Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Indicações que beneficiam mercado imobiliário estão na pauta de hoje na Câmara

Terça, 25/6/2019 16:43.
Divulgação

Publicidade

(Katya Santos) Estão na pauta da sessão ordinária desta terça-feira, 25, duas indicações que favorecem o mercado imobiliário da cidade.

Uma delas diz respeito ao estudo da viabilidade para redução da alíquota do ITBI - Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, de 3% para 2%, o que segundo o autor da indicação, vereador Omar Tomalih, favorecerá tanto os corretores quanto os investidores de imóveis.

“O setor imobiliário é o que mais movimenta a economia local, então reduzir o valor da alíquota significa reaquecer o setor que é de extrema relevância ao município.”, justificou Tomalih.

Além disso, o parlamentar afirma que diversas cidades já possuem a alíquota de 2%, e seria interessante Balneário Camboriú se adequar ao padrão da região, o que poderá tornar o mercado imobiliário da cidade ainda mais competitivo.

Outra proposição assinada pelo vereador, que tramita na casa hoje, diz respeito a implantação de um balcão de atendimento exclusivo para corretores imobiliários, na prefeitura, no período da manhã.

“O objetivo é facilitar o trabalho destes profissionais, e agilizar as negociações imobiliárias que são de tanta relevância para o município” disse Tomalih, uma vez que esse segmento possui grande demanda de procedimentos administrativos dependendo da prefeitura. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Indicações que beneficiam mercado imobiliário estão na pauta de hoje na Câmara

Publicidade

Terça, 25/6/2019 16:43.

(Katya Santos) Estão na pauta da sessão ordinária desta terça-feira, 25, duas indicações que favorecem o mercado imobiliário da cidade.

Uma delas diz respeito ao estudo da viabilidade para redução da alíquota do ITBI - Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, de 3% para 2%, o que segundo o autor da indicação, vereador Omar Tomalih, favorecerá tanto os corretores quanto os investidores de imóveis.

“O setor imobiliário é o que mais movimenta a economia local, então reduzir o valor da alíquota significa reaquecer o setor que é de extrema relevância ao município.”, justificou Tomalih.

Além disso, o parlamentar afirma que diversas cidades já possuem a alíquota de 2%, e seria interessante Balneário Camboriú se adequar ao padrão da região, o que poderá tornar o mercado imobiliário da cidade ainda mais competitivo.

Outra proposição assinada pelo vereador, que tramita na casa hoje, diz respeito a implantação de um balcão de atendimento exclusivo para corretores imobiliários, na prefeitura, no período da manhã.

“O objetivo é facilitar o trabalho destes profissionais, e agilizar as negociações imobiliárias que são de tanta relevância para o município” disse Tomalih, uma vez que esse segmento possui grande demanda de procedimentos administrativos dependendo da prefeitura. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade