Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Prefeitura emite nota sobre caso de meningite bacteriana

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Divulgação

Terça, 15/3/2016 10:56.

A prefeitura emitiu nota sobre um caso de meningite bacteriana de um bebê que frequenta uma das creches do município.

Leia na íntegra:

O Departamento de Vigilância Epidemiológica (DEVE) de Balneário Camboriú, junto aos órgãos competentes de municípios vizinhos, iniciou o tratamento de um caso de meningite bacteriana confirmado nos últimos dias. O paciente, Joaquim, um bebê de oito meses estuda no Núcleo de Educação Infantil (NEI) Odácia Tereza Damázio, na Barra. Todas as medidas de prevenção estão em andamento.

Na madrugada da dia 4 (sexta-feira), após perceberem algo de errado com a criança, os pais a levaram em um hospital particular da região. Na ocasião, o bebê foi atendido, passou por exames e liberado. Entretanto, diferente do esperado, um quadro de febre alta manteve-se constante até a terça-feira (8). Após crises convulsivas, surgiu a confirmação da doença no Hospital Universitário Pequeno Anjo, em Itajaí.

Caracterizada pela inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula, a meningite pode ser divididas em três tipologias. No caso de Joaquim, por ser bacteriana, a doença é definida como grave. Desde a confirmação, o bebê foi internado e começou a ser tratado. Além disso, de acordo com Zibeilde Ferreira Borges, enfermeira e coordenadora de imunização do município, o DEVE iniciou, também, tratamento com antibióticos em crianças que dividem sala com Joaquim no núcleo de ensino. “Com o repasse de remédios, por parte da 17ª Regional de Saúde, os colegas de sala da criança serão tratados com quimioprofilaxia, a fim de evitar o surgimento de novos casos sintomáticos”, comenta.

Os pais do paciente também estão em tratamento, ofertado, por sua vez, pelo DEVE de Itajaí. A investigação do caso, para entender o motivo da contaminação, e o bloqueio da residência e locais que a cercam devem ser feitos por Camboriú, onde a criança mora com os pais.

O NEI Odácia Tereza Damázio realizou uma reunião com outros pais na sexta-feira (11) para sanar dúvidas, com a presença de membros do DEVE. Karla Alessandra dos Santos, gestora da unidade, comenta que “assim que tivemos o resultado dos exames, foi acionada a Vigilância Epidemiológica do município para saber quanto aos procedimentos cabíveis”. Segundo informações repassadas pela Secretaria de Educação, que acompanha o caso, o menino está em recuperação e continua internado.

A doença

A meningite bacteriana é a infecção que provoca a inflamação do tecido que envolve o cérebro e a medula.

Os sintomas podem ser:

  • Febre acima de 38º C;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Dor ao virar o pescoço;
  • Manchas roxas na pele;
  • Rigidez muscular no pescoço;
  • Cansaço e apatia;
  • Sensibilidade à luz ou ao som;
  • Confusão mental.
  • Além destes, os sintomas de meningite no bebê podem incluir irritabilidade, choro forte, convulsões e moleira dura e tensa.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade