Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
É fake news, reagiu o vereador Achutti sobre tentativa de ligar seu nome ao escândalo dos respiradores

O vereador Marcelo Achutti disse que nas próximas horas estará registrando um Boletim de Ocorrência sobre a tentativa de envolver o sobrenome da família ao escândalo dos respiradores.

Terça, 12/5/2020 10:47.
Divulgação

Publicidade

Uma notícia publicada nas redes afirma que a investigação do Gaeco sobre as denúncias de corrupção na compra dos respiradores está avançando e pode chegar à família do vereador do MDB, Marcelo Achutti, porque teria partido de seu irmão a apresentação da empresa fantasma ao então secretário da Casa Civil, Douglas Borba.

“É fake news, vou denunciar e só espero que não estejam fazendo isso para abafar o assunto que estamos levantando sobre supersalários na prefeitura”, declarou o vereador.

Ele conversou com seu irmão André, que mora em Rio do Sul e no momento está em São Paulo, trabalhando e lá mesmo ele também fará um Boletim de Ocorrência.

“Ele disse inclusive que o processo do ex-secretário da Casa Civil está aberto e qualquer pessoa pode olhar. Fiquei muito indignado, nunca me envolvi em nenhuma sacanagem, pode me chamar de tudo, mas corrupto não sou. Me sinto mal com uma mentira destas envolvendo o nome da família”, afirmou o vereador Achutti.

André Achutti viajou esta manhã de São Paulo a Goiânia, a trabalho, e informou que nesta quinta-feira estará de volta a Santa Catarina.

“Vou ao Gaeco, Polícia Federal e Ministério Público, denunciar e saber quem é essa pessoa burra e mal intencionada que fez essa notícia para atingir o meu irmão Marcelo”, disse André ao Página3.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

É fake news, reagiu o vereador Achutti sobre tentativa de ligar seu nome ao escândalo dos respiradores

O vereador Marcelo Achutti disse que nas próximas horas estará registrando um Boletim de Ocorrência sobre a tentativa de envolver o sobrenome da família ao escândalo dos respiradores.

Publicidade

Terça, 12/5/2020 10:47.

Uma notícia publicada nas redes afirma que a investigação do Gaeco sobre as denúncias de corrupção na compra dos respiradores está avançando e pode chegar à família do vereador do MDB, Marcelo Achutti, porque teria partido de seu irmão a apresentação da empresa fantasma ao então secretário da Casa Civil, Douglas Borba.

“É fake news, vou denunciar e só espero que não estejam fazendo isso para abafar o assunto que estamos levantando sobre supersalários na prefeitura”, declarou o vereador.

Ele conversou com seu irmão André, que mora em Rio do Sul e no momento está em São Paulo, trabalhando e lá mesmo ele também fará um Boletim de Ocorrência.

“Ele disse inclusive que o processo do ex-secretário da Casa Civil está aberto e qualquer pessoa pode olhar. Fiquei muito indignado, nunca me envolvi em nenhuma sacanagem, pode me chamar de tudo, mas corrupto não sou. Me sinto mal com uma mentira destas envolvendo o nome da família”, afirmou o vereador Achutti.

André Achutti viajou esta manhã de São Paulo a Goiânia, a trabalho, e informou que nesta quinta-feira estará de volta a Santa Catarina.

“Vou ao Gaeco, Polícia Federal e Ministério Público, denunciar e saber quem é essa pessoa burra e mal intencionada que fez essa notícia para atingir o meu irmão Marcelo”, disse André ao Página3.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade