Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Vereador Meirinho sugere festivais de luzes e projeções visuais em Balneário Camboriú

Segunda, 24/6/2019 17:55.
Reprodução
Vivid Sydney

Publicidade

O vereador André Meirinho protocolou uma indicação ao governo municipal para que promova estudos para possível implantação de festivais de luzes e projeções visuais em Balneário Camboriú, inclusive no réveillon e em outras datas festivas, a exemplo dos que ocorrem em diversos lugares pelo mundo.

Ele pesquisou sobre o assunto e destacou os eventos que acontecem em Berlim e Frankfurt, na Alemanha, e Sidney na Austrália, que atraem a atenção do público, através da interação de luzes projetadas e arquitetura urbana.

Segundo dados que encontrou, o Vivid Sydney (foto) do ano de 2012 atraiu mais de 500 mil visitantes para a exposição e eventos ao ar livre, gerando cerca de U$ 10 milhões em renda para o estado, enquanto Vivid 2013 atraiu mais de 800 mil visitantes, contribuindo com mais de U$ 20 milhões para a economia. Em 2017, o evento atraiu um recorde de 2,33 milhões de participantes e injetou mais de US$ 143 milhões na economia de visitantes da NSW, a agência de eventos e turismo do Governo.

“O público gosta de festivais, espetáculos com esses aspectos.

São atrações que incrementam a economia, movimentam a cidade e gera mídias espontâneas através de conteúdos compartilhados nas redes sociais. Quem sabe uma oportunidade para testar esse tipo de atração seria agregar esses efeitos de luzes ao nosso réveillon”, sugeriu o vereador. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução
Vivid Sydney
Vivid Sydney

Vereador Meirinho sugere festivais de luzes e projeções visuais em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 24/6/2019 17:55.

O vereador André Meirinho protocolou uma indicação ao governo municipal para que promova estudos para possível implantação de festivais de luzes e projeções visuais em Balneário Camboriú, inclusive no réveillon e em outras datas festivas, a exemplo dos que ocorrem em diversos lugares pelo mundo.

Ele pesquisou sobre o assunto e destacou os eventos que acontecem em Berlim e Frankfurt, na Alemanha, e Sidney na Austrália, que atraem a atenção do público, através da interação de luzes projetadas e arquitetura urbana.

Segundo dados que encontrou, o Vivid Sydney (foto) do ano de 2012 atraiu mais de 500 mil visitantes para a exposição e eventos ao ar livre, gerando cerca de U$ 10 milhões em renda para o estado, enquanto Vivid 2013 atraiu mais de 800 mil visitantes, contribuindo com mais de U$ 20 milhões para a economia. Em 2017, o evento atraiu um recorde de 2,33 milhões de participantes e injetou mais de US$ 143 milhões na economia de visitantes da NSW, a agência de eventos e turismo do Governo.

“O público gosta de festivais, espetáculos com esses aspectos.

São atrações que incrementam a economia, movimentam a cidade e gera mídias espontâneas através de conteúdos compartilhados nas redes sociais. Quem sabe uma oportunidade para testar esse tipo de atração seria agregar esses efeitos de luzes ao nosso réveillon”, sugeriu o vereador. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade