Jornal Página 3
Saúde
Coleta de ostras e mariscos segue proibida em Penha, BC e Bombinhas
Segunda, 13/11/2017 8:28.

Divulgação/Epagri

Publicidade

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca comunicou que continuam interditadas as áreas de cultivos de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões das localidades de Praia Alegre, Armação do Itapocorói, Canto da Praia, Zimbros e Canto Grande – nos municípios de Penha, Balneário Camboriú e Bombinhas devido à presença de toxina paralisante.

O cultivo e a venda de ostras e mariscos do restante do litoral catarinense está livre da toxina e liberado para consumo.

A presença da toxina é rara e vem sendo acompanhada pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) desde o dia 19 de outubro.

De forma preventiva, a Cidasc recomendou a interdição de todo o litoral e vem liberando as áreas livres de contaminação. O monitoramento continua.

Santa Catarina é o único Estado do país que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo através do Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos. Esse programa existe em todos os países que possuem uma produção expressiva de moluscos, e é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Geral


Economia

Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


Variedades

 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Variedades


Policia

 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


Política

 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Coleta de ostras e mariscos segue proibida em Penha, BC e Bombinhas

Divulgação/Epagri

Publicidade

Segunda, 13/11/2017 8:28.

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca comunicou que continuam interditadas as áreas de cultivos de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões das localidades de Praia Alegre, Armação do Itapocorói, Canto da Praia, Zimbros e Canto Grande – nos municípios de Penha, Balneário Camboriú e Bombinhas devido à presença de toxina paralisante.

O cultivo e a venda de ostras e mariscos do restante do litoral catarinense está livre da toxina e liberado para consumo.

A presença da toxina é rara e vem sendo acompanhada pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) desde o dia 19 de outubro.

De forma preventiva, a Cidasc recomendou a interdição de todo o litoral e vem liberando as áreas livres de contaminação. O monitoramento continua.

Santa Catarina é o único Estado do país que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo através do Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos. Esse programa existe em todos os países que possuem uma produção expressiva de moluscos, e é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito