Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Vereador pede ajuda para saúde e critica governo do Estado

Quinta, 10/10/2019 15:42.
Divulgação
Marcelo Achutti e Ivan Naatz

Publicidade

O vereador Marcelo Achutti irá a Florianópolis na próxima terça-feira, para protocolar solicitação de emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil, para compra de novos equipamentos para o Hospital Ruth Cardoso. Ele fez o pedido ontem ao deputado estadual Ivan Naatz, que esteve em Balneário Camboriú.

“Ele disponibilizou os R$ 200 mil, acredito que a emenda será liberada no final deste ano ou começo de 2020. Não é muito, já conseguimos R$ 1 milhão ano passado do deputado Marcos Tebaldi e agora mais estes R$ 200 mil que vão ajudar bastante”, disse.

Achutti criticou novamente o governo do Estado que tem isolado a saúde de Balneário Camboriú.

“Estamos aí passando o pires tanto na Assembleia Legislativa como na Câmara dos Deputados, porque infelizmente o governo do estado não assume sua responsabilidade em relação ao custeio do hospital. O hospital é municipal, 100% SUS, custeado exclusivamente pelo povo de Balneário Camboriú. Desde sua abertura não recebeu um centavo de custeio, então enfrentamento tem que continuar porque a situação está muito cômoda para o governo do Estado”, arrematou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Marcelo Achutti e Ivan Naatz
Marcelo Achutti e Ivan Naatz

Vereador pede ajuda para saúde e critica governo do Estado

Publicidade

Quinta, 10/10/2019 15:42.

O vereador Marcelo Achutti irá a Florianópolis na próxima terça-feira, para protocolar solicitação de emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil, para compra de novos equipamentos para o Hospital Ruth Cardoso. Ele fez o pedido ontem ao deputado estadual Ivan Naatz, que esteve em Balneário Camboriú.

“Ele disponibilizou os R$ 200 mil, acredito que a emenda será liberada no final deste ano ou começo de 2020. Não é muito, já conseguimos R$ 1 milhão ano passado do deputado Marcos Tebaldi e agora mais estes R$ 200 mil que vão ajudar bastante”, disse.

Achutti criticou novamente o governo do Estado que tem isolado a saúde de Balneário Camboriú.

“Estamos aí passando o pires tanto na Assembleia Legislativa como na Câmara dos Deputados, porque infelizmente o governo do estado não assume sua responsabilidade em relação ao custeio do hospital. O hospital é municipal, 100% SUS, custeado exclusivamente pelo povo de Balneário Camboriú. Desde sua abertura não recebeu um centavo de custeio, então enfrentamento tem que continuar porque a situação está muito cômoda para o governo do Estado”, arrematou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade