Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
30 de outubro: Dia Nacional de luta contra o Reumatismo

Você sabia que o reumatismo não é um tipo de doença?

Segunda, 29/10/2018 9:43.

Publicidade

A Sociedade Catarinense de Reumatologia (SCR) chama a atenção para este dia 30 de outubro, marcado pelo Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo.

Diferente do que muitos pensam, o reumatismo não é um tipo de doença, e sim o nome de um conjunto de mais de 120 patologias reumatológicas. Entre as mais populares e com maior número de casos, estão a artrite reumatoide, a osteoporose, a artrose e a tendinite.

O diagnóstico precoce e feito pelo médico especialista na área, o reumatologista, é de grande importância para evitar deformidades e limitações dos movimentos articulares.

"Há pesquisas que comprovam que o paciente geralmente passa por três médicos, em média, até o diagnóstico correto. Esse 'caminho' até o reumatologista normalmente começa no clínico geral ou ortopedista, e pode levar até três anos", alerta a médica Mara Suzana Cerentini Loreto, Presidente da SCR.

Fonte: Atré Comunicação Personalizada


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

30 de outubro: Dia Nacional de luta contra o Reumatismo

Publicidade

Segunda, 29/10/2018 9:43.

A Sociedade Catarinense de Reumatologia (SCR) chama a atenção para este dia 30 de outubro, marcado pelo Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo.

Diferente do que muitos pensam, o reumatismo não é um tipo de doença, e sim o nome de um conjunto de mais de 120 patologias reumatológicas. Entre as mais populares e com maior número de casos, estão a artrite reumatoide, a osteoporose, a artrose e a tendinite.

O diagnóstico precoce e feito pelo médico especialista na área, o reumatologista, é de grande importância para evitar deformidades e limitações dos movimentos articulares.

"Há pesquisas que comprovam que o paciente geralmente passa por três médicos, em média, até o diagnóstico correto. Esse 'caminho' até o reumatologista normalmente começa no clínico geral ou ortopedista, e pode levar até três anos", alerta a médica Mara Suzana Cerentini Loreto, Presidente da SCR.

Fonte: Atré Comunicação Personalizada


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade