Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Todos os postos de saúde de Balneário Camboriú aplicarão vacina contra febre amarela

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

EBC.

Quinta, 18/1/2018 17:46.

A partir desta sexta-feira (19) todas as unidades de saúde de Balneário Camboriú aplicarão a vacina contra febre amarela. Até então ela era aplicada somente na unidade central. Mas nos últimos dias, de 12 a 17 deste mês, o posto Central aplicou 780 doses, quando normalmente aplicava 50 por semana.

A demanda aumentou muito em função dos casos da doença registrados em São Paulo, Rio e Minas Gerais e por conta disso, a secretaria de Saúde local precisou pedir reforço de doses duas vezes essa semana junto à Regional de Saúde.

Na tarde de hoje a secretária da Saúde, Andressa Hadad, informou que um caso de febre amarela importada chegou a Balneário Camboriú, mas segundo ela a situação teria sido resolvida.

Após a publicação da reportagem a prefeitura corrigiu, tratava-se de dengue e não febre amarela.

A transmissão

O período de transmissibilidade inicia de 24 a 48h antes que apareçam os sintomas e vai de três a cinco dias depois do início destes sintomas. Este é o período em que o homem pode infectar os mosquitos transmissores. O mosquito após ter sido infectado é capaz de transmitir a doença por toda a sua vida.

Quem precisa

A secretária reforça que a vacina só é indicada para quem vai viajar para alguma região brasileira ou do exterior onde há registros da doença ou para ambientes rurais/silvestres. Segundo Andressa, o aumento na procura esta semana se deu por dois motivos: muitos turistas que vão voltar para São Paulo ou Rio de Janeiro estão vacinando aqui e moradores preocupados querendo se prevenir.

“Não somos área de risco”, reforçou.

Somente quem for viajar para o exterior terá que vacinar no posto Central, único local que emite o Certificado Internacional de Vacinação.

Para isso, a pessoa tem que apresentar o comprovante de viagem e também acessar o site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para realizar um cadastro. Somente moradores de Balneário Camboriú poderão solicitar o Certificado Internacional de Vacinação na cidade.

Quem já se vacinou

Quem já foi vacinado pelo menos uma vez contra a febre amarela não precisa fazer de novo. A avaliação sobre a vacina mostrou que uma única dose é suficiente para proteger contra a transmissão.

Até alguns anos atrás, a recomendação era de que a vacina fosse renovada de dez em dez anos, mas em 2014 a Organização Mundial da Saúde (OMS) mudou sua orientação quando conclui que o reforço da dose não é necessário para manter a proteção contra a doença. No início de 2017 o Brasil adotou a recomendação da OMS.

Quem não pode

O imunizante contra a febre amarela possui o vírus vivo atenuado, que desaparece do organismo três semanas após a vacinação. Mas em determinados grupos de pacientes, como aqueles que estão com o sistema imunológico debilitado ou que têm alergias a elementos do ovo, a imunização pode causar problemas graves.

Por isso, a vacina contra febre amarela não é indicada para:

*gestantes ou mulheres amamentando um bebê com menos de seis meses;

*idosos (somente com recomendação médica);

*pacientes em radioterapia, quimioterapia ou fazendo uso de corticoide, portadores de doenças autoimunes, como lúpus, doença de Addison e artrite reumatoide, são contraindicados a receber a vacina.

*diabéticos com altos níveis de açúcar no sangue precisam se consultar com um médico antes de se vacinar.

*crianças até nove meses.

Sobre a doença

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

Em Santa Catarina 192 municípios do interior do estado possuem recomendação de vacinação contra a febre amarela.

Mais informações: 3363.4170. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade