Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Conheça os novos cidadãos honorários e beneméritos de Balneário Camboriú

Terça, 17/7/2018 17:23.
Márcio Gonçalves

Publicidade

Por Raquel Sander

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú entregou, em sessão solene nesta segunda-feira (16), títulos de Cidadão Honorário a dez personalidades – Artur Nitz, Delmo Dumke, Eduardo Haroldo de Lima, Eroni Foresti, Fabiano Batista da Silva, Gert Hering, José Fernandes Neto, Luiz Sergio Hasselmann, Silvia da Silva Moura e Vilmar Renato Machiavelli – e de Cidadão Benemérito a quatro personalidades – Fábio Francisco Flor, Gilmar Edson Koeddermann, Isaque de Borba Corrêa e Osvaldo José Pereira.

Confira a biografia dos novos cidadãos honorários e beneméritos de Balneário Camboriú:

Artur Nitz

Filho de Erwin Nitz e Maria de Lourdes Nitz, Artur Nitz nasceu em Lages, no planalto catarinense, no dia 20 de agosto de 1960. É casado com Grace Kelly Gaspra Nitz e tem quatro filhos: Artur, Vinícius, Vitor e João.Artur Nitz reside em Balneário Camboriú desde 1973. Estudou na Escola Estadual Básica presidente João Goulart, formou-se no curso de Direito pela Universidade do Vale do Itajaí, em 1984, e tem pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.Ingressou na Polícia Civil no ano de 1990. Ao longo da sua carreira, atuou nas comarcas catarinenses de Cunha Porã, Brusque, Urussanga, Curitibanos, Florianópolis, Criciúma, Balneário Camboriú e Itajaí.Exerceu o cargo de Delegado Regional de Curitibanos, de 1999 a 2001, e foi Assessor do Secretário de Segurança nos anos de 2001 e 2002. Assumiu a função de Diretor de Polícia do Litoral, com competência sobre a região litorânea catarinense, no período de 2011 a 2014, e também foi membro do Conselho Superior da Polícia Civil de Santa Catarina, na gestão 2013-2014.Como Delegado Geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Artur Nitz comandou a corporação no estado de 2015 a 2018. E em fevereiro deste ano, assumiu novamente o cargo de Diretor de Polícia do Litoral.

Delmo Dumke

Delmo Dumke, filho de Evelásio Dumke e Maria das Neves Silva Dumke, nasceu no município catarinense de Rio do Sul, no dia 26 de dezembro de 1957. É casado com Marlene Forlin Dumke e tem duas filhas: Monique e Morgana.Cursou o ensino básico na Escola Estadual Básica Presidente João Goulart, em Balneário Camboriú, e o ensino médio no Colégio Salesiano, em Itajaí. Em 1984, formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina. É Pós-Graduado em Ginecologia e Pós-Graduado em Obstetrícia, pela Santa Casa do Rio de Janeiro, e também Pós-Graduado em Administração Hospitalar, pela Universidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.Delmo Dumke exerceu o cargo de secretário municipal da Saúde de Balneário Camboriú, no período entre 1989 a 1992; foi sócio fundador do Centro Médico Catarinense, em 1992, e da Maternidade Santa Luíza, em 2002, na qual foi Presidente por três anos. Também presidiu o Sindicato dos Médicos de Santa Catarina – Regional de Balneário Camboriú por três mandatos e foi Delegado do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina por dois mandatos, totalizando 10 anos na delegacia de Itajaí. Atualmente, é Vice-Presidente da Associação Catarinense de Medicina Regional de Balneário Camboriú.Desde 1987, exerce a profissão de médico em Balneário Camboriú. Ele trabalhou por 10 anos na rede Pública de Saúde deste município, e aproximadamente por 15 anos, no Hospital Santa Inês, na maternidade, em atendimento pelo Sistema Único de Saúde. Delmo Dumke ainda atuou em atividades voluntárias no município, como membro do Lions Clube Balneário Camboriú Barra Sul.

Eduardo Haroldo de Lima

Eduardo Haroldo de Lima, filho de Haroldo Isidoro de Lima e Eliete Caetano de Lima, nasceu na capital catarinense, Florianópolis, no dia 5 de dezembro de 1974. É casado com Fernanda Cordeiro e tem um filho, Arthur.Eduardo fez o curso de Formação de Oficiais na Academia da Polícia Militar de Santa Catarina, em Florianópolis. Graduou-se em Direito, pela Universidade do Sul de Santa Catarina, em Tubarão. Tem Pós-graduação “Lato Sensu” em nível de especialização em Gestão Educacional e Metodologia do Ensino Interdisciplinar, pela Faculdade Dom Bosco, em Florianópolis, e Especialização em Gestão Pública com ênfase à Atividade de Bombeiro Militar, pela Universidade Estadual de Santa Catarina. Destaca-se, ainda, a sua formação no Curso de Comando e Estado-Maior do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina; no Curso de Especialização de Bombeiros para Oficiais e no Curso de Salvamento e Primeiros Socorros, pela Japan International Cooperation Agency.Eduardo Haroldo de Lima é Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Santa Catarina. Ele ocupou os cargos de Comandante do Pelotão de Bombeiros Militar de Orleans; Subcomandante do Grupamento de Busca e Salvamento; Comandante da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros; Chefe da Divisão de ensino do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina; Comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, todos em Florianópolis, e Comandante da 2ª Companhia do 13º Batalhão de Bombeiros Militar, em Itapema.Desde o dia 4 de março de 2014, é Comandante do 13º Batalhão de Bombeiros Militar em Balneário Camboriú, exercendo sua função com maestria e excelentes resultados para nosso município.

Eroni Foresti

Eroni Foresti, filho de Jatir Foresti e Inês Minella Foresti nasceu no dia 20 de maio de 1950, em Marau, no Rio Grande do Sul. É casado com Lilian Schauffert Foresti e tem cinco filhos: Patrícia, Eroni Jr, Rodrigo, Fabrício e Fabiano.Eroni Foresti graduou-se em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina, em 1983. Tem especializações em Medicina do Trabalho e em Medicina Legal; Especializações “Lato Sensu” em Medicina e Cirurgia Plástica Estética e em Cirurgia Geral. Também possui Mestrado em Saúde Coletiva, pela Universidade do Sul de Santa Catarina. A sua experiência na área de Medicina, tem atuação principalmente nos seguintes temas: Cirurgia, Medicina Legal, Medicina Ocupacional, Saúde Coletiva e Gestão em Saúde.No município de Balneário Camboriú, atuou como Secretário Municipal da Saúde e Saneamento, de 2015 a 2016; ocupou o cargo de Diretor Geral no Hospital Santa Inês, sob a Intervenção Municipal, em 2009; exerceu a função de Interventor no Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, em 2012, e também de diretor de divisão de saúde da Secretaria Municipal de Saúde, em 2013. Em sua trajetória profissional, ainda exerceu as atividades como Médico da Policia Militar do Estado de Santa Catarina de 1985 até 2015. Eroni Foresti foi professor titular da Universidade do Vale do Itajaí, nos cursos de Direito e de Medicina. Atualmente, é coordenador do curso de Pós-Graduação em Emergência e Urgências Médicas, em parceria com a Faculdade Avantis.Eroni Foresti é fundador e presidente da Cooperativa de Especialidades Médicas de Santa Catarina, a Coopemesc.

Fabiano Batista da Silva

Fabiano Batista da Silva, filho de Altino Antônio Lopes da Silva e Vera Gladis Soares Batista, nasceu no dia 27 de novembro de 1969, em Lages, no planalto catarinense. É casado com Fernanda Cristina Zipf e tem dois filhos: Lavínia e Nicolas.Fabiano mudou-se para Balneário Camboriú em 1992. Graduou-se em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí. É pós-graduado especialista em Direito Tributário, com ênfase na área pública; pós-graduado especialista em Direito Internacional Público e pós-graduado em nível de especialização em Direito penal e processual Penal, na Escola do Ministério Público de Santa Catarina.Profissional com sólida experiência na área empresarial, ele assessorou diversas empresas na região. Na área do direito público e eleitoral, prestou assessorias a políticos catarinenses das mais diversas agremiações partidárias e cargos eletivos. Fabiano Batista da Silva foi presidente da juventude do Partido Democrático Trabalhista/PDT, e vice-presidente do PDT de Balneário Camboriú. Ele também presidiu o Partido da Social Democracia Brasileira/PSDB, nesta cidade, em 2013.Em sua trajetória no município, exerceu os cargos e funções públicas de procurador jurídico da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú, a COMPUR; de assessor parlamentar e procurador jurídico da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú; de procurador jurídico do Conselho Tutelar de Balneário Camboriú e de Secretário da Administração Municipal de Camboriú, em 2004.

Fábio Francisco Flôr

Fábio Francisco Flôr, filho de Manoel Otávio Flôr e Arlete da Silva, nasceu em Balneário Camboriú, no dia 21 de dezembro de 1975. É casado com Patrícia Splitter e tem dois filhos: Gustavo e Gabriela.Ainda muito jovem, trabalhou como vendedor ambulante na praia central de Balneário Camboriú. Aos 16 anos teve seu primeiro trabalho com carteira assinada como escriturário na empresa Distribuidora de Alimentos União. Depois, atuando em empresas contábeis, aliou o trabalho ao estudo e graduou-se no curso de Contabilidade. Fábio abriu seu próprio escritório, fundando a Contabilidade F3, com início de suas atividades em 2001.Atuou em movimentos sociais e comunitários, como presidente do Grêmio Estudantil do Colégio Antônio Lúcio, em 1993; membro da Associação de Moradores do Bairro das Nações, e também presidiu o Nações Esporte Clube.Fábio Flor exerceu dois mandatos como vereador de Balneário Camboriú: na 10ª Legislatura, de 2005 a 2008, pelo Partido Trabalhista Brasileiro/PTB, e na 12ª Legislatura, de 2013 a 2016, pelo Partido Progressista/PP. Ele ainda participou dos pleitos eleitorais de 2008 e 2016, como candidato a vice-prefeito do município, e nas eleições de 2010 e 2014, candidatou-se como deputado estadual.Na Prefeitura de Balneário Camboriú exerceu os cargos de secretário da Fazenda, entre os anos de 2010 a 2012, e de Secretário de Planejamento e Gestão Orçamentária, de 2015 a 2016. Na sua trajetória política destaca-se, ainda, o exercício do mandato como deputado estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no ano de 2016, visando ações de interesse da comunidade balneocamboriuense.

Gert Hering

Gert Hering, filho de Francisco e Irma Hering, nasceu no dia 25 de junho de 1935, na cidade de Blumenau. É casado com Yara Hering, tem três filhos: Cynthia, Gert e Claudia, quatro netos: Anna, Thiago, Laudelino e Francisco, e uma bisneta: Alice.Em 1961, já estava em Camboriú exercendo a atividade de pescador de camarão. No ano seguinte, iniciou como instrutor de Educação Física no Colégio Agrícola, e em 1971, começou os preparativos para a implantação de um museu dentro desta instituição de ensino. Por esse motivo, foi convidado em 1972, pelo Prefeito Armando Ghislandi, para montar o Museu da Prefeitura, que está localizado hoje no Parque Cyro Gevaerd, o Zoológico da Santur.Ainda em 1972, foi assessor técnico voluntário da delegação de atletismo nos Jogos Abertos de Santa Catarina, o JASC, em Itajaí; e também foi técnico voluntário da delegação de atletismo nos JASC de São Bento do Sul, no ano de 1973. Por muitos anos, Gert Hering lecionou no Colégio João Goulart e Colégio Bruno Silva.Em função dos seus conhecimentos de primeiros socorros e reanimação de afogados, adquiridos no Exército, ele foi Chefe voluntário dos Salva-Vidas em Balneário Camboriú, em 1974, e também, foi, voluntariamente, membro consultor da Defesa Civil. Gert ainda exerceu outras atividades voluntárias como a de instrutor da banda municipal, em 1975, e de coordenador de trânsito de Balneário Camboriú, em 1976.Destaca-se a sua participação como assessor do Padre Raulino Reitz, em 1977, no achado e escavações de sambaquis na praia de Laranjeiras. Após 42 anos de trabalho para a conclusão do acervo do museu, Gert Hering novamente participa voluntariamente como Conselheiro da Fundação Cultural de Balneário Camboriú e Conselheiro Fiscal e Administrativo do atual BCPREVI, o Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Balneário Camboriu. Entre os três museus do Parque Cyro Gevaerd, o Museu Gert Hering é o que possui o maior acervo, com espaços dedicados à fauna marinha, arqueologia, fauna terrestre e morfologia óssea.

Gilmar Edson Koeddermann

Gilmar Edson Koeddermann, filho de Carlos Henrique Koeddermann e Maria Francisca, nasceu no dia 24 de agosto de 1962, quando Balneário Camboriú era ainda o distrito da Praia, pertencente ao município de Camboriú. É casado com Leonir Aparecida Koeddermann, tem duas filhas e uma neta.Gil Koeddermann, como é conhecido, graduou-se em direito pela Universidade do Vale do Itajaí. É pós-graduado e especialista em direito ambiental, possui MBA em auditoria e perícia ambiental, com habilitação para docência do ensino superior e tem graduação em gestão e tecnologia ambiental. Gil também é mestrando em estudos ambientais e doutorando em direito privado, com foco ambiental/empresarial, pela Universidade de Ciências Econômicas e Sociais de Buenos Aires.Atualmente, é diretor presidente da Koeddermann Consultores Associados; consultor técnico ambiental do SINDUSCOM de Balneário Camboriú; consultor técnico ambiental permanente nas empresas da construção civil, mineração, derivados de petróleo, incorporadoras, loteadoras, hotéis, marinas e transportes de produtos perigosos. Gil é membro efetivo da comissão nacional do meio ambiente (CMA/CBIC), de Brasília/DF e vice-presidente do conselho municipal de meio ambiente de Balneário Camboriú.Gil Koedderman exerceu o mandato de vereador em Balneário Camboriú na 8ª Legislatura, de 1997 a 2000, e na 9ª Legislatura, de 2001 a 2004. Na administração pública ocupou vários cargos, como secretário de estado (chefe de gabinete) no Governo do Estado de Santa Catarina (2010/2011); diretor de proteção dos ecossistemas da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina/FATMA e presidente da câmara técnica estadual de compensação ambiental na FATMA (2007/2008). Exerceu cargos de secretário em várias secretarias municipais de Balneário Camboriú, nos anos 90, e foi assessor parlamentar da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, em 2007.Foi presidente da executiva municipal do PSDB de Balneário Camboriú, em 2006/2007. Nas atividades comunitárias, presidiu a comissão municipal de defesa civil (1999/2000); foi membro fundador: do comitê da bacia ecológica do Rio Camboriú; da Fundação Rodesindo Pavan; da associação ecológica comunitária do Rio Camboriú; foi membro fundador e presidente da União das Associações de Moradores de Balneário Camboriú (1990/1994) , e também, da Associação de Moradores do Bairro Vila Real, de 1989 até 1993. Ele ainda presidiu o conselho municipal de turismo (1994/1996) e o conselho municipal de assistência social de Balneário Camboriú (1993/1994); foi secretário executivo da APAE/BC (1990/1991) e membro do conselho municipal de saúde de Balneário Camboriú (1990/1992).Na área privada prestou significativa contribuição à sociedade, atuando como colunista político e desenvolvendo também relevante papel em rádios da região.

Isaque de Borba Corrêa

Isaque de Borba Corrêa, descendente de pescadores e antigos povoadores da região do Canto da Praia, é filho de Germano Correa e Almira de Borba Correa. Isaque nasceu no dia 13 de novembro de 1960, quando Balneário Camboriú era ainda o distrito da Praia, pertencente ao município de Camboriú. É casado com Solange da Silva Borba Corrêa e tem dois filhos, Tárcila e Raôni.Há mais de trinta anos, Isaque de Borba Corrêa estuda e cuida da história e memória de nossa cidade, resultando na criação dos arquivos históricos de Camboriú e Balneário Camboriú. Suas pesquisas em diversas áreas geraram 18 livros editados e publicados, alguns em mais de uma edição, outros em parcerias com escritores e em antologias. Isaque também é prefaciante de muitas outras obras literárias.Possui centenas de artigos publicados em vários jornais e revistas. Seus trabalhos, sempre voltados para a pesquisa, já foram utilizados em mais de 60 teses de conclusão de curso de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado.Isaque de Borba Corrêa é membro das academias de letras de Balneário Camboriú e Florianópolis, além de membro e sócio correspondente de diversos institutos culturais. Ele também é criador e mantenedor do roteiro turístico Caminho de Santa Paulina.Atualmente, Isaque de Borba Corrêa é ativista cultural e um dos protagonistas do movimento criador da Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú.

José Fernandes Neto

José Fernandes Neto, filho de Luis Fernandes e Irene Beckert Fernandes, nasceu no dia 5 de janeiro de 1950, em Itajaí. É casado com Marilúcia e tem dois filhos. Em janeiro de 1962, José Fernandes Neto, conhecido como Zeca, mudou-se para Balneário Camboriú. Ele formou-se em Contabilidade e Secretariado, no ano de 1968, em Curitiba, no Paraná. Em 1974, graduou-se em Direito pela antiga Fepevi, atualmente a Universidade do Vale do Itajaí.O comerciante, José Fernandes Neto, contribuiu para o crescimento de Balneário Camboriú atuando no ramo de gastronomia, como proprietário do tradicional Restaurante Rancho do Baturité, na Avenida Atlântica. Outros pontos gastronômicos sob seu comando, também fazem parte da história comercial do município, como o Restaurante O Bistekão, na Avenida Atlântica; o Restaurante Amarelo Vinte, na Avenida Central; o Buteko do Zeka, na Praia de Laranjeiras e o Snack 81, na Rua 3300 e na Rua Chile.José Fernandes Neto atua, desde 1989, como despachante de trânsito no estabelecimento de sua propriedade, o Zeka Despachante. No estado e no Brasil, Zeca teve uma participação ativa como secretário da Associação dos Despachantes de Santa Catarina, de 1993 a 1995 e membro da Câmara Temática Mercosul, na Federação Nacional dos Despachantes, no Rio de Janeiro, de 1996 a 1999. Ele também exerceu o cargo de secretário do Conselho de Administração da Associação dos Despachantes de Santa Catarina, no período de 1999 a 2002.Atualmente, José Fernandes Neto é Presidente da Cooperativa de Crédito dos Despachantes de Trânsito de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o SICOOB-Creditran, com sede em Florianópolis desde 2000, e um dos fundadores da cooperativa.

Luiz Sergio Hasselmann

Luiz Sergio Hasselmann, filho de João Hasselmann e Leny Lemos Hasselmann, nasceu no dia 2 de setembro de 1954, em Curitiba, na capital paranaense. Mudou-se para o município de Balneário Camboriú por meados de 1979, onde fundou a Tecnika Construções e Incorporações Ltda, empresa que atuou dinamicamente no mercado imobiliário da cidade.Em 1984, fundou também a Água Mineral Rio do Ouro, empresa verticalizada que produzia as embalagens e envasava água mineral, para o mercado interno e exportação para os Estados Unidos, sendo considerada uma empresa modelo do setor, em nível nacional. No ano de 1994, a Água Mineral Rio do Ouro foi vendida.Além de empreendedor, Luiz Sergio Hasselmann exerceu o cargo de secretário de turismo de Balneário Camboriú, na gestão do prefeito Luiz Castro. Por muitos anos, ele participou da diretoria do Sindicato da Construção Civil de Balneário Camboriú, o Sinduscon. Foi também um dos fundadores da Intersindical, tendo papel de liderança nas ações que culminaram com a implementação, em nossa cidade, do Batalhão da Polícia Militar, da Delegacia Regional e do Comando do Policiamento do Litoral.Luiz Sergio Hasselmann oportunizou e gerou empregos contribuindo para o desenvolvimento local, e também participou ativamente de ações sociais e beneficentes através de sua empresa Água Mineral Rio do Ouro.

Osvaldo José Pereira

Osvaldo José Pereira, filho de José Saturnino Pereira e Maria Eunata Pereira, nasceu na cidade de Camboriú, no dia 27 de março de 1955. É casado com a sra Elisandra Santos, tem três filhos e um neto.É contador e há mais de 40 anos morador do Bairro das Nações. Ao longo de sua vida profissional e pessoal, ocupou diversas funções. Foi eleito vereador e cumpriu o mandato na 6ª Legislatura da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, no período de 1989 a 1992. Também exerceu a vereança no município na 7ª Legislatura como 1º suplente do MDB.Osvaldo José Pereira foi um dos fundadores da Associação Profissional de Contabilistas de Balneário Camboriú, em 1981. Também foi um dos fundadores e presidente do Lions Clube Balneário Camboriú Barra Sul, do Clube Ariribá e a festa tradicional realizada no município entre os anos de 1987 a 1996, denominada JULIFEST.

Silvia da Silva Moura

Silvia da Silva Moura, filha de Bernardino Fernandes da Silva e Emilia Maria de Castro, nasceu em Rio Branco do Sul, no Paraná, no dia 24 de junho de 1918. Foi criada em Curitiba, e lá estudou até o ensino fundamental. Dona Silvia trabalhou em algumas fábricas, entre outros empregos. É mãe de duas filhas: Emília e Arlete, criou dois enteados: Orlando e Salete, possui nove netos e oito bisnetos.Parte de sua família chegou em Balneário Camboriú antes de 1983. Com o nascimento de mais uma neta, Dona Silvia decidiu vir com seu esposo para a cidade, no ano de 1984, para ajudar sua filha, e se estabeleceu na Rua Uruguai, no Bairro das Nações, onde mora até hoje. Foi neste município que ela se juntou aos grupos da terceira idade que a ajudaram a construir aqui, grandes amizades e a ter uma vida ativa. Por volta dos seus 93 anos, ela fraturou a coluna e precisou afastar-se de todas as atividades de costume, bem como, de suas tarefas diárias, causando problemas de depressão. Mas a família de Dona Sílvia ajudou-a na busca de um tratamento para mudar este quadro.Em 2018, Dona Sílvia completou 100 anos com muita saúde e amigos em sua volta. Hoje, é dona de casa, frequenta as aulas de ginástica do grupo da terceira idade no município, costura com o grupo de senhoras na Igreja São Sebastião e participa de um grupo de lazer que se reúne para jogar bingo.E Dona Silvia compartilha a sabedoria que motiva sua vitalidade e disposição com uma frase de sua autoria: “O segredo é ter ânimo na vida, gostar das coisas que você faz, procurar amizades, não pensar no passado, viver no presente. O ruim você esquece e o bom você procura não esquecer.”

Vilmar Renato Machiavelli

Vilmar Renato Machiavelli, filho de Eurides Machiavelli e Cecília Barbieri Machiavelli, nasceu no dia 22 de julho de 1953, em Caçador, no oeste catarinense. É casado com Marta Helena Cella Machiavelli e tem dois filhos, Bruna e Gustavo.Na cidade de Caçador, Vilmar completou o segundo grau e trabalhou até aos 23 anos com seu pai. Em 1976, a convite da família Tedesco, veio morar em Balneário Camboriú para ser, até os dias atuais, um colaborador do Grupo Tedesco, na unidade da empresa no município.Vilmar Renato Machiavelli participou ativamente da implantação e desenvolvimento de equipamentos turísticos de Balneário Camboriú, que fazem parte da história da cidade como: o camping Camboriú, situado na Barra Sul; o Shopping de Verão, primeiro shopping do município; o Bondindinho e a Expressul, empresas responsáveis pelo transporte público e turístico de cidade até os dias atuais; o Parque Unipraias; o Tedesco Marina e o Atracadouro Barra Sul, instalação para receptivos de cruzeiros.Ao longo de sua trajetória, Vilmar envolveu-se em projetos sociais de caráter beneficente, e também se dedicou a manter uma prática de bom nível de relacionamento da empresa, para qual trabalha, com a comunidade balneocamburiense.

Quem indicou

O título de Cidadão Honorário para Artur Nitz foi concedido através do Decreto Legislativo 457/2018, proposto por todos os vereadores; o título para Delmo Dumke foi concedido através do Decreto Legislativo 465/2018, proposto pelo vereador Walter Baldi (PTB); o título para Eduardo Haroldo de Lima foi concedido através do Decreto Legislativo 459/2018, também proposto por todos os vereadores; o título para Eroni Foresti foi concedido através do Decreto Legislativo 463/2018, proposto pelo vereador Joceli Nazari (PPS); o título para Fabiano Batista da Silva foi concedido através do Decreto Legislativo 461/2018, proposto pelo vereador Aldemar Pereira/Bola (PSDB); o título para Gert Hering foi concedido através do Decreto Legislativo 438/2017, proposto pelo vereador Roberto Souza Junior (MDB); o título para José Fernandes Neto foi concedido através do Decreto Legislativo 455/2018, proposto pelo vereador Moacir Schmidt (PSDB); o título para Luiz Sergio Hasselmann foi concedido através do Decreto Legislativo 464/2018, proposto pelo vereador Alessandro Teco (PSB); o título para Silvia da Silva Moura foi concedido através do Decreto Legislativo 460/2018, proposto pelo vereador Patrick Machado (PDT); e o título para Vilmar Renato Machiavelli foi concedido através do Decreto Legislativo 456/2018, proposto pelo vereador Arlindo Cruz (MDB).

O título de Cidadão Benemérito para Fábio Francisco Flor foi concedido através do Decreto Legislativo 450/2018, proposto pelos vereadores André Meirinho (PP) e Nilson Probst (MDB); o título para Gilmar Edson Koeddermann foi concedido através do Decreto Legislativo 462/2018, proposto pelo vereador Aldemar Pereira/Bola; o título para Isaque de Borba Corrêa foi concedido através do Decreto Legislativo 454/2018, proposto pelos vereadores Aldemar Pereira/Bola e André Meirinho; e o título para Osvaldo José Pereira foi concedido através do Decreto Legislativo 453/2018, proposto pelo vereador Arlindo Cruz.

Fizeram uso da palavra os homenageados, os vereadores proponentes e alguns dos vereadores presentes, além do secretário municipal de articulação, Omar Tomalih (que estava representando o prefeito, Fabrício Oliveira), e o tenente coronel José Evaldo Hoffmann Júnior, comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC).

A mesa de honra foi composta por Tomalih, Hoffmann Júnior, pelo deputado estadual Leonel Pavan, e pelos vereadores integrantes da Mesa Diretora do Legislativo: Roberto Souza Junior, presidente; Gelson Rodrigues (PSB), vice-presidente; Pedro Francez (PR), 1º secretário; e André Meirinho, 2º secretário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Márcio Gonçalves

Conheça os novos cidadãos honorários e beneméritos de Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 17/7/2018 17:23.

Por Raquel Sander

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú entregou, em sessão solene nesta segunda-feira (16), títulos de Cidadão Honorário a dez personalidades – Artur Nitz, Delmo Dumke, Eduardo Haroldo de Lima, Eroni Foresti, Fabiano Batista da Silva, Gert Hering, José Fernandes Neto, Luiz Sergio Hasselmann, Silvia da Silva Moura e Vilmar Renato Machiavelli – e de Cidadão Benemérito a quatro personalidades – Fábio Francisco Flor, Gilmar Edson Koeddermann, Isaque de Borba Corrêa e Osvaldo José Pereira.

Confira a biografia dos novos cidadãos honorários e beneméritos de Balneário Camboriú:

Artur Nitz

Filho de Erwin Nitz e Maria de Lourdes Nitz, Artur Nitz nasceu em Lages, no planalto catarinense, no dia 20 de agosto de 1960. É casado com Grace Kelly Gaspra Nitz e tem quatro filhos: Artur, Vinícius, Vitor e João.Artur Nitz reside em Balneário Camboriú desde 1973. Estudou na Escola Estadual Básica presidente João Goulart, formou-se no curso de Direito pela Universidade do Vale do Itajaí, em 1984, e tem pós-graduação em Direito Penal e Processo Penal.Ingressou na Polícia Civil no ano de 1990. Ao longo da sua carreira, atuou nas comarcas catarinenses de Cunha Porã, Brusque, Urussanga, Curitibanos, Florianópolis, Criciúma, Balneário Camboriú e Itajaí.Exerceu o cargo de Delegado Regional de Curitibanos, de 1999 a 2001, e foi Assessor do Secretário de Segurança nos anos de 2001 e 2002. Assumiu a função de Diretor de Polícia do Litoral, com competência sobre a região litorânea catarinense, no período de 2011 a 2014, e também foi membro do Conselho Superior da Polícia Civil de Santa Catarina, na gestão 2013-2014.Como Delegado Geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Artur Nitz comandou a corporação no estado de 2015 a 2018. E em fevereiro deste ano, assumiu novamente o cargo de Diretor de Polícia do Litoral.

Delmo Dumke

Delmo Dumke, filho de Evelásio Dumke e Maria das Neves Silva Dumke, nasceu no município catarinense de Rio do Sul, no dia 26 de dezembro de 1957. É casado com Marlene Forlin Dumke e tem duas filhas: Monique e Morgana.Cursou o ensino básico na Escola Estadual Básica Presidente João Goulart, em Balneário Camboriú, e o ensino médio no Colégio Salesiano, em Itajaí. Em 1984, formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina. É Pós-Graduado em Ginecologia e Pós-Graduado em Obstetrícia, pela Santa Casa do Rio de Janeiro, e também Pós-Graduado em Administração Hospitalar, pela Universidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.Delmo Dumke exerceu o cargo de secretário municipal da Saúde de Balneário Camboriú, no período entre 1989 a 1992; foi sócio fundador do Centro Médico Catarinense, em 1992, e da Maternidade Santa Luíza, em 2002, na qual foi Presidente por três anos. Também presidiu o Sindicato dos Médicos de Santa Catarina – Regional de Balneário Camboriú por três mandatos e foi Delegado do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina por dois mandatos, totalizando 10 anos na delegacia de Itajaí. Atualmente, é Vice-Presidente da Associação Catarinense de Medicina Regional de Balneário Camboriú.Desde 1987, exerce a profissão de médico em Balneário Camboriú. Ele trabalhou por 10 anos na rede Pública de Saúde deste município, e aproximadamente por 15 anos, no Hospital Santa Inês, na maternidade, em atendimento pelo Sistema Único de Saúde. Delmo Dumke ainda atuou em atividades voluntárias no município, como membro do Lions Clube Balneário Camboriú Barra Sul.

Eduardo Haroldo de Lima

Eduardo Haroldo de Lima, filho de Haroldo Isidoro de Lima e Eliete Caetano de Lima, nasceu na capital catarinense, Florianópolis, no dia 5 de dezembro de 1974. É casado com Fernanda Cordeiro e tem um filho, Arthur.Eduardo fez o curso de Formação de Oficiais na Academia da Polícia Militar de Santa Catarina, em Florianópolis. Graduou-se em Direito, pela Universidade do Sul de Santa Catarina, em Tubarão. Tem Pós-graduação “Lato Sensu” em nível de especialização em Gestão Educacional e Metodologia do Ensino Interdisciplinar, pela Faculdade Dom Bosco, em Florianópolis, e Especialização em Gestão Pública com ênfase à Atividade de Bombeiro Militar, pela Universidade Estadual de Santa Catarina. Destaca-se, ainda, a sua formação no Curso de Comando e Estado-Maior do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina; no Curso de Especialização de Bombeiros para Oficiais e no Curso de Salvamento e Primeiros Socorros, pela Japan International Cooperation Agency.Eduardo Haroldo de Lima é Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Santa Catarina. Ele ocupou os cargos de Comandante do Pelotão de Bombeiros Militar de Orleans; Subcomandante do Grupamento de Busca e Salvamento; Comandante da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros; Chefe da Divisão de ensino do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina; Comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, todos em Florianópolis, e Comandante da 2ª Companhia do 13º Batalhão de Bombeiros Militar, em Itapema.Desde o dia 4 de março de 2014, é Comandante do 13º Batalhão de Bombeiros Militar em Balneário Camboriú, exercendo sua função com maestria e excelentes resultados para nosso município.

Eroni Foresti

Eroni Foresti, filho de Jatir Foresti e Inês Minella Foresti nasceu no dia 20 de maio de 1950, em Marau, no Rio Grande do Sul. É casado com Lilian Schauffert Foresti e tem cinco filhos: Patrícia, Eroni Jr, Rodrigo, Fabrício e Fabiano.Eroni Foresti graduou-se em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina, em 1983. Tem especializações em Medicina do Trabalho e em Medicina Legal; Especializações “Lato Sensu” em Medicina e Cirurgia Plástica Estética e em Cirurgia Geral. Também possui Mestrado em Saúde Coletiva, pela Universidade do Sul de Santa Catarina. A sua experiência na área de Medicina, tem atuação principalmente nos seguintes temas: Cirurgia, Medicina Legal, Medicina Ocupacional, Saúde Coletiva e Gestão em Saúde.No município de Balneário Camboriú, atuou como Secretário Municipal da Saúde e Saneamento, de 2015 a 2016; ocupou o cargo de Diretor Geral no Hospital Santa Inês, sob a Intervenção Municipal, em 2009; exerceu a função de Interventor no Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, em 2012, e também de diretor de divisão de saúde da Secretaria Municipal de Saúde, em 2013. Em sua trajetória profissional, ainda exerceu as atividades como Médico da Policia Militar do Estado de Santa Catarina de 1985 até 2015. Eroni Foresti foi professor titular da Universidade do Vale do Itajaí, nos cursos de Direito e de Medicina. Atualmente, é coordenador do curso de Pós-Graduação em Emergência e Urgências Médicas, em parceria com a Faculdade Avantis.Eroni Foresti é fundador e presidente da Cooperativa de Especialidades Médicas de Santa Catarina, a Coopemesc.

Fabiano Batista da Silva

Fabiano Batista da Silva, filho de Altino Antônio Lopes da Silva e Vera Gladis Soares Batista, nasceu no dia 27 de novembro de 1969, em Lages, no planalto catarinense. É casado com Fernanda Cristina Zipf e tem dois filhos: Lavínia e Nicolas.Fabiano mudou-se para Balneário Camboriú em 1992. Graduou-se em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí. É pós-graduado especialista em Direito Tributário, com ênfase na área pública; pós-graduado especialista em Direito Internacional Público e pós-graduado em nível de especialização em Direito penal e processual Penal, na Escola do Ministério Público de Santa Catarina.Profissional com sólida experiência na área empresarial, ele assessorou diversas empresas na região. Na área do direito público e eleitoral, prestou assessorias a políticos catarinenses das mais diversas agremiações partidárias e cargos eletivos. Fabiano Batista da Silva foi presidente da juventude do Partido Democrático Trabalhista/PDT, e vice-presidente do PDT de Balneário Camboriú. Ele também presidiu o Partido da Social Democracia Brasileira/PSDB, nesta cidade, em 2013.Em sua trajetória no município, exerceu os cargos e funções públicas de procurador jurídico da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú, a COMPUR; de assessor parlamentar e procurador jurídico da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú; de procurador jurídico do Conselho Tutelar de Balneário Camboriú e de Secretário da Administração Municipal de Camboriú, em 2004.

Fábio Francisco Flôr

Fábio Francisco Flôr, filho de Manoel Otávio Flôr e Arlete da Silva, nasceu em Balneário Camboriú, no dia 21 de dezembro de 1975. É casado com Patrícia Splitter e tem dois filhos: Gustavo e Gabriela.Ainda muito jovem, trabalhou como vendedor ambulante na praia central de Balneário Camboriú. Aos 16 anos teve seu primeiro trabalho com carteira assinada como escriturário na empresa Distribuidora de Alimentos União. Depois, atuando em empresas contábeis, aliou o trabalho ao estudo e graduou-se no curso de Contabilidade. Fábio abriu seu próprio escritório, fundando a Contabilidade F3, com início de suas atividades em 2001.Atuou em movimentos sociais e comunitários, como presidente do Grêmio Estudantil do Colégio Antônio Lúcio, em 1993; membro da Associação de Moradores do Bairro das Nações, e também presidiu o Nações Esporte Clube.Fábio Flor exerceu dois mandatos como vereador de Balneário Camboriú: na 10ª Legislatura, de 2005 a 2008, pelo Partido Trabalhista Brasileiro/PTB, e na 12ª Legislatura, de 2013 a 2016, pelo Partido Progressista/PP. Ele ainda participou dos pleitos eleitorais de 2008 e 2016, como candidato a vice-prefeito do município, e nas eleições de 2010 e 2014, candidatou-se como deputado estadual.Na Prefeitura de Balneário Camboriú exerceu os cargos de secretário da Fazenda, entre os anos de 2010 a 2012, e de Secretário de Planejamento e Gestão Orçamentária, de 2015 a 2016. Na sua trajetória política destaca-se, ainda, o exercício do mandato como deputado estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no ano de 2016, visando ações de interesse da comunidade balneocamboriuense.

Gert Hering

Gert Hering, filho de Francisco e Irma Hering, nasceu no dia 25 de junho de 1935, na cidade de Blumenau. É casado com Yara Hering, tem três filhos: Cynthia, Gert e Claudia, quatro netos: Anna, Thiago, Laudelino e Francisco, e uma bisneta: Alice.Em 1961, já estava em Camboriú exercendo a atividade de pescador de camarão. No ano seguinte, iniciou como instrutor de Educação Física no Colégio Agrícola, e em 1971, começou os preparativos para a implantação de um museu dentro desta instituição de ensino. Por esse motivo, foi convidado em 1972, pelo Prefeito Armando Ghislandi, para montar o Museu da Prefeitura, que está localizado hoje no Parque Cyro Gevaerd, o Zoológico da Santur.Ainda em 1972, foi assessor técnico voluntário da delegação de atletismo nos Jogos Abertos de Santa Catarina, o JASC, em Itajaí; e também foi técnico voluntário da delegação de atletismo nos JASC de São Bento do Sul, no ano de 1973. Por muitos anos, Gert Hering lecionou no Colégio João Goulart e Colégio Bruno Silva.Em função dos seus conhecimentos de primeiros socorros e reanimação de afogados, adquiridos no Exército, ele foi Chefe voluntário dos Salva-Vidas em Balneário Camboriú, em 1974, e também, foi, voluntariamente, membro consultor da Defesa Civil. Gert ainda exerceu outras atividades voluntárias como a de instrutor da banda municipal, em 1975, e de coordenador de trânsito de Balneário Camboriú, em 1976.Destaca-se a sua participação como assessor do Padre Raulino Reitz, em 1977, no achado e escavações de sambaquis na praia de Laranjeiras. Após 42 anos de trabalho para a conclusão do acervo do museu, Gert Hering novamente participa voluntariamente como Conselheiro da Fundação Cultural de Balneário Camboriú e Conselheiro Fiscal e Administrativo do atual BCPREVI, o Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Balneário Camboriu. Entre os três museus do Parque Cyro Gevaerd, o Museu Gert Hering é o que possui o maior acervo, com espaços dedicados à fauna marinha, arqueologia, fauna terrestre e morfologia óssea.

Gilmar Edson Koeddermann

Gilmar Edson Koeddermann, filho de Carlos Henrique Koeddermann e Maria Francisca, nasceu no dia 24 de agosto de 1962, quando Balneário Camboriú era ainda o distrito da Praia, pertencente ao município de Camboriú. É casado com Leonir Aparecida Koeddermann, tem duas filhas e uma neta.Gil Koeddermann, como é conhecido, graduou-se em direito pela Universidade do Vale do Itajaí. É pós-graduado e especialista em direito ambiental, possui MBA em auditoria e perícia ambiental, com habilitação para docência do ensino superior e tem graduação em gestão e tecnologia ambiental. Gil também é mestrando em estudos ambientais e doutorando em direito privado, com foco ambiental/empresarial, pela Universidade de Ciências Econômicas e Sociais de Buenos Aires.Atualmente, é diretor presidente da Koeddermann Consultores Associados; consultor técnico ambiental do SINDUSCOM de Balneário Camboriú; consultor técnico ambiental permanente nas empresas da construção civil, mineração, derivados de petróleo, incorporadoras, loteadoras, hotéis, marinas e transportes de produtos perigosos. Gil é membro efetivo da comissão nacional do meio ambiente (CMA/CBIC), de Brasília/DF e vice-presidente do conselho municipal de meio ambiente de Balneário Camboriú.Gil Koedderman exerceu o mandato de vereador em Balneário Camboriú na 8ª Legislatura, de 1997 a 2000, e na 9ª Legislatura, de 2001 a 2004. Na administração pública ocupou vários cargos, como secretário de estado (chefe de gabinete) no Governo do Estado de Santa Catarina (2010/2011); diretor de proteção dos ecossistemas da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina/FATMA e presidente da câmara técnica estadual de compensação ambiental na FATMA (2007/2008). Exerceu cargos de secretário em várias secretarias municipais de Balneário Camboriú, nos anos 90, e foi assessor parlamentar da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, em 2007.Foi presidente da executiva municipal do PSDB de Balneário Camboriú, em 2006/2007. Nas atividades comunitárias, presidiu a comissão municipal de defesa civil (1999/2000); foi membro fundador: do comitê da bacia ecológica do Rio Camboriú; da Fundação Rodesindo Pavan; da associação ecológica comunitária do Rio Camboriú; foi membro fundador e presidente da União das Associações de Moradores de Balneário Camboriú (1990/1994) , e também, da Associação de Moradores do Bairro Vila Real, de 1989 até 1993. Ele ainda presidiu o conselho municipal de turismo (1994/1996) e o conselho municipal de assistência social de Balneário Camboriú (1993/1994); foi secretário executivo da APAE/BC (1990/1991) e membro do conselho municipal de saúde de Balneário Camboriú (1990/1992).Na área privada prestou significativa contribuição à sociedade, atuando como colunista político e desenvolvendo também relevante papel em rádios da região.

Isaque de Borba Corrêa

Isaque de Borba Corrêa, descendente de pescadores e antigos povoadores da região do Canto da Praia, é filho de Germano Correa e Almira de Borba Correa. Isaque nasceu no dia 13 de novembro de 1960, quando Balneário Camboriú era ainda o distrito da Praia, pertencente ao município de Camboriú. É casado com Solange da Silva Borba Corrêa e tem dois filhos, Tárcila e Raôni.Há mais de trinta anos, Isaque de Borba Corrêa estuda e cuida da história e memória de nossa cidade, resultando na criação dos arquivos históricos de Camboriú e Balneário Camboriú. Suas pesquisas em diversas áreas geraram 18 livros editados e publicados, alguns em mais de uma edição, outros em parcerias com escritores e em antologias. Isaque também é prefaciante de muitas outras obras literárias.Possui centenas de artigos publicados em vários jornais e revistas. Seus trabalhos, sempre voltados para a pesquisa, já foram utilizados em mais de 60 teses de conclusão de curso de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado.Isaque de Borba Corrêa é membro das academias de letras de Balneário Camboriú e Florianópolis, além de membro e sócio correspondente de diversos institutos culturais. Ele também é criador e mantenedor do roteiro turístico Caminho de Santa Paulina.Atualmente, Isaque de Borba Corrêa é ativista cultural e um dos protagonistas do movimento criador da Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú.

José Fernandes Neto

José Fernandes Neto, filho de Luis Fernandes e Irene Beckert Fernandes, nasceu no dia 5 de janeiro de 1950, em Itajaí. É casado com Marilúcia e tem dois filhos. Em janeiro de 1962, José Fernandes Neto, conhecido como Zeca, mudou-se para Balneário Camboriú. Ele formou-se em Contabilidade e Secretariado, no ano de 1968, em Curitiba, no Paraná. Em 1974, graduou-se em Direito pela antiga Fepevi, atualmente a Universidade do Vale do Itajaí.O comerciante, José Fernandes Neto, contribuiu para o crescimento de Balneário Camboriú atuando no ramo de gastronomia, como proprietário do tradicional Restaurante Rancho do Baturité, na Avenida Atlântica. Outros pontos gastronômicos sob seu comando, também fazem parte da história comercial do município, como o Restaurante O Bistekão, na Avenida Atlântica; o Restaurante Amarelo Vinte, na Avenida Central; o Buteko do Zeka, na Praia de Laranjeiras e o Snack 81, na Rua 3300 e na Rua Chile.José Fernandes Neto atua, desde 1989, como despachante de trânsito no estabelecimento de sua propriedade, o Zeka Despachante. No estado e no Brasil, Zeca teve uma participação ativa como secretário da Associação dos Despachantes de Santa Catarina, de 1993 a 1995 e membro da Câmara Temática Mercosul, na Federação Nacional dos Despachantes, no Rio de Janeiro, de 1996 a 1999. Ele também exerceu o cargo de secretário do Conselho de Administração da Associação dos Despachantes de Santa Catarina, no período de 1999 a 2002.Atualmente, José Fernandes Neto é Presidente da Cooperativa de Crédito dos Despachantes de Trânsito de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o SICOOB-Creditran, com sede em Florianópolis desde 2000, e um dos fundadores da cooperativa.

Luiz Sergio Hasselmann

Luiz Sergio Hasselmann, filho de João Hasselmann e Leny Lemos Hasselmann, nasceu no dia 2 de setembro de 1954, em Curitiba, na capital paranaense. Mudou-se para o município de Balneário Camboriú por meados de 1979, onde fundou a Tecnika Construções e Incorporações Ltda, empresa que atuou dinamicamente no mercado imobiliário da cidade.Em 1984, fundou também a Água Mineral Rio do Ouro, empresa verticalizada que produzia as embalagens e envasava água mineral, para o mercado interno e exportação para os Estados Unidos, sendo considerada uma empresa modelo do setor, em nível nacional. No ano de 1994, a Água Mineral Rio do Ouro foi vendida.Além de empreendedor, Luiz Sergio Hasselmann exerceu o cargo de secretário de turismo de Balneário Camboriú, na gestão do prefeito Luiz Castro. Por muitos anos, ele participou da diretoria do Sindicato da Construção Civil de Balneário Camboriú, o Sinduscon. Foi também um dos fundadores da Intersindical, tendo papel de liderança nas ações que culminaram com a implementação, em nossa cidade, do Batalhão da Polícia Militar, da Delegacia Regional e do Comando do Policiamento do Litoral.Luiz Sergio Hasselmann oportunizou e gerou empregos contribuindo para o desenvolvimento local, e também participou ativamente de ações sociais e beneficentes através de sua empresa Água Mineral Rio do Ouro.

Osvaldo José Pereira

Osvaldo José Pereira, filho de José Saturnino Pereira e Maria Eunata Pereira, nasceu na cidade de Camboriú, no dia 27 de março de 1955. É casado com a sra Elisandra Santos, tem três filhos e um neto.É contador e há mais de 40 anos morador do Bairro das Nações. Ao longo de sua vida profissional e pessoal, ocupou diversas funções. Foi eleito vereador e cumpriu o mandato na 6ª Legislatura da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, no período de 1989 a 1992. Também exerceu a vereança no município na 7ª Legislatura como 1º suplente do MDB.Osvaldo José Pereira foi um dos fundadores da Associação Profissional de Contabilistas de Balneário Camboriú, em 1981. Também foi um dos fundadores e presidente do Lions Clube Balneário Camboriú Barra Sul, do Clube Ariribá e a festa tradicional realizada no município entre os anos de 1987 a 1996, denominada JULIFEST.

Silvia da Silva Moura

Silvia da Silva Moura, filha de Bernardino Fernandes da Silva e Emilia Maria de Castro, nasceu em Rio Branco do Sul, no Paraná, no dia 24 de junho de 1918. Foi criada em Curitiba, e lá estudou até o ensino fundamental. Dona Silvia trabalhou em algumas fábricas, entre outros empregos. É mãe de duas filhas: Emília e Arlete, criou dois enteados: Orlando e Salete, possui nove netos e oito bisnetos.Parte de sua família chegou em Balneário Camboriú antes de 1983. Com o nascimento de mais uma neta, Dona Silvia decidiu vir com seu esposo para a cidade, no ano de 1984, para ajudar sua filha, e se estabeleceu na Rua Uruguai, no Bairro das Nações, onde mora até hoje. Foi neste município que ela se juntou aos grupos da terceira idade que a ajudaram a construir aqui, grandes amizades e a ter uma vida ativa. Por volta dos seus 93 anos, ela fraturou a coluna e precisou afastar-se de todas as atividades de costume, bem como, de suas tarefas diárias, causando problemas de depressão. Mas a família de Dona Sílvia ajudou-a na busca de um tratamento para mudar este quadro.Em 2018, Dona Sílvia completou 100 anos com muita saúde e amigos em sua volta. Hoje, é dona de casa, frequenta as aulas de ginástica do grupo da terceira idade no município, costura com o grupo de senhoras na Igreja São Sebastião e participa de um grupo de lazer que se reúne para jogar bingo.E Dona Silvia compartilha a sabedoria que motiva sua vitalidade e disposição com uma frase de sua autoria: “O segredo é ter ânimo na vida, gostar das coisas que você faz, procurar amizades, não pensar no passado, viver no presente. O ruim você esquece e o bom você procura não esquecer.”

Vilmar Renato Machiavelli

Vilmar Renato Machiavelli, filho de Eurides Machiavelli e Cecília Barbieri Machiavelli, nasceu no dia 22 de julho de 1953, em Caçador, no oeste catarinense. É casado com Marta Helena Cella Machiavelli e tem dois filhos, Bruna e Gustavo.Na cidade de Caçador, Vilmar completou o segundo grau e trabalhou até aos 23 anos com seu pai. Em 1976, a convite da família Tedesco, veio morar em Balneário Camboriú para ser, até os dias atuais, um colaborador do Grupo Tedesco, na unidade da empresa no município.Vilmar Renato Machiavelli participou ativamente da implantação e desenvolvimento de equipamentos turísticos de Balneário Camboriú, que fazem parte da história da cidade como: o camping Camboriú, situado na Barra Sul; o Shopping de Verão, primeiro shopping do município; o Bondindinho e a Expressul, empresas responsáveis pelo transporte público e turístico de cidade até os dias atuais; o Parque Unipraias; o Tedesco Marina e o Atracadouro Barra Sul, instalação para receptivos de cruzeiros.Ao longo de sua trajetória, Vilmar envolveu-se em projetos sociais de caráter beneficente, e também se dedicou a manter uma prática de bom nível de relacionamento da empresa, para qual trabalha, com a comunidade balneocamburiense.

Quem indicou

O título de Cidadão Honorário para Artur Nitz foi concedido através do Decreto Legislativo 457/2018, proposto por todos os vereadores; o título para Delmo Dumke foi concedido através do Decreto Legislativo 465/2018, proposto pelo vereador Walter Baldi (PTB); o título para Eduardo Haroldo de Lima foi concedido através do Decreto Legislativo 459/2018, também proposto por todos os vereadores; o título para Eroni Foresti foi concedido através do Decreto Legislativo 463/2018, proposto pelo vereador Joceli Nazari (PPS); o título para Fabiano Batista da Silva foi concedido através do Decreto Legislativo 461/2018, proposto pelo vereador Aldemar Pereira/Bola (PSDB); o título para Gert Hering foi concedido através do Decreto Legislativo 438/2017, proposto pelo vereador Roberto Souza Junior (MDB); o título para José Fernandes Neto foi concedido através do Decreto Legislativo 455/2018, proposto pelo vereador Moacir Schmidt (PSDB); o título para Luiz Sergio Hasselmann foi concedido através do Decreto Legislativo 464/2018, proposto pelo vereador Alessandro Teco (PSB); o título para Silvia da Silva Moura foi concedido através do Decreto Legislativo 460/2018, proposto pelo vereador Patrick Machado (PDT); e o título para Vilmar Renato Machiavelli foi concedido através do Decreto Legislativo 456/2018, proposto pelo vereador Arlindo Cruz (MDB).

O título de Cidadão Benemérito para Fábio Francisco Flor foi concedido através do Decreto Legislativo 450/2018, proposto pelos vereadores André Meirinho (PP) e Nilson Probst (MDB); o título para Gilmar Edson Koeddermann foi concedido através do Decreto Legislativo 462/2018, proposto pelo vereador Aldemar Pereira/Bola; o título para Isaque de Borba Corrêa foi concedido através do Decreto Legislativo 454/2018, proposto pelos vereadores Aldemar Pereira/Bola e André Meirinho; e o título para Osvaldo José Pereira foi concedido através do Decreto Legislativo 453/2018, proposto pelo vereador Arlindo Cruz.

Fizeram uso da palavra os homenageados, os vereadores proponentes e alguns dos vereadores presentes, além do secretário municipal de articulação, Omar Tomalih (que estava representando o prefeito, Fabrício Oliveira), e o tenente coronel José Evaldo Hoffmann Júnior, comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC).

A mesa de honra foi composta por Tomalih, Hoffmann Júnior, pelo deputado estadual Leonel Pavan, e pelos vereadores integrantes da Mesa Diretora do Legislativo: Roberto Souza Junior, presidente; Gelson Rodrigues (PSB), vice-presidente; Pedro Francez (PR), 1º secretário; e André Meirinho, 2º secretário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade