Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Presença indígena no verão é tema de reunião entre órgãos públicos

A reunião foi uma chamada do CESFI

Sexta, 24/5/2019 14:12.
Júlia Peixoto

Publicidade

(Daniele Sisnandes) - O vereador Lucas Gotardo participou de uma reunião nesta quinta-feira (23), no Centro de Educação Superior da Foz do Itajaí (CESFI), para tratar sobre a presença indígena em Balneário Camboriú no verão.

A reunião foi solicitada pela direção do CESFI, ligado à Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e foi organizada através do gabinete do vereador.

Diversos órgãos foram convidados, entre eles setores da Prefeitura, Ministério Público, Ministério Público Federal e Funai.

O terreno onde os indígenas acampam no verão é da Udesc, mas a universidade vai precisar usá-lo. Além disso, há algumas reclamações pontuais de vizinhos.

“O encontro foi positivo. Agora vamos avançar na pauta, buscando a participação de outros setores cruciais, incluindo as tribos, para garantir o diálogo democrático sobre o tema”, comentou Lucas.

O gabinete de Lucas Gotardo deve articular em breve um novo encontro. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Presença indígena no verão é tema de reunião entre órgãos públicos

Júlia Peixoto

Publicidade

Sexta, 24/5/2019 14:12.

(Daniele Sisnandes) - O vereador Lucas Gotardo participou de uma reunião nesta quinta-feira (23), no Centro de Educação Superior da Foz do Itajaí (CESFI), para tratar sobre a presença indígena em Balneário Camboriú no verão.

A reunião foi solicitada pela direção do CESFI, ligado à Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e foi organizada através do gabinete do vereador.

Diversos órgãos foram convidados, entre eles setores da Prefeitura, Ministério Público, Ministério Público Federal e Funai.

O terreno onde os indígenas acampam no verão é da Udesc, mas a universidade vai precisar usá-lo. Além disso, há algumas reclamações pontuais de vizinhos.

“O encontro foi positivo. Agora vamos avançar na pauta, buscando a participação de outros setores cruciais, incluindo as tribos, para garantir o diálogo democrático sobre o tema”, comentou Lucas.

O gabinete de Lucas Gotardo deve articular em breve um novo encontro. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade