Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Inocentado por TJ e PF governador Carlos Moisés deve reassumir o cargo nesta sexta-feira

Tentativa de golpe da maioria dos deputados catarinenses deverá ser mal sucedida

Quinta, 26/11/2020 9:38.
Reprodução
Carlos Moisés, comandando o combate à pandemia, antes de ser afastado por um golpe político.

Publicidade

O Tribunal de Julgamento do impeachment do governador Carlos Moisés deverá se reunir às 9h desta sexta-feira, dia 27, e provavelmente inocentará o acusado, pois segundo decisão do Tribunal de Justiça, na última quarta-feira, equiparar salários de procuradores do Estado, como ele fez, está dentro da lei.

O Tribunal é composto por cinco deputados e cinco desembargadores. Em outubro, um desembargador e cinco deputados votaram pela continuidade do processo, totalizando os seis votos necessários para concretizar o afastamento.

Nesta sexta-feira, no entanto, são necessários sete votos e, além da matemática ser favorável a Moisés, existe o fato novo do Tribunal de Justiça atestar que o governador agiu dentro da lei.

PF

Em outro processo de impeachment em andamento na Assembléia, relativo à compra de respiradores para combate à pandemia, o inquérito da Polícia Federal já inocentou o governador Carlos Moisés, portanto essa segunda tentativa de cassação, promovida por deputados golpistas, também tende a ser mal sucedida.

TRANSMISSÃO

A sessão será transmitida pelo sistema de comunicação da Alesc, neste linkhttp://www.alesc.sc.gov.br/


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução
Carlos Moisés, comandando o combate à pandemia, antes de ser afastado por um golpe político.
Carlos Moisés, comandando o combate à pandemia, antes de ser afastado por um golpe político.

Inocentado por TJ e PF governador Carlos Moisés deve reassumir o cargo nesta sexta-feira

Tentativa de golpe da maioria dos deputados catarinenses deverá ser mal sucedida

Publicidade

Quinta, 26/11/2020 9:38.

O Tribunal de Julgamento do impeachment do governador Carlos Moisés deverá se reunir às 9h desta sexta-feira, dia 27, e provavelmente inocentará o acusado, pois segundo decisão do Tribunal de Justiça, na última quarta-feira, equiparar salários de procuradores do Estado, como ele fez, está dentro da lei.

O Tribunal é composto por cinco deputados e cinco desembargadores. Em outubro, um desembargador e cinco deputados votaram pela continuidade do processo, totalizando os seis votos necessários para concretizar o afastamento.

Nesta sexta-feira, no entanto, são necessários sete votos e, além da matemática ser favorável a Moisés, existe o fato novo do Tribunal de Justiça atestar que o governador agiu dentro da lei.

PF

Em outro processo de impeachment em andamento na Assembléia, relativo à compra de respiradores para combate à pandemia, o inquérito da Polícia Federal já inocentou o governador Carlos Moisés, portanto essa segunda tentativa de cassação, promovida por deputados golpistas, também tende a ser mal sucedida.

TRANSMISSÃO

A sessão será transmitida pelo sistema de comunicação da Alesc, neste linkhttp://www.alesc.sc.gov.br/


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade