Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Desembargadora conheceu o aplicativo do Botão de Pânico

Quarta, 18/9/2019 16:18.
Divulgação/CVBC
Juliethe Nitz, vereadora

Publicidade

A vereadora Juliethe Nitz acompanhada pela Desembargadora Salete Sommariva, responsável pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, visitou a secretaria de Segurança Pública, nesta segunda-feira (16), para conhecer o aplicativo do botão de pânico.

O secretário David Queiroz apresentou a estrutura da secretaria e deu ênfase ao aplicativo, que mesmo em fase de teste na secretaria, monitora em tempo real algumas mulheres com medidas protetivas expedidas. Essa é uma das ações da Patrulha Maria da Penha, com projeto de lei já aprovado na Câmara, com proposição da vereadora Juliethe.

Com esse aplicativo além do monitoramento as pessoas têm à disposição um acesso rápido para comunicar-se com a equipe da Guarda Municipal.

O aplicativo é indicação da vereadora Juliethe, com emenda viabilizada pelo senador Jorginho Mello, com a qual, quando estiver disponível, estará complementando a efetivação do aplicativo.

“Apresentamos o aplicativo para a Desembargadora, pois buscamos agilizar a integração dos processos das medidas protetivas do Tribunal de Justiça para a Guarda Municipal, porque isso facilitará muito o trabalho da equipe de segurança e agilizará os cuidados com as mulheres que precisam desse atendimento”, colocou Juliethe.

A desembargadora colocou-se à disposição e estará analisando junto aos demais desembargadores qual a melhor forma de orientar a equipe da Segurança para que o trabalho seja efetivo. 


Fonte: Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/CVBC
Juliethe Nitz, vereadora
Juliethe Nitz, vereadora

Desembargadora conheceu o aplicativo do Botão de Pânico

Publicidade

Quarta, 18/9/2019 16:18.

A vereadora Juliethe Nitz acompanhada pela Desembargadora Salete Sommariva, responsável pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, visitou a secretaria de Segurança Pública, nesta segunda-feira (16), para conhecer o aplicativo do botão de pânico.

O secretário David Queiroz apresentou a estrutura da secretaria e deu ênfase ao aplicativo, que mesmo em fase de teste na secretaria, monitora em tempo real algumas mulheres com medidas protetivas expedidas. Essa é uma das ações da Patrulha Maria da Penha, com projeto de lei já aprovado na Câmara, com proposição da vereadora Juliethe.

Com esse aplicativo além do monitoramento as pessoas têm à disposição um acesso rápido para comunicar-se com a equipe da Guarda Municipal.

O aplicativo é indicação da vereadora Juliethe, com emenda viabilizada pelo senador Jorginho Mello, com a qual, quando estiver disponível, estará complementando a efetivação do aplicativo.

“Apresentamos o aplicativo para a Desembargadora, pois buscamos agilizar a integração dos processos das medidas protetivas do Tribunal de Justiça para a Guarda Municipal, porque isso facilitará muito o trabalho da equipe de segurança e agilizará os cuidados com as mulheres que precisam desse atendimento”, colocou Juliethe.

A desembargadora colocou-se à disposição e estará analisando junto aos demais desembargadores qual a melhor forma de orientar a equipe da Segurança para que o trabalho seja efetivo. 


Fonte: Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade