Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fórum Regional vai buscar soluções para problemas financeiros da saúde

Sexta, 22/9/2017 11:14.

A direção da ParlaAmfri marcou para o dia 27 de outubro o Fórum Regional da Saúde, para discutir as principais demandas dos três hospitais da região. O foco principal será o de pressionar os governos estadual e federal por mais verbas para os hospitais Ruth Cardoso, Marieta Konder Bornhausen e Pequeno Anjo.

O Fórum foi decidido em reunião realizada nesta quinta (21), na Câmara Municipal de Itajaí, com a participação de representantes das Câmaras de Vereadores da região de Balneário Camboriú, Camboriú, Bombinhas, Navegantes e Itajaí.

A decisão veio com base em um diagnóstico feito em agosto sobre as demandas dos três hospitais. Ele traduziu as necessidades financeiras de cada instituição.

A reunião presidida pelo vereador Omar Tomalih (PSB), de Balneário Camboriú, priorizou a discussão sobre a má distribuição dos recursos estaduais da saúde.

“Se não nos unirmos vamos passar os próximos anos com os mesmos problemas. Nós recebemos diariamente as reclamações do povo em relação a saúde e precisamos debater juntos os problemas, principalmente no que diz respeito aos hospitais”, afirmou Omar Tomalih.

O vereador e presidente da Comissão de Saúde do Legislativo de Itajaí, Otto Quintino Junior exemplificou o problema da distribuição de recursos.

“O hospital de Chapecó tem 280 leitos e recebe mensalmente do Estado R$ 1,8 milhões enquanto o Marieta tem 391 leitos e recebia R$ 600 mil até o mês passado e agora foi autorizado recentemente a receber R$ 1 milhão, o que proporcionalmente é incoerente já que o número de leitos do Marieta é muito maior”, disse.

O vereador Calinho Mecânico falou sobre a necessidade de uma Hemosc regional com ampliação de atendimento.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fórum Regional vai buscar soluções para problemas financeiros da saúde

Publicidade

Sexta, 22/9/2017 11:14.

A direção da ParlaAmfri marcou para o dia 27 de outubro o Fórum Regional da Saúde, para discutir as principais demandas dos três hospitais da região. O foco principal será o de pressionar os governos estadual e federal por mais verbas para os hospitais Ruth Cardoso, Marieta Konder Bornhausen e Pequeno Anjo.

O Fórum foi decidido em reunião realizada nesta quinta (21), na Câmara Municipal de Itajaí, com a participação de representantes das Câmaras de Vereadores da região de Balneário Camboriú, Camboriú, Bombinhas, Navegantes e Itajaí.

A decisão veio com base em um diagnóstico feito em agosto sobre as demandas dos três hospitais. Ele traduziu as necessidades financeiras de cada instituição.

A reunião presidida pelo vereador Omar Tomalih (PSB), de Balneário Camboriú, priorizou a discussão sobre a má distribuição dos recursos estaduais da saúde.

“Se não nos unirmos vamos passar os próximos anos com os mesmos problemas. Nós recebemos diariamente as reclamações do povo em relação a saúde e precisamos debater juntos os problemas, principalmente no que diz respeito aos hospitais”, afirmou Omar Tomalih.

O vereador e presidente da Comissão de Saúde do Legislativo de Itajaí, Otto Quintino Junior exemplificou o problema da distribuição de recursos.

“O hospital de Chapecó tem 280 leitos e recebe mensalmente do Estado R$ 1,8 milhões enquanto o Marieta tem 391 leitos e recebia R$ 600 mil até o mês passado e agora foi autorizado recentemente a receber R$ 1 milhão, o que proporcionalmente é incoerente já que o número de leitos do Marieta é muito maior”, disse.

O vereador Calinho Mecânico falou sobre a necessidade de uma Hemosc regional com ampliação de atendimento.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade