Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Evaldo é promovido a coronel, mas pode concorrer a prefeito de Balneário Camboriú

Ele disse ao Página 3 que vai fazer o que o governador mandar

Quinta, 8/8/2019 8:26.
Redes sociais.
Evaldo, à direita, com o vereador Piruka, frequentemente apontado como potencial candidato a vice na chapa à prefeitura.

Publicidade

O tenente-coronel Evaldo Hoffmann será promovido a coronel da Polícia Militar de Santa Catarina nesta sexta-feira (9) em solenidade no Centro de Ensino do Corpo de Bombeiros no bairro Trindade em Florianópolis e terá diante de si a perspectiva de aspirar o Comando Geral da corporação ou concorrer a prefeito de Balneário Camboriú no ano que vem.

Evaldo, ex-comandante do 12o Batalhão da Polícia Militar, morador de Balneário Camboriú, disse ao Página 3 na manhã desta quinta-feira que "milico cumpre missão e vou cumprir a missão que o governador me determinar”.

O novo coronel da PM contou que ele e o governador falam frequentemente sobre a perspectiva de uma candidatura em Balneário Camboriú.

O governador foi eleito na “onda Bolsonaro” e a ideia desse grupo político alinhado mais à direita é se consolidar nas eleições do ano que vem, tentando repetir nas urnas municipais, em todo o país, o fenômeno nacional.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Redes sociais.
Evaldo, à direita, com o vereador Piruka, frequentemente apontado como potencial candidato a vice na chapa à prefeitura.
Evaldo, à direita, com o vereador Piruka, frequentemente apontado como potencial candidato a vice na chapa à prefeitura.

Evaldo é promovido a coronel, mas pode concorrer a prefeito de Balneário Camboriú

Ele disse ao Página 3 que vai fazer o que o governador mandar

Publicidade

Quinta, 8/8/2019 8:26.

O tenente-coronel Evaldo Hoffmann será promovido a coronel da Polícia Militar de Santa Catarina nesta sexta-feira (9) em solenidade no Centro de Ensino do Corpo de Bombeiros no bairro Trindade em Florianópolis e terá diante de si a perspectiva de aspirar o Comando Geral da corporação ou concorrer a prefeito de Balneário Camboriú no ano que vem.

Evaldo, ex-comandante do 12o Batalhão da Polícia Militar, morador de Balneário Camboriú, disse ao Página 3 na manhã desta quinta-feira que "milico cumpre missão e vou cumprir a missão que o governador me determinar”.

O novo coronel da PM contou que ele e o governador falam frequentemente sobre a perspectiva de uma candidatura em Balneário Camboriú.

O governador foi eleito na “onda Bolsonaro” e a ideia desse grupo político alinhado mais à direita é se consolidar nas eleições do ano que vem, tentando repetir nas urnas municipais, em todo o país, o fenômeno nacional.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade