Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Carne estragada é apreendida em comércio dos gideões

Consumidores podem denunciar casos suspeitos

Sexta, 27/4/2018 14:17.
Divulgação

Publicidade

A Prefeitura de Camboriú divulgou que fiscais da Vigilância Sanitária apreenderam nesta quinta-feira 30 quilos de carne estragada em um comércio temporário montado para os gideões.

Segundo o município, os alimentos estavam em estado de decomposição. A carne, que era armazenada sem refrigeração, era usada para produção de espetinhos.

Foi um cliente que desconfiou da qualidade do produto e denunciou o caso aos fiscais.

“Lá, constataram o estado dos produtos e realizaram o recolhimento. O dono foi penalizado com um auto de infração, recebeu orientações de higiene e está proibido de comercializar espetinhos durante o congresso”, explica a diretora da Vigilância Sanitária de Camboriú, Josiane Farias.

Quem perceber irregularidades na comercialização de alimentos pode entrar em contato com a Vigilância Sanitária. O telefone para denúncias é o (47) 3365-1353; já o de plantão é (47) 9 9925-2924.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Carne estragada é apreendida em comércio dos gideões

Divulgação

Publicidade

Sexta, 27/4/2018 14:17.

A Prefeitura de Camboriú divulgou que fiscais da Vigilância Sanitária apreenderam nesta quinta-feira 30 quilos de carne estragada em um comércio temporário montado para os gideões.

Segundo o município, os alimentos estavam em estado de decomposição. A carne, que era armazenada sem refrigeração, era usada para produção de espetinhos.

Foi um cliente que desconfiou da qualidade do produto e denunciou o caso aos fiscais.

“Lá, constataram o estado dos produtos e realizaram o recolhimento. O dono foi penalizado com um auto de infração, recebeu orientações de higiene e está proibido de comercializar espetinhos durante o congresso”, explica a diretora da Vigilância Sanitária de Camboriú, Josiane Farias.

Quem perceber irregularidades na comercialização de alimentos pode entrar em contato com a Vigilância Sanitária. O telefone para denúncias é o (47) 3365-1353; já o de plantão é (47) 9 9925-2924.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade