Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Grupo fará orientação sobre Alzheimer hoje em Balneário Camboriú

Quinta, 22/9/2016 8:52.

 

O Dia Mundial de Alzheimer, comemorado nesta quarta-feira (21), serve para alertar, informar e orientar as pessoas para lidar com a doença. O Grupo de Apoio e Estudos Sentir (GAES), do Instituto de Psicologia Sentir, realizará uma ação nesta quinta-feira (22), no Posto de Saúde Central, para distribuir material informativo e informar sobre o grupo que desde 2006 atende familiares, cuidadores e portadores da doença. 

“A gente cuida de quem cuida. Não tratamos da parte médica, mas sim de familiares e cuidadores profissionais, que em nossas reuniões podem trocar experiências”, explicou Vera Astury, coordenadora do GAES.

Com experiência de 10 anos no grupo, Vera conta que as pessoas começam a procurar o GAES quando percebem algumas mudanças no familiar.

“Quando ele esquece coisas, quando sai e não consegue mais voltar para casa, quando repetem muitas vezes a mesma pergunta...aí vem a preocupação de como e o que fazer. Então muitos nos procuram. Lá no grupo eles trocam experiências, como fazer para dar banho quando o paciente não quer, a parte prática mesmo”, orientou Vera.

As reuniões acontecem sempre na primeira e na terceira sexta-feira do mês. O Sentir fica na Rua 1950, número 901.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Grupo fará orientação sobre Alzheimer hoje em Balneário Camboriú

Publicidade

Quinta, 22/9/2016 8:52.

 

O Dia Mundial de Alzheimer, comemorado nesta quarta-feira (21), serve para alertar, informar e orientar as pessoas para lidar com a doença. O Grupo de Apoio e Estudos Sentir (GAES), do Instituto de Psicologia Sentir, realizará uma ação nesta quinta-feira (22), no Posto de Saúde Central, para distribuir material informativo e informar sobre o grupo que desde 2006 atende familiares, cuidadores e portadores da doença. 

“A gente cuida de quem cuida. Não tratamos da parte médica, mas sim de familiares e cuidadores profissionais, que em nossas reuniões podem trocar experiências”, explicou Vera Astury, coordenadora do GAES.

Com experiência de 10 anos no grupo, Vera conta que as pessoas começam a procurar o GAES quando percebem algumas mudanças no familiar.

“Quando ele esquece coisas, quando sai e não consegue mais voltar para casa, quando repetem muitas vezes a mesma pergunta...aí vem a preocupação de como e o que fazer. Então muitos nos procuram. Lá no grupo eles trocam experiências, como fazer para dar banho quando o paciente não quer, a parte prática mesmo”, orientou Vera.

As reuniões acontecem sempre na primeira e na terceira sexta-feira do mês. O Sentir fica na Rua 1950, número 901.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade