Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Resgate de animais silvestres e feridos: o que fazer?
Renata Rutes

Terça, 1/11/2016 9:03.

São comuns os aparecimentos de animais silvestres em Balneário Camboriú, como gambás, lagartos, e aves diversas. Mas o que fazer se encontrar um desses animais feridos?

Domésticos

Em casos de animais domésticos maltratados ou expostos a más condições, os responsáveis são notificados e podem receber multa ou ter o animal recolhido, segundo informou a Secretaria do Meio Ambiente. Após o salvamento os animais são encaminhados à ONG Viva Bicho, onde são tratados e posteriormente aptos para adoção.

Silvestres

Nos casos de animais silvestres, a Semam utiliza redes especiais. Quando os bichos estão feridos, são encaminhados ao Zoológico da Santur, com quem possuem uma parceria. Apesar dos veterinários do zoo atenderem principalmente os animais do local, eles também apoiam os resgatados pela Semam, como a pomba-do-mar.

Os casos ocorrem, principalmente, em áreas próximas às matas, mas também podem acontecer na praia, onde há grande concentração de aves, além dos animais marinhos, como tartarugas e até tubarões e o elefante-marinho – todos esses já visitaram Balneário.
Os animais, por não terem contato com humanos, podem ser agressivos, por isso o público não deve se aproximar.

Quem presenciar maus tratos ou a presença de algum animal silvestre ferido ou que ofereça perigo, ligar para a Guarda Municipal (153), Polícia Militar (190) ou Secretaria do Meio Ambiente 3363-7145.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Resgate de animais silvestres e feridos: o que fazer?

Renata Rutes
Terça, 1/11/2016 9:03.

São comuns os aparecimentos de animais silvestres em Balneário Camboriú, como gambás, lagartos, e aves diversas. Mas o que fazer se encontrar um desses animais feridos?

Domésticos

Em casos de animais domésticos maltratados ou expostos a más condições, os responsáveis são notificados e podem receber multa ou ter o animal recolhido, segundo informou a Secretaria do Meio Ambiente. Após o salvamento os animais são encaminhados à ONG Viva Bicho, onde são tratados e posteriormente aptos para adoção.

Silvestres

Nos casos de animais silvestres, a Semam utiliza redes especiais. Quando os bichos estão feridos, são encaminhados ao Zoológico da Santur, com quem possuem uma parceria. Apesar dos veterinários do zoo atenderem principalmente os animais do local, eles também apoiam os resgatados pela Semam, como a pomba-do-mar.

Os casos ocorrem, principalmente, em áreas próximas às matas, mas também podem acontecer na praia, onde há grande concentração de aves, além dos animais marinhos, como tartarugas e até tubarões e o elefante-marinho – todos esses já visitaram Balneário.
Os animais, por não terem contato com humanos, podem ser agressivos, por isso o público não deve se aproximar.

Quem presenciar maus tratos ou a presença de algum animal silvestre ferido ou que ofereça perigo, ligar para a Guarda Municipal (153), Polícia Militar (190) ou Secretaria do Meio Ambiente 3363-7145.

Publicidade

Publicidade