Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Paciente de H1N1 dá à luz a bebê com menos de um quilo, no Marieta
Divulgação

Quarta, 18/5/2016 11:16.

Uma mulher com quadro confirmado de H1N1 teve um bebê há 20 dias, no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. A descoberta da gravidez teria sido uma surpresa, pois nem a família dela sabia. Ela passa bem, e seu bebê, uma menina, está isolada recebendo tratamento especial, pois nasceu com menos de meio quilo.

Segundo a assessoria do hospital, a gravidez foi descoberta na 24ª semana. O bebê foi retirado em uma cesariana de emergência e encaminhado para a UTI neonatal do local, onde está até hoje. 

A menina nasceu com 490 gramas, mas já conseguiu aumentar o peso para 590 gramas. Ela precisará de várias semanas para atingir os dois quilos necessários para sua saída.

Conforme a assessoria, ela está isolada, sendo alimentada com leite materno por uma sonda de três em três horas. Segundo o médico pediatra Roque Foresti, a menina está reagindo, mas é difícil precisar com certeza cada evolução. “É uma criança com um bom semblante, mas ainda é impossível saber sobre sequelas e andamento da recuperação”, justifica.

A mulher chegou num quadro respiratório agudo, bem grave do ponto de vista clínico. Após exames, foi confirmado como sendo de H1N1. A situação da paciente se agravou, evoluindo para falência dos rins e necessidade de hemodiálise.

“Ela estava desnutrida por conta da gestação. Mas ninguém da família suspeitava disto. Nem ela própria, após recobrar a consciência”, afirma o coordenador da UTI e do Serviço de Urgência e Emergência, Marcos da Costa Melo e Silva. A mãe logo deve receber alta.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

O acordo põe fim a anos de insegurança e desgaste jurídico


Cidade

Sem a colaboração da população não existe medida que dê jeito


Cidade

Isso explica a redução drástica do nível na captação


Geral

É o terceiro município mais transparente de Santa Catarina


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Paciente de H1N1 dá à luz a bebê com menos de um quilo, no Marieta

Divulgação
Quarta, 18/5/2016 11:16.

Uma mulher com quadro confirmado de H1N1 teve um bebê há 20 dias, no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. A descoberta da gravidez teria sido uma surpresa, pois nem a família dela sabia. Ela passa bem, e seu bebê, uma menina, está isolada recebendo tratamento especial, pois nasceu com menos de meio quilo.

Segundo a assessoria do hospital, a gravidez foi descoberta na 24ª semana. O bebê foi retirado em uma cesariana de emergência e encaminhado para a UTI neonatal do local, onde está até hoje. 

A menina nasceu com 490 gramas, mas já conseguiu aumentar o peso para 590 gramas. Ela precisará de várias semanas para atingir os dois quilos necessários para sua saída.

Conforme a assessoria, ela está isolada, sendo alimentada com leite materno por uma sonda de três em três horas. Segundo o médico pediatra Roque Foresti, a menina está reagindo, mas é difícil precisar com certeza cada evolução. “É uma criança com um bom semblante, mas ainda é impossível saber sobre sequelas e andamento da recuperação”, justifica.

A mulher chegou num quadro respiratório agudo, bem grave do ponto de vista clínico. Após exames, foi confirmado como sendo de H1N1. A situação da paciente se agravou, evoluindo para falência dos rins e necessidade de hemodiálise.

“Ela estava desnutrida por conta da gestação. Mas ninguém da família suspeitava disto. Nem ela própria, após recobrar a consciência”, afirma o coordenador da UTI e do Serviço de Urgência e Emergência, Marcos da Costa Melo e Silva. A mãe logo deve receber alta.

Publicidade

Publicidade