Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
“Saio com a certeza do dever cumprido com transparência, dedicação e lealdade”

 Ike Gevaerd, sobre seu desligamento da Semam

Segunda, 27/5/2019 13:59.
Divulgação
Ike Gevaerd recebendo do Cel.Adilson Schlickmann, comandante da Policia Militar Ambiental de SC, a medalha Raulino Reitz, no início deste ano.

Publicidade

Depois de dois anos e cinco meses dedicados exclusivamente ao meio ambiente municipal, Ike Gevaerd pediu exoneração nesta segunda-feira (27). Há três meses já tinha colocado o cargo à disposição por algumas divergências internas mal resolvidas na secretaria.

“Estou deixando o cargo com a certeza de dever cumprido, porque sempre agi dentro da legalidade, transparência e da lealdade. Depois de uma conversa com o prefeito Fabrício ontem à tarde, explanei as dificuldades que enfrentei nesse período para tocar a secretaria, principalmente as relacionadas à disponibilidade de recursos e pessoal para a pasta. Durante todo esse período, deixei em stand by minha empresa, Biosphera Empreendimentos Ambientais e ainda essa semana retomo as atividades com foco em turismo e meio ambiente. Projetos serão reativados e alguns deles dizem respeito à nossa cidade, ao Estado de Santa Catarina e ao Estado de São Paulo."

Principais realizações

“Com a colaboração de associações de moradores, grandes parceiras, ressalto algumas das principais ações realizadas durante a minha gestão, sempre com apoio de destacados funcionários da Semam”.

Praias agrestes

“Nunca a região das praias agrestes foi olhada com tanto carinho e seriedade. Fizemos a reformulação do Conselho Gestor da APA, abrindo sua participação a todos, quando da revisão do Plano de Manejo”.

Bandeira Azul

“Esta certificação internacional tornou Balneário Camboriú o município que mais possui Bandeira Azul no país. São duas, Estaleiro e Estaleirinho e uma terceira, Taquaras, na fase piloto. Agradeço o apoio das associações de moradores. Deixamos entregue com o apoio da iniciativa privada o projeto arquitetônico de todas as estruturas que fazem parte do programa. Já existe uma verba destinada através de um TAC do Ministério Público de Santa Catarina de R$ 800 mil para implantação das estruturas. Boa parte da madeira para execução das estruturas já está comprada e está em andamento o termo de referência ao restante do material e para mão de obra”.

Projeto Águas Limpas

“Ele identifica os pontos de ligações clandestinas de esgoto na APA da Costa Brava. O projeto segue”.

Parque de Taquarinhas

“Incentivo à sua criação, que está em negociação junto à Caixa Econômica”.

RPPMs - Reservas Particulares do Patrimônio Natural Municipal

“Em fase de montagem com os moradores da região. Espero que continue”.

Fiscalização

“Deixo esse departamento equipado com novos carros e mais fiscais”.

Polícia Militar Ambiental

“Juntamente com os coronéis Evaldo Hoffmann e Adilson Schlickmann, comandante da Polícia Militar Ambiental do Estado, viabilizamos a instalação do Batalhão em nossa cidade. Sua instalação está prevista no município, nas margens do rio Camboriú, na Barra Sul”.

Poluição da Praia Central

“Logo no início da atual administração, ressaltei a importância de olhar com preocupação a questão dos briozoários que arribam na praia. Mais de dois anos depois foi contratado um estudo para saber as causas do problema. De antemão informo que este problema gravíssimo ao qual agora se juntaram algas verdes, somente será solucionado com o saneamento do nosso municipio e do municipio vizinho, Camboriú. É necessário que se monte uma operação de limpeza, tanto da baía como da praia, perto da rebentação, evitando assim um grave problema sócio ambiental e econômico para Balneário Camboriú. Para tanto foi apresentado uma solução para retirada desses organismos, que está sendo analisada pelo prefeito”.

Plantas que Curam

“O Laboratório de Fitoterapia, inaugurado ano passado, foi equipado com apoio do MPSC, voltando a funcionar depois de mais de dois anos de interdição pela Anvisa. Estávamos procurando a viabilidade de contratar um especialista na produção, tanto de ervas como de medicamentos, bem como transformar o horto em um jardim de plantas medicinais aberto à visitação”.

Ambiarte

“Este espaço para trabalhos com material reciclado deverá ser reformado, também com apoio da MPSC. A previsão era iniciar em agosto”.

Escola Ambiental

“Em adequação do projeto já apresentado à nossa realidade. Já existe uma verba destinada, também pelo MPSC e a sua construção está prevista ainda para este ano”.

Recicla BC

“Um ambicioso projeto de reciclagem a ser implantado em nossa cidade em parceria com a secretaria da Educação, Inclusão Social e empresa Ambiental, em andamento”.

Central de Reciclagem

“Projeto de engenharia pronto na fase de licenciamento, previsão de construção no início de 2020”.

Ecopontos

“Um implantado na praça Higino Pio e mais três serão ativados nos bairro da Barra e Nações e na Terceira Avenida”.

Novas cooperativas

“Apoiamos a criação de novas cooperativas para que, em conjunto com o município e Ambiental façam a gestão da nova central de reciclagem”.

Posto de Entrega Voluntária

“É um projeto em andamento, inicia a construção esta semana na secretaria de Obras. É um local para depositar pequenas quantidades de resíduos da construção civil e lixo volumoso (móveis). Junto desta estrutura será implantado o container de recolhimento para pilhas, lâmpadas”.

Parque Ecológico

“Depois de 20 anos, o Parque Ecológico conquistou o seu Plano de Manejo, que servirá de base para todas as implantações, reformas e novas estruturas a serem construídas. Certamente daqui a duas décadas esse será o nosso Central Park”.

Ike fez questão de ressaltar que a maioria dos projetos de sucesso da secretaria contaram com apoio fundamental do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e da iniciativa privada. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

“Saio com a certeza do dever cumprido com transparência, dedicação e lealdade”

Divulgação
Ike Gevaerd recebendo do Cel.Adilson Schlickmann, comandante da Policia Militar Ambiental de SC, a medalha Raulino Reitz, no início deste ano.
Ike Gevaerd recebendo do Cel.Adilson Schlickmann, comandante da Policia Militar Ambiental de SC, a medalha Raulino Reitz, no início deste ano.

Publicidade

Segunda, 27/5/2019 13:59.

Depois de dois anos e cinco meses dedicados exclusivamente ao meio ambiente municipal, Ike Gevaerd pediu exoneração nesta segunda-feira (27). Há três meses já tinha colocado o cargo à disposição por algumas divergências internas mal resolvidas na secretaria.

“Estou deixando o cargo com a certeza de dever cumprido, porque sempre agi dentro da legalidade, transparência e da lealdade. Depois de uma conversa com o prefeito Fabrício ontem à tarde, explanei as dificuldades que enfrentei nesse período para tocar a secretaria, principalmente as relacionadas à disponibilidade de recursos e pessoal para a pasta. Durante todo esse período, deixei em stand by minha empresa, Biosphera Empreendimentos Ambientais e ainda essa semana retomo as atividades com foco em turismo e meio ambiente. Projetos serão reativados e alguns deles dizem respeito à nossa cidade, ao Estado de Santa Catarina e ao Estado de São Paulo."

Principais realizações

“Com a colaboração de associações de moradores, grandes parceiras, ressalto algumas das principais ações realizadas durante a minha gestão, sempre com apoio de destacados funcionários da Semam”.

Praias agrestes

“Nunca a região das praias agrestes foi olhada com tanto carinho e seriedade. Fizemos a reformulação do Conselho Gestor da APA, abrindo sua participação a todos, quando da revisão do Plano de Manejo”.

Bandeira Azul

“Esta certificação internacional tornou Balneário Camboriú o município que mais possui Bandeira Azul no país. São duas, Estaleiro e Estaleirinho e uma terceira, Taquaras, na fase piloto. Agradeço o apoio das associações de moradores. Deixamos entregue com o apoio da iniciativa privada o projeto arquitetônico de todas as estruturas que fazem parte do programa. Já existe uma verba destinada através de um TAC do Ministério Público de Santa Catarina de R$ 800 mil para implantação das estruturas. Boa parte da madeira para execução das estruturas já está comprada e está em andamento o termo de referência ao restante do material e para mão de obra”.

Projeto Águas Limpas

“Ele identifica os pontos de ligações clandestinas de esgoto na APA da Costa Brava. O projeto segue”.

Parque de Taquarinhas

“Incentivo à sua criação, que está em negociação junto à Caixa Econômica”.

RPPMs - Reservas Particulares do Patrimônio Natural Municipal

“Em fase de montagem com os moradores da região. Espero que continue”.

Fiscalização

“Deixo esse departamento equipado com novos carros e mais fiscais”.

Polícia Militar Ambiental

“Juntamente com os coronéis Evaldo Hoffmann e Adilson Schlickmann, comandante da Polícia Militar Ambiental do Estado, viabilizamos a instalação do Batalhão em nossa cidade. Sua instalação está prevista no município, nas margens do rio Camboriú, na Barra Sul”.

Poluição da Praia Central

“Logo no início da atual administração, ressaltei a importância de olhar com preocupação a questão dos briozoários que arribam na praia. Mais de dois anos depois foi contratado um estudo para saber as causas do problema. De antemão informo que este problema gravíssimo ao qual agora se juntaram algas verdes, somente será solucionado com o saneamento do nosso municipio e do municipio vizinho, Camboriú. É necessário que se monte uma operação de limpeza, tanto da baía como da praia, perto da rebentação, evitando assim um grave problema sócio ambiental e econômico para Balneário Camboriú. Para tanto foi apresentado uma solução para retirada desses organismos, que está sendo analisada pelo prefeito”.

Plantas que Curam

“O Laboratório de Fitoterapia, inaugurado ano passado, foi equipado com apoio do MPSC, voltando a funcionar depois de mais de dois anos de interdição pela Anvisa. Estávamos procurando a viabilidade de contratar um especialista na produção, tanto de ervas como de medicamentos, bem como transformar o horto em um jardim de plantas medicinais aberto à visitação”.

Ambiarte

“Este espaço para trabalhos com material reciclado deverá ser reformado, também com apoio da MPSC. A previsão era iniciar em agosto”.

Escola Ambiental

“Em adequação do projeto já apresentado à nossa realidade. Já existe uma verba destinada, também pelo MPSC e a sua construção está prevista ainda para este ano”.

Recicla BC

“Um ambicioso projeto de reciclagem a ser implantado em nossa cidade em parceria com a secretaria da Educação, Inclusão Social e empresa Ambiental, em andamento”.

Central de Reciclagem

“Projeto de engenharia pronto na fase de licenciamento, previsão de construção no início de 2020”.

Ecopontos

“Um implantado na praça Higino Pio e mais três serão ativados nos bairro da Barra e Nações e na Terceira Avenida”.

Novas cooperativas

“Apoiamos a criação de novas cooperativas para que, em conjunto com o município e Ambiental façam a gestão da nova central de reciclagem”.

Posto de Entrega Voluntária

“É um projeto em andamento, inicia a construção esta semana na secretaria de Obras. É um local para depositar pequenas quantidades de resíduos da construção civil e lixo volumoso (móveis). Junto desta estrutura será implantado o container de recolhimento para pilhas, lâmpadas”.

Parque Ecológico

“Depois de 20 anos, o Parque Ecológico conquistou o seu Plano de Manejo, que servirá de base para todas as implantações, reformas e novas estruturas a serem construídas. Certamente daqui a duas décadas esse será o nosso Central Park”.

Ike fez questão de ressaltar que a maioria dos projetos de sucesso da secretaria contaram com apoio fundamental do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e da iniciativa privada. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade