Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Artigo: 'Depressão não é tristeza'

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Segunda, 25/1/2016 8:24.

Basta uma pessoa estar triste e menos ativa para ser chamada de deprimida. A depressão é uma das doenças mais diagnosticadas no mundo. Com a popularização do termo, tornou-se sinônimo de tristeza. Quem passa por uma depressão sabe o quanto a dor mental atormenta e praticamente inutiliza as capacidades vitais.

A tristeza é um sentimento ocasionado por algum afeto negativo, como a perda do emprego, de um amor, de alguém querido, dificuldade financeira, doença na família, separação, aposentadoria, falência...Um luto pode gerar sofrimento muito difícil de ser superado, mas é importante a compreensão de que é inevitável e natural. Todas essas emoções são passageirase irão desaparecer no transcorrer do tempo.

A depressão é uma doença que varia de “leve” a “moderada” e “grave”. É caracterizada pelo isolamento, falta de vontade em realizar qualquer tipo de tarefa, dificuldade de concentração, alterações no sono, no apetite, diminuição da atividade sexual, desânimo frequente. A pessoa sente-se incapaz de resolver suas questões pessoais e visualizar soluções, pois sua autoestima fica extremamente baixa. Quando se fala em baixa da autoestima é o ego que se encontra fragilizado e não tem energia para atender aos desejos reprimidos e coragem para enfrentar a realidade da vida.

Doenças psicossomáticas geralmente se manifestam com taquicardia, pânico, falta de ar (como se estivesse sufocado), pressão arterial alterada, baixa produtividade em qualquer tarefa, sonolência durante o dia e desinteresse nos relacionamentos, podendo se tornar agressivo por estar muito sensível.

Sair de uma depressão sozinho requer um esforço extremo, que já não tem. Ouvir amigos e parentes dando conselhos e não encaminhando para um profissional, só potencializa ainda mais a doença. Somente quem passa pela depressão é que sabe o tamanho do desespero. Esse sofrimento leva a pensamentos de suicídio, pois se quer matar a terrível dor e, com isso, pode destruir sua vida para fugir de tamanha agonia.

Doença mental, como a depressão, deve ser considerada grave como o câncer, hepatite, diabetes e outras doenças que precisam de tratamento praticamente por toda a vida. Atividades como dançar, cantar, pescar, viajar e passear é como terapia ocupacional, ajudam, mas são paliativas, pois não eliminam a causa. O tratamento da depressão deve ser feito com terapias psicanalíticas e medicação psiquiátrica (tratamento multidisciplinar). Não é um mal incurável, mas requer cuidados e tratamento contínuo.

Antonio Lopes é Psicanalista Didata - antonio@psicanalisesc.com.br

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

Taxa de juros seria bem mais elevada do que a anunciada.Caixa Econômica Federal não se manifestou.


Eleições

Defendo congelar salários e vantagens dos deputados por 10 anos


Eleições

Ele é surdo e por isso conhece as dificuldades enfrentadas por pessoas em situação semelhante 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade