Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Balneário recebe vacinas contra a Gripe A, mas pode voltar a faltar

Quinta, 12/5/2016 8:07.

As unidades de saúde de Balneário foram reabastecidas de vacinas contra a Gripe A, porém o estoque pode não suprir o número de pessoas que precisam ser vacinadas na cidade.

A diretora do departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Laís Emídio, explica que reabasteceram as unidades e que ainda devem receber cerca de três mil doses do imunobiológico. “Acredito que iremos atingir a nossa meta. Já vacinamos 80% dos idosos e puérperas e passamos de 100% dos profissionais da área de saúde, porém estamos com um número baixo de gestantes e crianças”, informa.

Por isso, Laís pede que as gestantes e crianças de seis meses até quatro anos procurem as unidades o quanto antes. Teoricamente, a campanha de vacinação encerra no próximo dia 20, mas há chances das doses acabarem até lá. “Normalmente sobravam vacinas e continuávamos a campanha, mas nesse ano pode ser que isso não aconteça, então recomendamos que o pessoal se antecipe. As doses estão saindo muito rápido”, comenta.

A escassez de vacinas não afeta só Balneário, como o país inteiro. Isso vem acontecendo por problemas de produção e encaminhamentos parciais do quantitativo esperado.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário recebe vacinas contra a Gripe A, mas pode voltar a faltar

Quinta, 12/5/2016 8:07.

As unidades de saúde de Balneário foram reabastecidas de vacinas contra a Gripe A, porém o estoque pode não suprir o número de pessoas que precisam ser vacinadas na cidade.

A diretora do departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Laís Emídio, explica que reabasteceram as unidades e que ainda devem receber cerca de três mil doses do imunobiológico. “Acredito que iremos atingir a nossa meta. Já vacinamos 80% dos idosos e puérperas e passamos de 100% dos profissionais da área de saúde, porém estamos com um número baixo de gestantes e crianças”, informa.

Por isso, Laís pede que as gestantes e crianças de seis meses até quatro anos procurem as unidades o quanto antes. Teoricamente, a campanha de vacinação encerra no próximo dia 20, mas há chances das doses acabarem até lá. “Normalmente sobravam vacinas e continuávamos a campanha, mas nesse ano pode ser que isso não aconteça, então recomendamos que o pessoal se antecipe. As doses estão saindo muito rápido”, comenta.

A escassez de vacinas não afeta só Balneário, como o país inteiro. Isso vem acontecendo por problemas de produção e encaminhamentos parciais do quantitativo esperado.

Publicidade

Publicidade