Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fila de espera por ortopedista tem mais de dois mil pacientes

Quinta, 11/8/2016 11:13.

A prefeitura contratou 10 novos ortopedistas, que, segundo informações da secretaria de Saúde, estão atendendo 500 pacientes por mês. Porém, a fila continua grande com 2,1 mil pessoas esperando atendimento. Há pacientes que aguardam há mais de um ano.

A assessoria da secretaria informou que há dois ortopedistas que entraram recentemente através do concurso público e estão atendendo ao público no ambulatório de especialidades, que fica dentro do Hospital Municipal Ruth Cardoso. Os outros oito são funcionários do Instituto de Ortopedia e Neurocirurgia (ION) de Balneário, que foi contratada através de licitação e atendem no local, que fica na Avenida do Estado, no Bairro Ariribá, quase em frente à Clínica São Lucas.

Mesmo com os 10 profissionais trabalhando na área a fila continua lenta. O Página 3 questionou o fato, e a assessoria do setor confirmou, mas defendeu que mesmo que com certa lentidão os pacientes estão sendo atendidos.

Porém, o problema é que a fila de espera aumenta a cada dia. Através do aplicativo disponível no site da prefeitura é possível ver que há pacientes na fila há mais de um ano: desde junho do ano passado. Ao todo, 42 pacientes estão nessa situação - isso se considerar apenas os que aguardam há pelo menos um ano.

Ao todo 1.900 que estão na fila normal e 223 que precisam fazer a consulta de retorno. Aproximadamente metade das consultas foram agendadas em 2015.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fila de espera por ortopedista tem mais de dois mil pacientes

A prefeitura contratou 10 novos ortopedistas, que, segundo informações da secretaria de Saúde, estão atendendo 500 pacientes por mês. Porém, a fila continua grande com 2,1 mil pessoas esperando atendimento. Há pacientes que aguardam há mais de um ano.

A assessoria da secretaria informou que há dois ortopedistas que entraram recentemente através do concurso público e estão atendendo ao público no ambulatório de especialidades, que fica dentro do Hospital Municipal Ruth Cardoso. Os outros oito são funcionários do Instituto de Ortopedia e Neurocirurgia (ION) de Balneário, que foi contratada através de licitação e atendem no local, que fica na Avenida do Estado, no Bairro Ariribá, quase em frente à Clínica São Lucas.

Mesmo com os 10 profissionais trabalhando na área a fila continua lenta. O Página 3 questionou o fato, e a assessoria do setor confirmou, mas defendeu que mesmo que com certa lentidão os pacientes estão sendo atendidos.

Porém, o problema é que a fila de espera aumenta a cada dia. Através do aplicativo disponível no site da prefeitura é possível ver que há pacientes na fila há mais de um ano: desde junho do ano passado. Ao todo, 42 pacientes estão nessa situação - isso se considerar apenas os que aguardam há pelo menos um ano.

Ao todo 1.900 que estão na fila normal e 223 que precisam fazer a consulta de retorno. Aproximadamente metade das consultas foram agendadas em 2015.

Publicidade

Publicidade