Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Moradora de Balneário se infiltra em reunião no IFC, por causa de política

Quarta, 24/10/2018 8:43.

A moradora de Balneário Camboriú Dileta Corrêa Silva tentou se passar por outra pessoa em uma reunião na tarde desta quarta-feira (24), no Instituto Federal Catarinense, Campus Camboriú.

Dileta, que é integrante do PSL, e inclusive concorreu as últimas eleições como candidata a deputada federal, escreveu em seu perfil na rede social Facebook: “estou na reunião dos comunas dentro do Instituto Federal em Camboriú”.

Indagada por uma internauta sobre o que estaria fazendo ali, a pesselista respondeu: “Sabes porque a esquerda ganhou força? Porque nós ficamos calados, se tivéssemos "interrompido as reuniões" deles a anos atrás, o Brasil não estaria nesta situação, muito menos nossas crianças e jovens doutrinados”, escreveu.

Dileta fez uma transmissão ao vivo por vários minutos de uma reunião que acontecia no campus, mas em nenhum momento o assunto eleições foi registrado. Em determinado momento, uma pessoa percebe que ela está filmando e pede para ela se identificar.

Dileta afirmou que era professora novata, e deu um nome falso. Ela continuou, afirmando que era de Araquari e estaria ali porque estaria pensando em se sindicalizar.

Depois disso, a reunião foi pausada e ela recebeu ordem para que deixasse o local.

Em seguida ela escreveu: “paramos a reunião da comunada!! Vão doutrinar e falar mal da polícia na casa da mãe deles”, exclamou.

O que diz o IFC

O IFC Camboriú informou, através da assessoria de imprensa, que está apurando o caso e deve se manifestar em nota.


Leia mais:

DCE do IFC emite nota de repúdio por "invasão e coação"

Executiva municipal do PSL repudia invasão no IFC

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Geral

A organização estima a participação de 5 mil fiéis


Geral

 Igreja Luterana, Igreja Matriz Sta Inês, Capela Santa Catarina de Alexandria, Paróquia São Sebastião


Opinião

Por Felipe Gustavo Koch Buttelli


Cidade

As bandeiras voltam a ser hasteadas na temporada


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Moradora de Balneário se infiltra em reunião no IFC, por causa de política

Publicidade

Quarta, 24/10/2018 8:43.

A moradora de Balneário Camboriú Dileta Corrêa Silva tentou se passar por outra pessoa em uma reunião na tarde desta quarta-feira (24), no Instituto Federal Catarinense, Campus Camboriú.

Dileta, que é integrante do PSL, e inclusive concorreu as últimas eleições como candidata a deputada federal, escreveu em seu perfil na rede social Facebook: “estou na reunião dos comunas dentro do Instituto Federal em Camboriú”.

Indagada por uma internauta sobre o que estaria fazendo ali, a pesselista respondeu: “Sabes porque a esquerda ganhou força? Porque nós ficamos calados, se tivéssemos "interrompido as reuniões" deles a anos atrás, o Brasil não estaria nesta situação, muito menos nossas crianças e jovens doutrinados”, escreveu.

Dileta fez uma transmissão ao vivo por vários minutos de uma reunião que acontecia no campus, mas em nenhum momento o assunto eleições foi registrado. Em determinado momento, uma pessoa percebe que ela está filmando e pede para ela se identificar.

Dileta afirmou que era professora novata, e deu um nome falso. Ela continuou, afirmando que era de Araquari e estaria ali porque estaria pensando em se sindicalizar.

Depois disso, a reunião foi pausada e ela recebeu ordem para que deixasse o local.

Em seguida ela escreveu: “paramos a reunião da comunada!! Vão doutrinar e falar mal da polícia na casa da mãe deles”, exclamou.

O que diz o IFC

O IFC Camboriú informou, através da assessoria de imprensa, que está apurando o caso e deve se manifestar em nota.


Leia mais:

DCE do IFC emite nota de repúdio por "invasão e coação"

Executiva municipal do PSL repudia invasão no IFC

Publicidade

Publicidade