Jornal Página 3

Frente de apoio a Lula lança tabloide com promessa de reação e ataques ao Judiciário
Evandro Leal/Agência Freelancer/Folhapress.
Sede do TRF4 em Porto Alegre onde ocorrerá o julgamento do petista.
Sede do TRF4 em Porto Alegre onde ocorrerá o julgamento do petista.

Sexta, 12/1/2018 7:28.

CATIA SEABRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Formada pelo PT e por movimentos de esquerda, a Frente Brasil Popular lançou nesta quinta-feira (11) um jornal em que promete reação em caso de condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4 Região).

Com 12 páginas, o tabloide traz duros ataques ao Judiciário em títulos como "Juízes esbanjam salários milionários" e 'empresas financiam eventos luxuosos de juízes" e à Operação Lava Jato. O jornal, lançado especialmente para a distribuição às vésperas do julgamento, diz, em seu editorial, que o juiz Sergio Moro "não conhece limites para perseguir petistas". E afirma:

"Engana-se o Judiciário se imagina que o povo não irá reagir ao sequestro da política e ao ataque à democracia que ele vem promovendo. Haverá a reação popular e a primeira vitória será assegurar o direito de Lula ser candidato".

Editado pelo grupo Brasil de Fato, o jornal diz ainda que a Lava Jato está destruindo a Petrobras e que o Grupo Globo tenta inviabilizar a candidatura de Lula.

O Brasil de Fato foi criado há 15 anos por movimentos de esquerda, sindicatos, organizações de juventude. O grupo tem um portal na internet e publica tabloides em quatro estados. Nessa edição, contou com a parceria da Frente Brasil Popular e a Frente Brasil de Juristas pela Democracia.

Os arquivos foram enviados hoje para Estados e municípios para distribuição regional. Em uma mensagem enviada a petistas, o ex-ministro e chefe de gabinete da presidência do PT, Gilberto Carvalho, afirmou que seriam distribuídos 5 milhões de exemplares.

Mas petistas afirmam que essa tiragem será menor e se concentrará no sul do país. Na semana que vem, cerca de cem militantes viajarão ao Rio Grande do Sul para panfletagem na periferia de Porto Alegre, onde acontecerá o julgamento no dia 24.

Produzido com o apoio de juristas, o tabloide traça um passo a passo para manutenção da candidatura ex-presidente e diz que Lula continuará candidato "independentemente de qual seja o resultado do julgamento".

"A condenação não o impede de ser candidato, de continuar a campanha como pré-candidato e nem de registrar a candidatura. Somente após decorridos cinco dias do registro da candidatura é que os adversários poderão pedir a impugnação e o rito poderá ou não alcançar o calendário eleitoral", afirma.

Em seu editorial, os apoiadores de Lula não poupam nem o STF (Supremo Tribunal Federal), citando o julgamento do mensalão.

"O STF, para condenar sem provas, não hesitou em se expor ao ridículo ao dar credibilidade às bizarras afirmações, tais como: 'Não tenho provas contra Dirceu, mas vou condená-lo porque a literatura assim me permite' (ministra Rosa Weber)". 


Publicidade


Colunistas
por Augusto Cesar Diegoli
por Enéas Athanázio
por João José Leal
por Fernando Baumann
por Marlise Schneider
por Sonia Tetto
Política

Iniciativa do vereador Achutti desagradou o governo anterior e o atual 


Saúde

Mutirão será antecipado 


Cidade


Cidade

Meta é 100% de cobertura de água e esgoto ainda neste ano 


Opinião

Artigo de opinião


Cultura

Dica de passeio cultural de verão


Cidade

O serviço não tem ônus adicional, é programado e deve ser agendado por telefone