e está monitorando o caso”, declarou a Saúde ao Página 3.

De acordo com a secretária de Saúde, Andressa Hadad, trata-se de um caso isolado e não há suspeita de surto.


Dados do Ministério da Saúde:

Sintomas

Os principais sinais e sintomas são: febre, dor de cabeça, vômitos, náuseas, rigidez de nuca e/ou manchas vermelhas na pele.

Diagnóstico

Em crianças menores de um ano de idade, os sintomas podem não ser tão evidentes. Por isso, é necessário ter atenção para a presença de moleira tensa ou elevada, irritabilidade, inquietação com choro agudo e persistente, além de rigidez corporal com ou sem convulsões.

Transmissão

Em geral, a transmissão é de pessoa a pessoa, através das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta.

A transmissão fecal-oral é de grande importância para a meningite viral, principalmente, nas infecções por enterovírus.

Prevenção

Além da ida rápida aos serviços de saúde ao se perceber os sinais e sintomas sugestivos de meningite, a prevenção da doença conta com a quimioprofilaxia dos contatos próximos e a vacinação.

A quimioprofilaxia está indicada SOMENTE para os contatos próximos dos casos suspeitos de Doença Meningocócica e meningite por Haemophilus influenzae tipo b.

Outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

A vacinação é considerada a forma mais eficaz na prevenção da doença, e as vacinas contra as bactérias são sorogrupo ou sorotipo especificas. No calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização estão disponíveis:

  • a vacina Pentavalente: protege contra as infecções invasivas causadas pelo H. influenzae do sorotipo b, entre elas a meningite. Esta vacina também confere proteção contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.
  • a vacina Pneumocócica 10 valente conjugada: protege contra as infecções invasivas, entre elas a meningite, causadas por dez sorotipos do S. pneumoniae.
  • a vacina Meningocócica C conjugada: protege contra a doença meningocócica causada pela N. meningitidis sorogrupo C.
  • a vacina BCG: protege contra as formas graves de tuberculose (miliar e meníngea).

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito