Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Dezembro Vermelho: campanha de combate à Aids começa segunda

Quinta, 23/11/2017 8:48.

Balneário Camboriú participa a partir de segunda-feira (27) da Semana Mundial de Combate à Aids, cujo objetivo principal é atualizar e renovar as informações sobre o vírus e a doença.

No primeiro dia de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, acontecerão ações especiais que o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Balneário Camboriú realizará em parceria com a Construtora Pasqualotto.

Este ano, o Brasil terá pela primeira vez o Dezembro Vermelho (Lei 13.504 aprovada pelo Senado em outubro), com a instituição da Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Em BC

Em Balneário a situação é de alerta porque é crescente. O municipio está entre os prioritários no Estado em números e notificações de HIV/Aids. O CTA realiza cerca de 500 testes por mês. Destes uma média de 15 resultam positivos, a maioria deles de 15 a 29 anos. Atualmente tem 2400 portadores do vírus ou doentes em tratamento, mas quase 300 deles abandonam o tratamento.

A psicóloga Jacheline Hoffmann, coordenadora do CTA, disse que são números preocupantes. Principalmente os de abandono de tratamento, porque quando voltam normalmente a situação já está bem pior.

Para tentar mudar essa realidade, o CTA ampliará seu horário de atendimento à população durante a Semana Mundial. O teste rápido será aplicado das 7h até às 22h., não só para HIV/Aids, mas também para sífilis e hepatites virais. “As pessoas que trabalham podem passar à noite para fazer o teste’, sugeriu.

Também acontecem palestras e ações de informação nas faculdades Avantis e Univali, nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em empresas e postos de saúde.

“Serão palestras informativas e nossa equipe lançou uma campanha sobre a importância do diagnóstico e da adesão ao tratamento. Ainda não sabemos quais as causas do abandono”, disse a coordenadora.

Ela lembrou que o CTA distribui material informativo e preservativos todo o ano no CTA, CISS, Unidades de Saúde, Secretarias, quiosques das praias, Pontal Norte, Barra Sul e casas noturnas.

“Apesar de toda a informação que hoje a população tem sobre a doença, a Aids ainda preocupa, porque as pessoas ainda morrem desta doença”, enfatizou Jacheline.

O CISS e o CTA estão localizados na Rua 2350, n° 560, 2º e 3º piso respectivamente.

Informações: 3363-6741.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Dezembro Vermelho: campanha de combate à Aids começa segunda

Publicidade

Quinta, 23/11/2017 8:48.

Balneário Camboriú participa a partir de segunda-feira (27) da Semana Mundial de Combate à Aids, cujo objetivo principal é atualizar e renovar as informações sobre o vírus e a doença.

No primeiro dia de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, acontecerão ações especiais que o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Balneário Camboriú realizará em parceria com a Construtora Pasqualotto.

Este ano, o Brasil terá pela primeira vez o Dezembro Vermelho (Lei 13.504 aprovada pelo Senado em outubro), com a instituição da Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Em BC

Em Balneário a situação é de alerta porque é crescente. O municipio está entre os prioritários no Estado em números e notificações de HIV/Aids. O CTA realiza cerca de 500 testes por mês. Destes uma média de 15 resultam positivos, a maioria deles de 15 a 29 anos. Atualmente tem 2400 portadores do vírus ou doentes em tratamento, mas quase 300 deles abandonam o tratamento.

A psicóloga Jacheline Hoffmann, coordenadora do CTA, disse que são números preocupantes. Principalmente os de abandono de tratamento, porque quando voltam normalmente a situação já está bem pior.

Para tentar mudar essa realidade, o CTA ampliará seu horário de atendimento à população durante a Semana Mundial. O teste rápido será aplicado das 7h até às 22h., não só para HIV/Aids, mas também para sífilis e hepatites virais. “As pessoas que trabalham podem passar à noite para fazer o teste’, sugeriu.

Também acontecem palestras e ações de informação nas faculdades Avantis e Univali, nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em empresas e postos de saúde.

“Serão palestras informativas e nossa equipe lançou uma campanha sobre a importância do diagnóstico e da adesão ao tratamento. Ainda não sabemos quais as causas do abandono”, disse a coordenadora.

Ela lembrou que o CTA distribui material informativo e preservativos todo o ano no CTA, CISS, Unidades de Saúde, Secretarias, quiosques das praias, Pontal Norte, Barra Sul e casas noturnas.

“Apesar de toda a informação que hoje a população tem sobre a doença, a Aids ainda preocupa, porque as pessoas ainda morrem desta doença”, enfatizou Jacheline.

O CISS e o CTA estão localizados na Rua 2350, n° 560, 2º e 3º piso respectivamente.

Informações: 3363-6741.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade