Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Multivacinação acontece neste mês e vai incluir adolescentes

Quarta, 7/9/2016 10:00.

Doenças consideradas de infância, mas que nos dois últimos anos voltaram, principalmente coqueluche e caxumba, atacando jovens e adultos, motivaram o Ministério da Saúde a incluir adolescentes na Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente, que vai acontecer de 19 a 30 deste mês.

“Esta será a novidade desta campanha, voltada à prevenção na fase adulta. Criou-se o hábito de não conferir o esquema vacinal na adolescência, muita carteira fica em aberto, especialmente as doses de reforço”, detalhou a coordenadora de Imunização da Vigilância Epidemiológica de Balneário, Zibeilde Ferreira Borges.

A campanha da poliomielite, que seria em agosto foi transferida para setembro e será aplicada junto com a Multivacinação. Apenas crianças entre seis meses e cinco anos que não completaram o esquema vacinal contra a polio receberão a dose. Até a campanha do ano passado, todos dessa faixa etária tomavam reforço anual da vacina, como forma de evitar que alguns ficassem sem a dose.

Desde o início deste ano, o esquema vacinal contra a pólio passou a ser em três doses da vacina injetável (2, 4 e 6 meses) e mais duas de reforço com a verão oral (gotinhas), aos 15 meses e aos 4 anos.

As outras

Nesta campanha serão vacinadas somente as crianças que não tomaram as cinco doses. As demais vacinas nesta Campanha de Multivacinação são: BCG, Hepatite B, Penta, VIP, VOP Bivalente, Rotavirus Humano, Pneumocócica 10 Valente, Meningocócica C, Febre Amarela, Hepatite A, Tríplice Viral, DTP e Tetra Viral.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Multivacinação acontece neste mês e vai incluir adolescentes

Quarta, 7/9/2016 10:00.

Doenças consideradas de infância, mas que nos dois últimos anos voltaram, principalmente coqueluche e caxumba, atacando jovens e adultos, motivaram o Ministério da Saúde a incluir adolescentes na Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente, que vai acontecer de 19 a 30 deste mês.

“Esta será a novidade desta campanha, voltada à prevenção na fase adulta. Criou-se o hábito de não conferir o esquema vacinal na adolescência, muita carteira fica em aberto, especialmente as doses de reforço”, detalhou a coordenadora de Imunização da Vigilância Epidemiológica de Balneário, Zibeilde Ferreira Borges.

A campanha da poliomielite, que seria em agosto foi transferida para setembro e será aplicada junto com a Multivacinação. Apenas crianças entre seis meses e cinco anos que não completaram o esquema vacinal contra a polio receberão a dose. Até a campanha do ano passado, todos dessa faixa etária tomavam reforço anual da vacina, como forma de evitar que alguns ficassem sem a dose.

Desde o início deste ano, o esquema vacinal contra a pólio passou a ser em três doses da vacina injetável (2, 4 e 6 meses) e mais duas de reforço com a verão oral (gotinhas), aos 15 meses e aos 4 anos.

As outras

Nesta campanha serão vacinadas somente as crianças que não tomaram as cinco doses. As demais vacinas nesta Campanha de Multivacinação são: BCG, Hepatite B, Penta, VIP, VOP Bivalente, Rotavirus Humano, Pneumocócica 10 Valente, Meningocócica C, Febre Amarela, Hepatite A, Tríplice Viral, DTP e Tetra Viral.

Publicidade

Publicidade