Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Governo libera R$ 3 milhões para combater surto de sarampo no Amazonas

Terça, 28/8/2018 11:09.

(FOLHAPRESS)

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (28) portaria que autoriza o repasse de R$ 3 milhões em recursos do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Estadual de Saúde do Amazonas, para combate ao surto de Sarampo no estado. As informações são da Agência Brasil.

O repasse será alocado no Grupo de Vigilância em Saúde para a implementação de ações de vigilância epidemiológica, laboratorial, imunizações e educação em saúde.

Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e no Amazonas. Até o último dia 21, foram confirmados 1.087 casos no Amazonas, enquanto 6.693 permanecem em investigação.

Já Roraima confirmou 300 casos da doença e 67 continuam em investigação.

Há ainda, de acordo com o Ministério da Saúde, casos isolados e relacionados à importação nos seguintes estados: São Paulo (2), Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), Rondônia (1), Pernambuco (2) e Pará (2).

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Governo libera R$ 3 milhões para combater surto de sarampo no Amazonas

Publicidade

Terça, 28/8/2018 11:09.

(FOLHAPRESS)

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (28) portaria que autoriza o repasse de R$ 3 milhões em recursos do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Estadual de Saúde do Amazonas, para combate ao surto de Sarampo no estado. As informações são da Agência Brasil.

O repasse será alocado no Grupo de Vigilância em Saúde para a implementação de ações de vigilância epidemiológica, laboratorial, imunizações e educação em saúde.

Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e no Amazonas. Até o último dia 21, foram confirmados 1.087 casos no Amazonas, enquanto 6.693 permanecem em investigação.

Já Roraima confirmou 300 casos da doença e 67 continuam em investigação.

Há ainda, de acordo com o Ministério da Saúde, casos isolados e relacionados à importação nos seguintes estados: São Paulo (2), Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), Rondônia (1), Pernambuco (2) e Pará (2).

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade